Pisos de madeira são os preferidos para decorar ambientes

Durabilidade e resistência contam na hora de escolher o material. Entretanto, é importante não dispensar cuidados especiais para conservação dos pisos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/05/2011 14:57 / atualizado em 26/05/2011 15:00 Redação /Estado de Minas
Recoma/Divulgação

Sinônimo de conforto e aconchego, o piso de madeira também conquista a preferência das pessoas por ser um material que pode ser rejuvenescido. Mas, para que o piso fique sempre bonito, é necessário ficar atento à hora certa de dar alguns retoques. Quando a revitalização do piso de madeira deve ser feita? Todo piso de madeira antigo pode ser reparado? O que fazer quando o piso for atacado por cupins? As dúvidas são muitas. A designer Iara Santos adianta que o piso deve ser revitalizado quando ainda estiver em bom estado, apresentando poucos problemas decorrentes do tempo de uso.

As arquitetas Patrícia Guerra e Roziane Faleiro, da Faleiro Guerra Arquitetura, dão as dicas para manter os pisos de madeira sempre bonitos: “Com o passar do tempo é comum os pisos apresentarem problemas como perda do brilho, arranhões, trincas ou descolamento de rejunte”, explicam. Segundo as profissionais, para restaurar o piso é necessário substituir as peças sem condição de uso, eliminar a superfície danificada por abrasão, retirar e reaplicar as massas que preenchem as frestas e aplicar resina para assegurar a proteção.

Divulgação
“Não importa se o revestimento é assoalho, taco, parquê, bambu e outros. É essencial utilizar o produto correto para ter um bom resultado”, alerta Patrícia. A arquiteta destaca alguns cuidados básicos para a hora dos retoques: retirar todos os móveis do ambiente e proteger as paredes para não sujá-las. Depois de lixar o piso é necessário varrer, passar aspirador de pó, a seladora e o verniz. Geralmente, recomenda-se entrar no ambiente 48 horas após o tratamento.

“Os pisos de madeira maciça possuem uma peculiaridade - podem ser revitalizados até três vezes. A manutenção tem que ser frequente, com vassoura de pelo e pano macio levemente umedecido”, ensina Roziane. É importante nunca utilizar solventes orgânicos, o contato com água também deve ser evitado para não danificar o acabamento. “Outra dica é colocar feltro nos pés dos móveis para evitar riscos”, acrescenta. Mas, se o problema é a infestação de cupins, “é melhor se aconselhar com um profissional”, garantem as arquitetas. Iara Santos ainda lembra uma tentativa válida: “Nesse caso, deve-se fazer a revitalização aplicando o sinteco”. De qualquer forma, a prevenção é imprescindível. Pisos novos devem ser protegidos com imunizantes, adquiridos nas lojas.

Fonte: Mão Dupla Comunicação

Tags: decoração

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura