Tendências de decoração rústica em 2017: inovações, cores e texturas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/03/2017 15:43 / atualizado em 22/03/2017 12:33 Agência Estado /AE
Reprodução/Internet/Real Imóveis Santos

Para quem está mais ligado em decoração de interiores, os móveis, cores e texturas de aspecto rústico já vêm ganhando espaço no mercado faz algum tempo - e se consolidaram ainda mais em 2016 e entraram 2017 com toda força.

Já é possível elencar as maiores novidades e inovações na decoração rústica para a temporada atual através das feiras e eventos do setor, onde arquitetos, decoradores e designers especializados dão suas opiniões e pareceres. O portal WebRústicos, dedicado ao segmento, reuniu algumas dicas para quem deseja renovar ambientes seguindo as tendências do estilo. Entre os destaques, muitas opções para diferenciar os espaços com cores e texturas que estão em vigor. Confira a seguir

CORES

Usar e abusar da variedade de cores é uma das principais tendências em 2017. Hoje em dia os tons mais fortes vêm ganhando espaço dos neutros, que antes dominavam o cenário da decoração. Tudo com a intenção de trazer mais vida ao ambiente e destacar alguma obra de arte, móvel ou peça decorativa.

Como a intenção é manter o aspecto rústico do ambiente, o verde escuro se torna a escolha ideal tanto para móveis - como sofás, mesas e cadeiras -, quanto para paredes. O azul, usado em uma tonalidade mais sóbria e fosca, também pode ser usado, assim como o cinza, o rosa antigo, o cimento e cores que lembrem cerâmica.

Contrastar, porém, é preciso: móveis claros combinam com paredes escuras, e vice-versa. Tudo para manter a iluminação adequada no ambiente e evitar a absorção excessiva de calor.

REVESTIMENTOS

Outra tendência é usar os revestimentos para trazer o aspecto rupestre para o lar. A parede de tijolinhos é um ótimo exemplo de como transformar um espaço misturando a singela aparência campestre com a elegância moderna. O cimento queimado e azulejos antigos também vieram para ficar, tanto nas áreas úmidas (como cozinhas e banheiros), quanto nas áreas íntimas (quartos, salas e áreas de lazer).

As paredes também podem ser revestidas de cortiça para trazer o semblante rústico desejado, mas de forma suave, e ainda dá para usá-la como mural de fotos e lembranças Painéis de madeira e ornamentos de palha também estão em alta quando o assunto é destacar detalhes.

MATERIAIS

O mármore e o granito nas mesas e aparadores vêm substituindo o vidro no gosto de quem procura um aspecto mais rústico ao ambiente, trazendo também beleza, elegância e praticidade. Já nos assentos são as peles artificiais que ganharam o coração de vários decoradores. Por ainda não serem muito comuns, as cadeiras e poltronas revestidas certamente serão um diferencial na decoração. Só é bom evitar as peles nas áreas de alimentação, dando preferência a usá-las nas salas de estar ou nos quartos.

Para os móveis, a preferência segue sendo a madeira de demolição, ecológica e economicamente sustentável. O estilo vintage e o boho chic também seguem decorando centenas de ambientes.

Por fim, outra grande tendência que deve ser usada na decoração rústica é o minimalismo. Na verdade, ele já vem sendo aplicado no design em geral. "Menos é mais". Essa é a frase em evidência em qualquer evento de decoração rústica, pois valorizar o espaço nos detalhes traz menos poluição visual e ainda destaca os móveis e ornamentos escolhidos para o ambiente.

Com as novidades para 2017, a cena da decoração rústica deve seguir ganhando adeptos no Brasil e no mundo: ambientar a casa com uma pegada menos urbana garante a sensação de aconchego e relaxamento que muitos procuram quando viajam para o campo.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Outros artigos

ver todas
18 de setembro de 2017
13 de setembro de 2017
12 de setembro de 2017
05 de setembro de 2017
29 de agosto de 2017