Cada coisa em seu lugar

Manter a casa organizada ajuda a tornar a rotina menos desgastante

Evitar a desordem também permite aproveitar melhor o tempo no lar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/05/2017 15:14 / atualizado em 22/05/2017 15:28 Joana Gontijo /Lugar Certo
No apartamento para um casal, o painel de TV na sala é um grande armário não aparente, que serve como um ótimo espaço de armazenamento. Projeto de Fabiana Visacro  - Henrique Queiroga/Divulgação No apartamento para um casal, o painel de TV na sala é um grande armário não aparente, que serve como um ótimo espaço de armazenamento. Projeto de Fabiana Visacro

Um pouco por vez, e sempre – o segredo para fugir do caos. Manter a casa organizada deve ser hábito. Não adianta sair apressado espalhando roupas e objetos por todos os cantos e esperar que tudo esteja em ordem na volta. Evitar a bagunça deixa o lar bonito e receptivo, e é algo que precisa ser interiorizado como uma maneira de fazer a rotina menos desgastante. Afinal, após um dia cheio, ninguém quer ter a arrumação dos espaços como uma tarefa extra, que parece até a segunda jornada de trabalho. É muito mais fácil e prático despender alguns minutos e colocar cada coisa em seu lugar depois do uso. Manter a morada equilibrada também afasta o estresse, como uma forma inteligente e produtiva de aproveitar o tempo.

A primeira regra para evitar a baderna é ter um lugar para cada coisa, ensina a personal organizer Ana Afonso, e isso começa na escolha do mobiliário. É importante planejar o tipo de móvel conforme o uso e o ambiente. Na sala de estar, por exemplo, em vez de ter tudo separado, como uma mesinha aqui, um aparador ali, uma estante e um rack do outro lado, é bom procurar um móvel maior, que centralize os objetos de maneira mais utilitária.

Jogar tudo dentro do armário e fechar a porta para esconder a confusão não resolve nada, acrescenta a arquiteta e designer de interiores Juliana Faria. O tumulto não fica visível, mas o interior abarrotado aumenta a sensação de desorganização e a pessoa pode se perder. Se um objeto for retirado da área de origem, tem que voltar. E a profissional dá a dica: “Se você vai sair com pressa e não conseguir colocar aquele item no lugar no mesmo momento, pode lançar mão do recurso da sacola ou da caixa da bagunça. É só deixar ali e guardar quando chegar”, orienta Juliana.

Nesse home office concebido pela designer de interiores Fabiana Visacro, o mobiliário é funcional e inteligente para facilitar a rotina dos moradores - Henrique Queiroga/Divulgação Nesse home office concebido pela designer de interiores Fabiana Visacro, o mobiliário é funcional e inteligente para facilitar a rotina dos moradores
Soluções simples ajudam a afastar a zorra da casa. Janelas escancaradas, cama forrada e roupas ou sapatos bem acondicionados já dão ao quarto uma atmosfera bem melhor. Depositar sobre o criado-mudo apenas o essencial, sem fazer uma pilha de revistas, livros e outras coisas, afasta a sensação de ambiente poluído. Juliana Faria indica tomar cuidado para não criar extensões do armário. “Muitas mulheres têm o péssimo costume de sair pendurando roupas pelos móveis do quarto. Corte esse mal pela raiz. Depois que você acabar com as pilhas de bagunça, passará a achar muito mais rápido o que precisa.”

É importante atentar para não jogar o guarda-roupa abaixo toda vez que for escolher o look para sair e conservá-lo sempre arrumado, separando as peças por categoria ou cores. Para otimizar a capacidade de armazenamento dos armários, dá para adicionar “colmeias” para acomodar meias, calcinhas, cuecas e sutiãs. Sapateiras portáteis podem ser colocadas nas portas. Outra possibilidade é usar cabides para lenços, cachecóis, gravatas e acessórios.

Sacos a vácuo para guardar os casacos durante o verão ajudam a preservar a roupa sem cheiro, além de economizar espaço. Armários com alturas diferentes no interior, com áreas de correr para cabideiros, ou gavetas, prateleiras e divisões com boa profundidade para roupas dobradas auxiliam na organização.

Na cozinha, um armário de 16cm de profundidade por 2,60m de altura foi a solução para deixar tudo organizado - Henrique Queiroga/Divulgação Na cozinha, um armário de 16cm de profundidade por 2,60m de altura foi a solução para deixar tudo organizado

Na sala, Juliana recomenda ter quantidade menor de adornos, para facilitar na limpeza e arrumação. Também é conveniente separar revistas e jornais. O aposento pode receber prateleiras para dispor CDs, DVDs, objetos de coleção e decoração. Aparadores são opção para ornamentar e organizar – nas gavetas cabem canetas e blocos de nota. Na cozinha, a premissa é ir lavando os utensílios, como pratos, talheres e copos logo após a utilização. Organizadores verticais permitem que travessas e frigideiras fiquem à mão na hora de cozinhar, e aparecem no mercado com diversas ofertas, do plástico ao inox. “A parte interna da porta dos armários pode ter ganchos pequenos, que servirão para pendurar peneiras, colheres de medidas e tesouras, e ainda liberam espaço nas gavetas.” Colocar os aparatos em latas diminui a bagunça nos repartimentos.

EXTENSORES

Potes padronizados são alternativa para manter o ambiente gourmet em ordem. “Coloque as tampas separadas por tamanho e tipo em cestas. Isso vai ajudar na hora de encontrar a tampa certa”, diz Juliana Faria. Uma boa ideia é comprar os potes todos de uma vez, mantendo um padrão de tamanho. Ana Afonso acrescenta que, na cozinha, é preferível ter móveis mais estreitos e com alturas variáveis, o que é alcançado com a aplicação de extensores aramados que setorizam a organização.

Ana lembra que, na despensa, o ideal é reservar um lugar para os mantimentos em estoque, ainda fechados, e outro para quando abertos, de preferência em armário aéreo. “Colocar a mercadoria aberta em potes, anotando por fora o que é e a validade, facilita a manter a ordem.” Ela ressalta ainda a opção de ter armários fechados com prateleiras, na área de serviço, para afastar os produtos de limpeza do alcance de crianças e animais de estimação. Estantes perto do tanque ou da máquina de lavar são oportunas.

E nada de acumular coisas no banheiro. Juliana aconselha deixar a bancada sempre livre para otimizar a limpeza. Dá para dispor os objetos em cestas plásticas ou acrílicas.

FUNCIONAL

“Quem é organizado não gasta energia à toa, e a decoração auxilia nesse sentido. O mobiliário deve ser, antes de tudo, funcional e inteligente, além de compatível com a rotina, como um facilitador. São fatores que variam de acordo com o perfil de cada um – se é uma pessoa que vive sozinha, um casal, com crianças e pets ou não, ou idosos, por exemplo. Para isso, o acompanhamento de um profissional é fundamental. Ele vai aplicar técnicas para agregar valor à composição do ambiente e, ao mesmo tempo, otimizar sua organização, sem esquecer os desejos dos moradores”, enfatiza a designer de interiores Fabiana Visacro. Ela acaba de entregar um projeto no Lourdes, em Belo Horizonte, totalmente concebido com esses preceitos.

No apartamento para um casal sem filhos, as especificações da organização estão em todos os espaços, seguindo a demanda dos clientes. O imóvel incita o bem-estar, o conforto, e o prazer de estar em casa, com um leiaute surpreendente. Logo na entrada, na sala de estar, há um generoso painel de TV que, na verdade, é um enorme armário não aparente. Quando aberto, revela diversos compartimentos para armazenar objetos. Na cozinha, Fabiana sanou o problema da desordem com a concepção de um armário de 16cm de profundidade por 2,60m de altura, que cobre uma parede completa.

No banheiro assinado por Fabiana, o espaço dele e o espaço dela: sem estresse na hora de sair - Henrique Queiroga/Divulgação No banheiro assinado por Fabiana, o espaço dele e o espaço dela: sem estresse na hora de sair

Nos banheiros social e da suíte, a solução surgiu a partir de armários aéreos também com 16cm de profundidade, com duas portas de correr espelhadas, em cima das torneiras, até o teto, e com prateleiras internas. O casal também passa parte do dia trabalhando em casa, então o escritório foi harmonizado para atender os dois. Há áreas individualizadas e em comum. “É uma bancada diferente para cada, com armários separados abaixo. No meio das mesas, um compartimento partilhado e, na parede superior, mais dois armários aéreos separados entre os dois”. Por fim, no quarto, criados-mudos próprios com gavetas, além de um grande painel com nichos conjuntos.

PRATICIDADE

Empresa referência em produtos organizadores, a Organizzata oferece um rico leque para sanar a dificuldade que muitas pessoas têm em arrumar o lar, principalmente devido à correria diária. São opções para todos os ambientes, gostos e bolsos, conta a diretora geral Cláudia Gazzinelli. “Caixas, cestos, divisórias de gavetas, capas protetoras para roupas e enxovais, bandejas de joias, porta-maquiagens, entre outros”, enumera. Por trabalhar com diversos tipos de material, que passam entre o plástico, fibras, têxteis, papelão até o acrílico e o MDF, a loja consegue se adequar com versatilidade às variadas necessidades de organização do público. “Tudo vai depender do que a pessoa precisa organizar e de qual espaço ela dispõe. Ainda assim, mesmo que nenhum item se encaixe ao que o consumidor pretende, fazemos produtos sob medida”, diz.

Calcinhas, cuecas e sutiãs podem ser acomodados em colmeias. Organizador com gavetas para maquiagem é uma boa opção para que nada fique espalhado. Bandeja de veludo guarda  bem joias e acessórios. Versátil, o cesto pode ser usado tanto na despensa quanto no banheiro. Produtos da Organizzata  - Organizzata/Divulgação Calcinhas, cuecas e sutiãs podem ser acomodados em colmeias. Organizador com gavetas para maquiagem é uma boa opção para que nada fique espalhado. Bandeja de veludo guarda bem joias e acessórios. Versátil, o cesto pode ser usado tanto na despensa quanto no banheiro. Produtos da Organizzata

Incluindo diversificadas linhas para a organização básica de uma casa, a sócia-proprietária da Organizzata destaca como os artigos que têm melhor saída aqueles mais versáteis, que podem ser usados tanto para arrumar uma despensa como um banheiro, como os cestos plásticos. “As divisórias de gavetas e as capas protetoras também são muitos procuradas”, diz. Para a empresária, no fim das contas, a causa da bagunça em qualquer ambiente é a falta de um local certo para guardar os objetos. “Por isso, os organizadores são essenciais para manter a arrumação. Eles permitem que tudo tenha uma ‘morada’, ou seja, um lugar para onde retornar depois do uso.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
17 de outubro de 2017
10 de outubro de 2017

No Lugar Certo você encontra o que procura