Estado de Minas
  • RSS RSS
  • Você está em

Verão com churrasco é uma boa pedida Fixas ou portáteis, mercado oferece uma série de opções em churrasqueiras, para quem mora em casa ou apartamento

Publicação: 12/01/2009 18:57 Atualização:

Para a dentista Patrícia Caldeira, o início do verão é inspirador para encontrar as pessoas de quem gosta e ter a desculpa de fazer um churrasco (Fotos: Gladyston Rodrigues/AOCUBO FILMES)
Para a dentista Patrícia Caldeira, o início do verão é inspirador para encontrar as pessoas de quem gosta e ter a desculpa de fazer um churrasco

Com a chegada do verão e o período de férias, é sempre uma boa pedida reunir os amigos para curtir um churrasquinho. Para quem quer usufruir momentos agradáveis nos dias quentes, o mercado oferece uma série de opções que variam de acordo com o tipo de ambiente, os desejos do cliente e as possibilidades de construção. Em apartamentos, os modelos podem ir das churrasqueiras embutidas, que devem ser planejadas durante a obra, às pré-moldadas e pré-fabricadas, ideais para áreas livres. Aqueles que não moram em coberturas podem encontrar churrasqueiras com dutos especiais e sistemas de exaustão para evitar fumaça, ou as de funcionamento a gás, feitas em aço inoxidável ou alumínio. Já para quem vive em casas, há alternativas em concreto e tijolo, e, em todos os casos, é sempre bom procurar o auxílio de um profissional.

Para a dentista Patrícia Carlos Caldeira, de 23 anos, o início do verão é inspirador para encontrar as pessoas de quem gosta e ter a desculpa de fazer um churrasco. A cobertura para onde se mudou com a família há cinco anos na Zona Sul da capital já tinha uma churrasqueira pré-fabricada com acabamento em granito. Patrícia conta que, com o duto exaustor e como o apartamento fica no 15º andar, não há problema de incomodar os vizinhos com a fumaça. A churrasqueira tem a opção de chapa ou gira-grill, e possui uma gaveta de inox onde caem as cinzas. "É só tirar a gaveta e lavar. Acendemos o fogo com acendedor elétrico, o que elimina o risco de queimaduras, e temos um quartinho para armazenar os acessórios. O revestimento na parte onde fica o carvão é todo com tijolo refratário", conta. Instalada na área de lazer onde está a piscina, a churrasqueira fica em um local coberto e pode ser usada em qualquer época do ano.

Há basicamente dois tipos de churrasqueira, orienta a designer de interiores Valéria Alves. Fixas ou portáteis, variam em preço, modelos e características. "Para as churrasqueiras fixas, é preciso que sejam revestidas de material refratário, também com argamassa especial conformada a altas temperaturas para impedir que o calor passe para a parte externa. São aquelas tradicionais com a boca e a chaminé", explica.

As churrasqueiras fixas podem ser de alvenaria, geralmente de custo de implantação mais caro devido à necessidade de mão-de-obra, mas são mais resistentes e podem ser construídas em qualquer tamanho, de acordo com o que o cliente desejar. "Elas podem receber revestimento cerâmico, de tijolinho aparente, pastilhas de vidro ou resina, em aço ou pedras". Valéria lembra ainda das pré-fabricadas, que vêm com as peças prontas para serem montadas, em concreto, apta a ser revestida. A vantagem é que a construção é mais fácil e a mão-de-obra mais barata. Encontradas nos tamanhos grande, médio e pequeno, as churrasqueiras pré-moldadas ganham em praticidade e podem ser instaladas em áreas internas e externas.

"Uma novidade são as churrasqueiras feitas na própria bancada, em um furo onde se usa uma coifa de aço inox ou galvanizada, no fundo da parede, ligada a um duto, com revestimento e massa refratários para agüentar o calor. Nas laterais, fecha-se com vidro temperado. Fica mais leve, de visualização mais fácil do que a de alvenaria". Para os tipos embutidos, é ideal a construção durante a obra, principalmente em apartamentos, para uma perfeita integração ao ambiente.

A designer salienta que uma ótima alternativa para quem mora em apartamento ou casa pequena e não tem um espaço suficiente delimitado para construir uma churrasqueira fixa, mas gosta de assar uma carninha com freqüência, são os modelos portáteis. "Elas têm um sistema de rodinhas para deslocamento e bancada móvel, podem ser feitas em materiais diversos, como aço inox, galvanizadas, ferro fundido, também com revestimento refratário".

As churrasqueiras portáteis podem ser a carvão, elétricas ou a gás. A primeira é mais barata e econômica, porém mais difícil de limpar. Por isso, é importante que sejam churrasqueiras estruturadas em material leve e de fácil transporte, totalmente laváveis e que não enferrujem. As churrasqueiras elétricas, apesar de ter custo mais elevado, preparam o alimento de forma prática e rápida, sem fazer muita sujeira. Têm a vantagem ainda de não produzir fumaça, já que não há contato direto da gordura com a fonte de calor. Os modelos a gás, assim como os elétricos, preparam a carne mais rapidamente e são fáceis de limpar, mas deve-se observar qual tipo de botijão é compatível com o registro da mangueira de gás.

"Há também as opções com tampa, com uma chapa que assa a carne no bafo e um reservatório de água para produzir o vapor, além de grelha removível. São usadas para tipos específicos de churrasco, e dizem que serve até para assar bolos, pizzas", acrescenta Valéria. Menos comuns, existem as churrasqueiras em cerâmica já preparada para receber altas temperaturas, com gaveta para retirar a cinza, opção de grelha, tampa, ou espetos.

ACESSÓRIOS
A churrasqueira tem um ármario do lado, com bancada e pia. É usado para guardar espetos e outro objetos para o preparo do churrasco
A churrasqueira tem um ármario do lado, com bancada e pia. É usado para guardar espetos e outro objetos para o preparo do churrasco

Para as churrasqueiras fixas, o sistema de espetos pode ser manual, quando há um espaço delimitado e a o churrasqueiro fica virando a carne, ou mecânico, com um motor com roldanas onde se encaixa os espetos, que ficam girando continuamente, e uma grelha especial. Para fazer um bom churrasco, os acessórios básicos são: espeto (largos para costelas e carnes grandes, finos para lingüiças e carnes mais finas, ou duplos para carnes largas, lingüiças e miúdos), grelha, pá para carvão, acendedor elétrico, faca, garfo, pinça, vassourinha para limpar cinzas. "Eles podem apresentar design diferenciado, em aço inox e com a base onde se pega feita de vários materiais, como, por exemplo, madeira, resina decorada, madrepérola, ou personalizada com um nome, uma logomarca. Há uma infinidade de opções nos kits para churrasco, depende do quanto você prefere gastar", diz Valéria.

Já os tipos de carvão, podem ser os mais comuns de eucalipto, ou os modernos à base de mandioca que não produzem fumaça. Para evitá-la, Valéria afirma que, com um sistema de chaminés bem feito, com os dutos exaustores em altura adequada que vai depender das dimensões da churrasqueira, não há maiores preocupações em incomodar os vizinhos. Para os modelos portáteis que não têm duto, é ideal que as churrasqueiras estejam em locais abertos, e centralizadas, nunca perto de paredes para evitar gordura na pintura. "No quesito localização, não há regras muito certas. É importante apenas que a churrasqueira esteja protegida do sol e da chuva, para evitar mofo e marcas de lodo", completa a designer.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Compartilhe

| Mais