Casa Cor volta ao Alphaville em grande estilo e já está aberta ao público

Conforto, tecnologia, bem-estar e sustentabilidade nas últimas tendências da arquitetura e decoração

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/08/2011 17:34 / atualizado em 20/08/2011 17:45 Joana Gontijo /Lugar Certo


Sala do Hobby, de Juliana Couri e Natacha Nascif: uma viagem ao redor do mundo - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Sala do Hobby, de Juliana Couri e Natacha Nascif: uma viagem ao redor do mundo
A Casa Cor Minas Gerais volta ao Alphaville, em Nova Lima, na Grande BH, em grande estilo, para ocupar uma área de 30 mil metros quadrados, onde costumava funcionar um colégio. A 17ª edição da mostra compreende uma paisagem privilegiada, e já está aberta ao público, até o dia 4 de outubro. A expectativa é que cerca de 40 mil pessoas passem pelo local para conferir as últimas tendências da arquitetura, decoração, paisagismo e design de interiores, reunidas em 56 ambientes, assinados por mais de 80 profissionais. Um dos ambientes é a varanda da convivência, projeto de Renata Basques, que lança mão do estilo rústico através de uma mobiliário aconchegante e do uso de materiais sustentáveis, conta a arquiteta. Chama a atenção a mesa e as cadeiras assinadas pelo designer Paulo Alves, com pés feitos com sobras de galhos, além dos móveis em madeira reaproveitada e as pedras, como o limestone. A tecnologia está presente na persiana que pode ser toda vedada, transparente, ou dividida entre os dois, na TV espelho e na conexão com um iPad, e as tendências de Milão vêm traduzidas em um estante desenhada pela própria profissional para abrigar plantas. “As pessoas buscam dentro de casa aquele ar mais interiorano, um clima mais aconchegante, que tenha uma vista privilegiada, com tecnologia, preservando o aspecto caseiro. Mas acho que a varanda pode estar também no espaço interno”, pontua Renata. Veja mais fotos da Casa Cor MG 2011 Um espaço projetado para um casal de meia idade que gosta e já viajou muito pelo mundo, garimpando peças preciosas. A sala do hobby, de Juliana Couri e Natacha Nascif, foi pensada para abrigar estes objetos – muitos livros sobre viagem, guias turísticos, itens vindos da África, da China, da Índia, da Europa, entre lugares diversos. Destaque para o Brasil em um mapa de ferro com figuras referentes a cada região e para a luminária lembrando o globo terrestre, conceituando um simples sofisticado, sem maiores intervenções, conta Natacha. “Pensamos neste ambiente basicamente para ser um lugar confortável, onde eles pudessem expor os objetos que compraram mundo afora. Os materiais são os linhos, os sisais, que são bonitos e trazem descontração, aconchego, além de uma iluminação convidativa. Esperamos que as pessoas cheguem aqui e se sintam à vontade, queiram ficar no ambiente”, acrescenta Juliana. Leia mais: Casa Cor Minas Gerais será aberta ao público neste sábado Casa Cor - O que está por vir
Loft da cantora Paula Fernandes, de Danielle e Luis Gustavo Bellini: modernidade e aconchego - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Loft da cantora Paula Fernandes, de Danielle e Luis Gustavo Bellini: modernidade e aconchego
No living do enólogo, a proposta é ser um local contemporâneo para receber convidados, degustar um bom vinho, ouvir uma música agradável, ler, como explica a responsável pelo projeto, Angélica Araujo. “Uma lareira no centro do ambiente resgata a ideia de estar em torno do fogão à lenha, traduzindo um pouco o jeito mineiro de encontrar os amigos. Todos os materiais utilizados tem a preocupação de ser ecologicamente corretos. Os tons passam por cinza, marrom, trabalhando com as cores nas obras de arte. Os tecidos vêm em fibras naturais e muito couro, transmitindo brasilidade”, diz. No loft dedicado à cantora Paula Fernandes, concebido por Danielle e Luis Gustavo Bellini, conceito moderno, linhas horizontais bem definidas, tons mais claros com pinceladas de cor em alguns elementos, cromoterapia na banheira, vestidos, fotos e objetos cedidos pela própria artista, como lembra Danielle Bellini. “Trabalhamos um clima moderno com toques aconchegantes, com a cama centralizada no ambiente e laterais para apoiar vinhos, aperitivos, a lareira. Tendência hoje são espaços acolhedores, com materiais práticos na limpeza, aliados à beleza”, completa. Continue acompanhando a cobertura da Casa Cor nos próximos dias no Lugar Certo! Assista à reportagem da TV Alterosa:
Casa Cor Minas Período: 20 de agosto a 4 de outubro Special sale: 3 e 4 de outubro Local: Avenida Princesa Diana, 665 Alphaville – Nova Lima Horário: de quarta a sexta das 16h às 22h; sábado das 13 às 22h; domingo das 13h às 19h Ingresso: R$ 40 (idosos e estudantes pagam meia) Informações: www.casacorminas.com.br ou (31) 3286-4587

Tags: cor

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura