Estado de Minas
  • RSS RSS
  • Você está em
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Telha ecológica e barata Mais resistentes e leves, coberturas de PVC se mantêm estáveis às tempestades, granizos e outras intempéries

Humberto Siqueira - Estado de Minas

Publicação: 05/05/2011 14:44 Atualização:

Fabricante oferece telhas em três cores, nos modelos colonial, ondulado, minionda e trapezoidal (Gustavo Andrade/Precon/Divulgação)
Fabricante oferece telhas em três cores, nos modelos colonial, ondulado, minionda e trapezoidal
Visando a ganhar agilidade, produtividade, baratear os custos e combater o déficit habitacional, a indústria da construção civil tem buscado novas soluções, equipamentos e materiais. Uma novidade em especial tem chamado a atenção dos trabalhadores do setor. A estrela em questão é a telha de PVC. Em seu lançamento, na Feira Internacional da Construção 2011, em São Paulo, gerou uma enxurrada de 8 mil e-mails aos funcionários da Precon, expositores e fabricantes no Brasil.

Um dos diferenciais está no peso. O PVC chega a 5% a 10% do peso das telhas de barro, por exemplo, o que dispensa o uso de caibros, ripas e outras estruturas de sustentação. Enquanto a cerâmica exige um espaçamento do madeiramento que dá suporte às telhas de 30 em 30 centímetros, a de PVC requer um metro. Isso gera economia com a madeira e a mão de obra, já que o serviço a ser executado é menor. “Além disso, o projeto foi desenvolvido com matérias-primas não tóxicas e recicláveis. Nossa produção não gera resíduos e tem circuito fechado e todo automatizado”, revela Cléber Mário Borges, diretor de Operações da unidade de PVC da Precon.

Para uma cobertura colonial de área de 280 metros quadrados (m²), com telhas de 2,30m (área útil de 1,87m²), seriam necessárias 150 unidades de telhas PVC, a um custo de R$ 5,1 mil. No caso de telhas de cerâmica, o custo subiria para R$ 5.850. Os valores não levam em consideração os custos com madeiramento e mão de obra. “A economia é de 15% a 20% usando o PVC”, calcula Eder Campos Ferreira Filho, diretor da Precon.

A durabilidade do PVC também gera economia. As telhas de PVC se mantêm estáveis às tempestades, granizos e outras intempéries. Também podem ser usadas como fechamento de espaços. As peças têm baixíssimos índices de expansão térmica e, frente a variações de temperatura, sua estabilidade dimensional e de cor é superior à das telhas convencionais. Em caso de incêndio não propaga as chamas.

O produto já pode ser encontrado em 650 pontos de venda no Brasil. “Nossa expectativa é de que seja largamente conhecido e aceito em cinco anos”, estima o presidente da Precon, Bruno Simões Dias. “Ele foi aprovado por vários órgãos e instituições e obedece a todas as normas da ABNT”, confirma ele.

Leia a continuação desta matéria:
Tecnologia com a cara do Brasil

VARIEDADE

A empresa oferece quatro modelos de telhas: colonial, ondulado, minionda e trapezoidal, nas cores colonial, marfim e branca. Também comercializa todas as peças de concordância como cumeeiras centrais, triangular, lateral, peças de fixação, capa lateral e fechamento da cumeeira.

Para produzir as novas peças, a Precon ergueu uma planta industrial em Pedro Leopoldo, com investimento de R$ 23 milhões e capacidade de produção de 285 mil metros quadrados por mês. “Nossa expectativa é ampliar o faturamento da empresa de R$ 260 milhões para R$ 430 milhões até o fim do ano. Para o futuro, a ideia é fazer mais duas ou três fábricas pelo Brasil, começando pelo Nordeste”, revela Bruno.

Bruno garante que todo o sistema é mais barato. “O transporte, as perdas, espaço para exposição. E a tendência é que até a madeira seja substituída por perfil de PVC. Para quebrar as resistências iniciais, temos uma equipe para atender ao público e outra especificamente para as construtoras”, diz.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Jorge Luiz Viegas
Gostaria de saber preço da telha ecológica, para 48 metros quadrados??? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »