Ambientes da Casa Cor unem estilo e sofisticação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/08/2011 14:38 / atualizado em 22/08/2011 14:52 Redação /Estado de Minas
Living do enólogo - Angélica Araújo
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Música, filme, arte e um bom vinho traduzem a proposta do ambiente. No projeto há elementos práticos e multifuncionais, associados à tecnologia. O compromisso com a preservação ambiental orientou a escolha do material, processos e execução do espaço. O material utilizado no piso, revestimento de parede, tecidos e madeiras é de origem ecologicamente correta. As obras de arte: escultura em aço de Amilcar de Castro e tela de Niúra Bellavinha.

Suíte presidencial - Juliana Vasconcellos e Carlos Maia
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

O projeto parte do conceito de uma ampla suíte de hotel urbano, com características universais. Com uma ampla área com ambientes integrados, logo na entrada, o visitante é conduzido por um hall onde se encontra uma escultura iluminada de Dan Fialdini. Depois do hall, há uma sala de estar e espaço para refeições. No lado oposto, separado por um painel de projeção em vidro, uma cama em aço inox e o cubo de vidro onde fica o banheiro. Do material, destaque para metais, madeiras escuras e vidros. O desenho geométrico e as cores sóbrias como a preta, a cinza e a branca predominam. A iluminação é em LED, o piso parquet de madeira de florestas manejadas de forma sustentável, móveis com madeiras certificadas e tecidos 100% algodão.

Lounge Clube A Estado de Minas - Ana Paula Rohlfs
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Espaço de 200 metros quadrados com cinco ambientações abriga o Clube A, alicerçado em dois pilares: o da funcionalidade multiuso e o da sustentabilidade. O primeiro serve para atender as necessidades do Clube A - Estado de Minas, onde vai receber os associados e os visitantes da Casa Cor. Com cinco ambientes integrados: lounge, bilhar, espaço de conversação, espaço leitura e balcão/bar, a ideia é acomodar a todos para que se sintam em sua própria casa. Adornos e peças da artista plástica Celeida Rivetti se destacam. Numa parede curva, Ana Paula criou uma lona estendida com imagens na cor sépia que faz alusão à arte, dança, música, teatro e cinema que o Clube A oferece aos seus associados. Há também um tríptico da artista Adriana Baião, com técnica própria de colagem artesanal. A novidade foi o uso do mármore italiano carrara: moon-face bruto. No bar, uma grande champanheira em cristal dá um charme ao local. A iluminação foi criada para cada ambiente de acordo com a sua função, assim como os poucos adornos escolhidos a dedo. Cortinas em veludo importado fecham o ambiente, proporcionando luz do dia e aconchego da noite.

Hobby do viajante - Natacha Nascif e Juliana Couri
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Com 30 metros quadrados, o ambiente foi idealizado para um casal de meia-idade que curte viajar e colecionar peças trazidas de vários lugares. O projeto traz um espaço acolhedor que expõe as relíquias garimpadas pelo mundo. O material foi basicamente laminados de madeira, cerâmica que imita tijolo aparente e papel de parede. No mobiliário, design minimalista e muita madeira e tecidos como linho e sisal. O teto foi rebaixado para valorizar o pé-direito alto e as calhas elétricas de iluminação são aparentes. Destaque para a automação da TV controlada por um iPad instalado na parede, que se mistura aos quadros e fotos.

Varanda bem viver - Camila Guerra Henriques
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Uma varanda que proporciona diversas formas de relaxamento e lazer. Para os dias frios, o sofá e o piso da área do ofurô são aquecidos. Além disso, a lareira completa a função de aquecer o ambiente. A TV está camuflada por obras de arte e a mesa touch permite a interatividade: o visitante pode fazer consultas, pesquisas e jogos

Bilheteria Foyer - Mariana Borges e Thaysa Godoy
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Do conceito de foyer, palavra de origem francesa, que significa salão nos teatros onde as pessoas possam se reunir durante o intervalo dos espetáculos, nasceu o conceito do espaço. Um lounge para receber os amigos, relaxar ou ouvir música num ambiente com mix de cores, sons, formas e tecnologia. Usaram madeira de demolição de mais de 100 anos restaurada e aplicada em toda a extensão da fachada, piso cimentício que imita o de madeira, lareira à base de etanol e lâmpadas de LED. A marcenaria interna, desenhada pelas profissionais, foi executada com MDF laminado.

Varanda de convivência - Renata Basques
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Uma varanda de conveniência com mesas de jogos, fotos, TV e material como madeira, vidro, limestone, ecogranito, que equilibram o ambiente e o tornam aconchegante, moderno e ecologicamente correto. A qualidade de vida foi um ponto bem observado pela profissional, que especificou uma bicicleta dobrável, de fácil transporte. A sofisticação fica por conta da inspiração que buscou no Salão do Móvel de Milão 2011. Um espelho de alto design deixa o espaço belo e arrojado.

Loft Zuzu Angel - Sheila Mundim
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Com 80 metros quadrados, o loft foi inspirado na trajetória de vida e na ousada moda criada pela conceituada estilista mineira Zuzu Angel. O espaço foi pensado como um refúgio para a designer trabalhar e criar. Há referências a ela com suas estampas em móveis e objetos e na mistura de texturas. Foi usado o feng shui para definir algumas cores, material e a localização das flores e do jardim, certificando-me da harmonia do conjunto. É um ambiente integrado, com parede somente na área de banho, com quatro ambientes (sala, cozinha, quarto e banho) que convergem para um ponto de destaque: a estante da TV, pensada com formas que remetessem às suas obras. Aliás, há obras de arte de Beto Silva (quadro com nanquim, papel especial, com desenhos e colagens retratando a vida de Zuzu e seu filho) e da artesã Bilé Andrade (trabalho com crochê no pufe lateral do sofá, remetendo ao apreço que Zuzu Angel tinha pelos trabalhos com identidades regionais, em especial o Norte e Nordeste do Brasil).

The Art Bistrô - Ana Paula Paoinelli
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Ambiente proporcionam conforto e satisfação ao público. As tendências essenciais do projeto são as texturas mostradas na feira de Milão de 2011: papel que imita tecido matelassado, painéis em ripas de madeira com alto e baixo-relevo, tiras de espelho bronze que proporcionam textura e movimento ao material polido, mármore travertino sintético, que é ecologicamente correto, assim como o piso PVC, que imita madeira de demolição, deck de eucalipto de reflorestamento, lareira elétrica, lustre de cristal e tecido para sofisticar os ambientes. O mobiliário é vintage e contemporâneo.

Sala de jazz - Eduardo Faleiro e Victor Silésio
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

A proposta é proporcionar aos visitantes uma pausa, num local onde a arquitetura e a música se encontram. As pessoas vão usufruir do espaço para escutar o melhor do jazz e admirar instrumentos musicais expostos. Assim como o jazz, o ambiente é uma mistura de manifestações artísticas: pintura do artista modernista Mario Silésio, tratamento fotográfico de Alexandre Torres e luminárias do artista plástico Ganso. A composição tem cores quentes em sua pintura e luz indireta.

Living do gourmet - Cristina Menezes
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Privilegia o dono da casa que é amante da boa mesa, bons vinhos e do café elaborado. O ambiente tem um grande estar e um spa no jardim. O respeito ao meio ambiente é destaque desde a produção até a finalização. A grama e a terra retiradas do local foram doadas para o Clube da Lagoa dos Ingleses. A água para consumo na pia será aquecida por energia solar. A estrutura e a cobertura foram reaproveitadas de um galpão demolido. Na cobertura, foi utilizada a ecotelha gramada, que auxilia na permeabilidade da água pluvial. Os revestimentos e móveis são todos com certificado.

Loft da decoradora - Denise Vilela
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

A proposta é um ambiente com o azul das fazendas de Minas Gerais, tecidos bordados, estampa floral na colcha da cama e poltronas brasileiras. Fotos antigas e vários objetos pessoais remetem à infância da decoradora, vivida na fazenda do interior mineiro. A ideia foi desligar um pouco dos padrões modernos de estética, sem deixar de usufruir do conforto. Um telão projetado no vidro proporciona uma imagem maravilhosa, mas desligado fica transparente e a TV “desaparece”.

Jardim do encontro - Clarice Maia, Erika Maia, Elvira Guimarães e Pedro Henrique Murta
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

O conceito do espaço, com 700 metros quadrados, e proporcionar um local onde as pessoas possam se encontrar, sentar e observar a natureza e as obras de arte. Um jardim aconchegante para vivenciar experiências visuais ricas em texturas, cores, formas e observar obras do escultor mineiro Leandro Gabriel. As espécies plantadas no jardim são de fácil cultivo. Azaléias criam uma massa verde e florida ao mesmo tempo. Em contrapartida, as palmeiras, bromélias laranjas e amarelas, folhagens vermelhas, além das forrações, criam manchas contrastantes, tendência dos jardins contemporâneos. Sustentabilidade: esculturas de Leandro Gabriel criadas a partir de materiais de refugo, chapas de ferro-velho, discos de tratores e sucatas.

Deck - Júnior Piacesi e Denise Macedo
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

O espaço potencializa o spa, na parte externa da casa. A inspiração é uma sala de estar a céu aberto. Durante o dia, está integrado à piscina e, à noite, é um lugar para curtir o frio da montanha, já que também pode estar ligado à lareira. Quanto ao mobiliário, a ideia veio da última edição do Salão de Milão, no qual foi apresentada uma releitura de móveis de design diferenciado, atualizado e contemporâneo, com fibras fortificadas e resistentes, adequados ao uso em área externas.

Tags: cor

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura