A leveza da arte em ferro

Objetos decorativos fabricados à base do metal dão charme especial aos ambientes. Possibilidades em peças são infinitas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/11/2009 20:11 Joana Gontijo /Lugar Certo
Apaixonada por rock, Liège Portes instalou em casa quadro de metal do famoso disco <i>Dark Side of the Moon</i> - Gladyston Rodrigues/Ao Cubo Filmes Apaixonada por rock, Liège Portes instalou em casa quadro de metal do famoso disco Dark Side of the Moon
Para quem busca uma decoração personalizada, leve, bela, e com muito estilo, os adornos, móveis e peças feitos à base de ferro invadem o design de interiores e são forte tendência. O material cai bem em qualquer tipo de ambiente, para todos os gostos, bolsos e tamanhos. Colocado na parede, para enfeitar uma mesa, emoldurar um espelho, ou se transformar em flores, borboletas, mandalas, guitarras e até em capa do disco preferido, o metal também pode compor o mobiliário, em cadeiras e mesas exclusivas, ou fazer parte da estrutura do imóvel, como em um corrimão estilizado. O requinte é certo.

A liberdade de escolha garantiu o sucesso da loja Lacordaire Resende, recentemente inaugurada no Shopping Minascasa, em BH, que cria peças do rústico ao moderno e irreverente. "O ferro pode ser usado em qualquer tipo de espaço, interno ou externo. Uma tendência é misturá-lo com outros materiais, como inox, vidro, vini, madeira, para dar aquele toque especial. O diferencial está na durabilidade e nas peças exclusivas, cada uma assinada", conta Lacordaire Resende, artista plástico e proprietário da loja que leva seu nome. Ele, que já está neste mercado há 15 anos, confirma a abrangência e popularidade do metal. "Tenho clientes de todas as idades: casais que estão montando a casa nova, mães que estão decorando o quarto das crianças, adolescentes em busca de objetos estilosos e senhoras que querem renovar a decoração da casa".

Veja mais fotos de trabalhos com ferro

Os produtos vão de adornos para paredes, mandalas, espelhos, lustres, castiçais, painéis, vasos, fruteiras, até miniaturas, esculturas e verdadeiras obras de arte. A radiologista Liège Portes é uma das fãs da arte em ferro. Há tempos, ela já namorava algumas peças, até que a filha Letícia a presenteou com uma exclusiva da loja. "Ela mandou fazer um quadro que reproduz a imagem de um dos discos do Pink Floyd - Dark Side of The Moon. Ficou lindo e, como sou roqueira, tenho tudo deles, adorei. Ele está pregado na parede da sala, bem na entrada, acima de um aparador", comemora. Para Liège, o trabalho traz o diferencial de ser criativo, artesanal, e único. "O ferro traz um charme, demonstra bom gosto, com um ótimo resultado estético".

Na opinião da proprietária da Artesanato em Ferro, Maria Dolores Batalha, leveza, durabilidade, e infinitas possibilidades em formas e tons, são alguns dos trunfos do metal. "Hoje se consegue mudar a tonalidade do ferro. Você pode renovar um móvel, como um estofado, aplicando o material, por exemplo. Misturado com a madeira, ele pode ir do colonial e rústico ao contemporâneo, e fica bem na cozinha, na sala, no quarto ou no banheiro". O arquiteto Ivan de Mello destaca a possibilidade de retirar da textura e cor da ferrugem ótimos efeitos visuais, em adornos robustos e elegantes. "O ar desconstrutivo do ferro contrapõe o moderno. Ele é muito usado em jardins e projetos paisagísticos, e muitas vezes em guarda-corpos, janelas, trazendo requinte e calor. Atualmente, também citaria a utilização do aço como em alta na arquitetura e design", assinala.
Lacordaire Resende confirma a popularidade do material - Divulgação Lacordaire Resende confirma a popularidade do material

VARIEDADE

A artista plástica Eliana Braga, proprietária da Oficina de Metais, trabalha com o material há 20 anos, e conta que ele nunca saiu de moda. "Em alguns momentos a função é mais utilitária, em outros está em grande evidência como tendência em decoração. Desde aparadores, mesas, obras de arte e adornos, até luminárias e corrimãos, há opção para quem gosta de peças mais elaboradas, curvas, ou mais retas, lisas, em estilos que podem ir do rococó e romântico, quando o ferro é misturado a outros materiais, ao mais contemporâneo", ilustra.

Eliana ressalta as diversas opções do trabalho com o ferro, sempre conferindo leveza aos projetos. "De acordo com o desejo do cliente, o metal pode ficar rústico ou moderno, mais delicado ou mais robusto, e sempre vai atender as exigências de projetos criativos", completa.

Na Lacordaire Resende, os produtos têm preços que podem ir de R$ 139, para uma girafinha de 60 cm de altura, até R$ 6 mil, para peças mais elaboradas e exclusivas, mas Lacordaire garante que o custo é mais acessível porque são de fabricação própria. As peças podem ser escolhidas nas lojas ou no site do artista, que também faz adornos personalizados sob encomenda, o que, segundo ele, o permite atender clientes de diferentes estilos.

"Nós materializamos sonhos. A pessoa quer ter um objeto que tenha a cara dela e que seja exclusivo. Então, ela traz para a loja um desenho, ou apenas a ideia que servirá de inspiração, e eu crio o adorno", conta Lacordaire.

Assista a um vídeo que mostra o trabalho em ferro de Luca Fontanili

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
02 de julho de 2018
19 de junho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura