Desenhos vibrantes

Especialista dá dicas de como decorar com estampas sem cometer exageros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/07/2011 10:43 Vanessa Aquino /CorreioWeb
Divulgação

Decorar a casa em meio a tantas opções de cores e estampas parece não ser uma tarefa difícil. Mas conseguir criar ambientes com tantas cores e formas sem torná-los pesados e visualmente cansativos, exige certos cuidados, além de muito bom senso. É preciso também estar atento às tendências. De acordo com especialistas, a suavidade remete à elegância.

A dica é que, independente da opção, o importante é manter o equilíbrio, de forma que o ambiente se torne prazeroso e não fique visualmente enjoativo. Afinal, trocamos de roupa todos os dias, mas a decoração ficará à vista por anos. Em primeiro lugar, tem que combinar com o estilo do espaço. Se for clássico, prefira uma estampa discreta, como risca de giz ou uma estampa floral, mais delicada.

Veja mais fotos de estampas e tecidos

Segundo a arquiteta e designer Yeda Garcia, desenhos repaginados representam uma grande aposta. "Uma das grandes tendências em estamparia para decoração, sem dúvida, são os desenhos tradicionais repaginados em traços modernos. A origem desses desenhos pode vir de padronagens de decorações clássicas como de desenhos para porcelanas", explica.

Yeda orienta ainda que é preciso ficar atento às cores e formas na hora de reunir em um mesmo ambiente estampas em papéis de parede, objetos e tecidos. "Uma dica que é sempre válida: 'Less is More' (menos é mais) . Acredite nos desenhos suaves, em cores elegantes. Deixe as cores fortes para os objetos e peças que possam ser substituídas, quando você quiser", destaca.

Segundo Yeda, para que seja possível agregar mais de um tipo de estampa num só espaço é necessário estabelecer equilíbrio de combinações e texturas. "É possível fazer combinações de listras com florais, por exemplo. É fundamental que sejam da mesma coleção, para que tenham as mesmas cores e texturas", aponta a designer.

O principal cuidado a ser tomado é não usar cores muito agressivas, pois cores suaves e básicas são sempre mais elegantes. Yeda ensina que destacar a seleção de cores reflete no bem-estar dos moradores da casa e dos visitantes.

A designer acrescenta que o uso de papel com estampas em todas as paredes de um ambiente deve ser feito com cuidado. "A escolha de uma parede estratégica é um recurso que usamos muito. Mas é possível usar o papel em todas as paredes. Desde que seja muito suave, com uma textura por exemplo, que lembre um tecido (com trama) e uma única cor", orienta.

Vale lembrar que, para garantir harmonia e equilíbrio entre estamparia de paredes, objetos, cortinas e almofadas o bom senso é fundamental. Yeda dá a dica: "Procure formar uma palheta de cores agradável, homogênea. Deixe as cores ou estampas fortes para uma poltrona especial ou para as almofadas".

Tags: decoração

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura