3.701

Apartamentos à venda no Castelo, Belo Horizonte - MG

Veja a história do bairro
Refinar busca

3.701 Resultados encontrados

Alta Morada Imóveis
  12
Apartamento, 3 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Primer Imóveis
  15
Apartamento, 2 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Alta Morada Imóveis
  6
Apartamento, 2 Quartos, 1 Vaga

Alta Morada Imóveis
  11
Apartamento, 2 Quartos, 1 Vaga


Amar Imóveis Ltda
  12
Apartamento, 4 Quartos, 2 Vagas, 4 Suites

Alta Morada Imóveis
  12
Apartamento, 3 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Alta Morada Imóveis
  15
Apartamento, 3 Quartos, 1 Vaga

Exacta
  10
Apartamento, 4 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Alta Morada Imóveis
  5
Apartamento, 3 Quartos, 3 Vagas, 1 Suite

Viver Imóveis
  15
Apartamento, 4 Quartos, 4 Vagas, 3 Suites

Viver Imóveis
  15
Apartamento, 2 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Barros Corretora de Imóveis
  15
Apartamento, 2 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Viver Imóveis
  15
Apartamento, 3 Quartos, 3 Vagas, 1 Suite

Elu Imóveis
  10
Apartamento, 2 Quartos, 1 Vaga

Só 4 Quartos
  5
Apartamento, 4 Quartos, 4 Vagas, 1 Suite

Barros Corretora de Imóveis
  12
Apartamento, 4 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Casa Mineira - Leste
  15
Apartamento, 3 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Vezati Imóveis
  14
Apartamento, 3 Quartos, 1 Vaga

Barros Corretora de Imóveis
  15
Apartamento, 2 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite

Elu Imóveis
  12
Apartamento, 2 Quartos, 2 Vagas, 1 Suite


Conheça mais sobre o bairro Castelo


Castelo é um bairro residencial de classe média alta da região da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Suas ruas são caracterizadas por terem nomes de castelos, vilas e cidades famosas de Portugal.


História
O Castelo é um bairro relativamente novo. A área onde hoje ele se localiza fazia parte da Fazenda dos Menezes (também conhecida como Fazenda da Serra), que era de propriedade do coronel Francisco Menezes Filho e foi responsável durante muitos anos pelo abastecimento de leite, hortaliças e gêneros alimentícios da capital. Durante a década de 1970 com a expansão urbanística da região, os herdeiros do coronel iniciaram o loteamento do terreno.
O bairro passou a ser habitado na década de 1980, quando começaram as construções das redes de esgoto, de água pluvial e potável.


Origem do nome
Segundo Lúcio Souza Assumpção, diretor executivo da Cinova, empresa responsável pelo planejamento do bairro, o nome seria Castelo Branco, em homenagem aos militares, porém, para não desagradar a família Menezes, com uma relação política, o nome ficou apenas Castelo.


Principais vias
Coletoras
Avenida Tancredo Neves;
Avenida Miguel Perrela;
Avenida Altamiro Avelino Soares.
Rua Leonil Prata


Transporte coletivo
Linhas de atendimento do transporte coletivo no bairro:
3301B: Castelo - Centro
54A e 54B: - Circular Dom Bosco - Del Rey
Linha A via Castelo
Linha B via Pe. Eustáquio
1404A: Alípio de Melo/Palmeiras
506: Jardim Alvorada - Via Castelo
1404B: Incofidencia/Estrela Dalva


Lei de uso do solo
A Lei-9959/2010 atualizou a Legislação de Parcelamento, Ocupação e Uso do Solo e criou limitações para construção de torres no bairro. A lei pode ter vindo em bom momento, visto que vários edifícios já estavam construídos ou em fase de construção avançada, já havendo número consideravelmente grande de imóveis, podendo valorizar ainda mais os construídos previamente à lei.


Fonte
Dados gerais sobre a cidade de Belo Horizonte

↑ veja os imóveis anunciados

Para dúvidas, elogios, sugestões ou reclamações entre em contato pelo e-mail atendimento@lugarcerto.com.br