Prevenção na ordem do dia

Sistemas de vigilância se popularizam com câmeras e alarmes

Câmeras são cada vez mais acessíveis para quem está atento à segurança de imóveis residenciais e comerciais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/06/2016 15:57 / atualizado em 03/06/2016 16:05 Augusto Pio /Estado de Minas
Aparelhos têm valor entre R$ 800 e R$ 1,2 mil. Variação depende do tipo e qualidade do equipamento - Eduardo Almeida/RA Studio 16/12/2010 Aparelhos têm valor entre R$ 800 e R$ 1,2 mil. Variação depende do tipo e qualidade do equipamento
Com o crescente número de assaltos a imóveis, é ideal proteger seu patrimônio. E uma das boas opções no mercado, cuja procura vem aumentando a cada dia, são as câmeras de segurança, que podem até ajudar a desvendar vários tipos de crimes. Há até certo tempo, a sugestão era colocar as grades de proteção em portas e janelas, costume que vem sendo mantido até os dias atuais. Porém, com a popularização dos sistemas de segurança, as câmeras e sistemas de alarme estão cada vez mais acessíveis aos proprietários de imóveis, tornando-se mais baratos do que a adoção de outros recursos.

Cláudio Lopes dos Santos é instalador, programador de circuito fechado de TV e alarmes e diretor da Vetor Soluções Elétricas. Segundo ele, é sempre melhor prevenir e as câmeras geralmente inibem ladrões e desencorajam um possível roubo. Também podem ajudar a dissuadir os bandidos e documentar atividades suspeitas. “Esse tipo de equipamento protege clientes, funcionários de empresas e moradores de residências e edifícios, além de permitir economizar nos custos por meio da visualização remota de vídeos”, garante o especialista.

Para quem tem casa de campo ou praia, sítio, chácara ou apartamento que não visite regulamente, Cláudio indica a instalação de um conjunto eficiente e estrategicamente colocado de câmeras e sensores de segurança, além de um nobreak (dispositivo alimentado a bateria, capaz de fornecer energia elétrica a um sistema por determinado período, em situações de emergência e no caso de interrupção do fornecimento da energia da rede pública) e uma conexão com a internet.

“Assim, o cliente pode observar suas propriedades sem sair de casa e ainda com baixo custo de implementação e manutenção, que inclui os gastos com conta de luz, internet e/ou telefone, pois poderá fazer a monitoramento dos locais pelo próprio smartphone”, garante Cláudio. Ao receber alertas, o usuário observará o que está ocorrendo no local monitorado e pode tomar as providências necessárias. “O melhor mesmo, antes de comprar as câmeras de segurança, é procurar alguma empresa ou técnico especializado de confiança no mercado, que fornecerá todas as informações do sistema.”

CUSTO Cláudio trabalha com a instalação de todo tipo de equipamento de segurança eletrônica. No caso da colocação de uma câmera em uma residência, o custo pode variar entre R$ 800 e R$ 1,2 mil. “Essa variação é por conta da qualidade da câmera. O valor inclui também um Digital Video Recorde (DVR), que é um tipo de computador (possibilita gravar as imagens) com acesso remoto, via smartphone, tablet ou computador.” O diretor da Vetor explica que o preço também pode sair mais em conta caso o cliente opte por colocar várias câmeras.

O especialista diz que não faz o serviço de monitoramento, mas, além da instalação do kit completo, presta serviços de manutenção. Os aparelhos têm garantia de um ano. O cliente pode optar por dois tipos de manutenção: “No primeiro, ele pode pagar uma quantia por mês e eu vou até o local duas vezes por mês e faço a revisão geral das câmeras e respectivos aparelhos. Caso contrário, ele pode me chamar assim que o aparelho der algum problema. Acredito que o contrato de manutenção seja mais interessante, pois a revisão frequente contribui para que a aparelhagem dure mais”, comenta.

Tags: monitoramento imóveis segurança vigilância câmeras sistema de vigilância câmeras de vigilância

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Outros artigos

ver todas
16 de dezembro de 2016
21 de outubro de 2016
07 de outubro de 2016
28 de setembro de 2016
10 de setembro de 2016