Azulejo: o revestimento que dá graça à decoração

Antes reservado a cozinhas e banheiros, ele ganhou novos usos e reaparece cheio de estilo e detalhes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/10/2011 07:30 / atualizado em 28/10/2011 07:34 Redação /Lugar Certo
Reprodução/Internet

Foi-se o tempo em que os azulejos revestiam apenas as paredes de banheiros, cozinhas e áreas externas. Hoje, é possível usá-los para dar acabamento à mesa da sala de jantar, em uma moldura de espelho no quarto ou em qualquer outro lugar que desejar.

Criados pelos árabes, mas muito usados pelos portugueses, os azulejos chegaram a revestir paredes de igrejas e palácios. Mas, aos poucos, o modelo tradicional, com estampa barroca, foi substituído por novos desenhos, mais coloridos e arrojados, com flores ou formas geométricas. "As peças atuais inovaram também em relação a tamanho, formato e espessura", explica a arquiteta e decoradora Suely de Paula.

Solte a criatividade

Com o design modernizado, os azulejos podem ser aplicados em todos os ambientes. Além de protegerem as paredes, eles assumem papel de destaque na decoração contemporânea e criativa, sem contar que ficam lindos, por exemplo, quando usados como um painel de home theater ou até mesmo como acabamento no tampo de uma mesa.

Forte tendência, atualmente, é a criação de mosaicos de azulejos, com a combinação de diferentes cores e estampas. "A dica é colocá-los em algum ponto especial, no qual possam ser valorizados. E use móveis com designs leves e tons neutros, para que o mosaico assuma a posição de destaque, tornando-se o elemento nobre do ambiente", ensina Suely. Esse patchwork deixa a decoração original e ainda oferece a chance de fazer economia. Isso porque as peças podem ser compradas em cemitérios de azulejos, que vendem itens fora de linha e em pouca quantidade.

Porém, quem quer ousar e revestir todas as paredes com o material deve tomar cuidado. A arquiteta lembra que ele pode ser usado à vontade em cozinhas, banheiros e lavanderias. Entretanto, nas salas e nos quartos, o melhor é apostar em faixas, painéis ou no revestimento de somente uma parede. "O ideal é recorrer aos azulejos para acrescentar toques de cor e criatividade à decoração, mas sem exagerar", complementa.

Para o quarto, por exemplo, o uso do painel de azulejos como cabeceira da cama deixa o cômodo aconchegante e acolhedor. Outra sugestão interessante é mesclar meia parede de azulejos com o restante em papel de parede. Um resultado original, criativo e de bom gosto. "Mas lembre-se de que o papel de parede não deve ser usado em ambientes úmidos", ressalta Suely.

Duráveis e fáceis de limpar, os azulejos são usados tanto pela beleza quanto pela praticidade. Diferentemente de uma parede de alvenaria, por exemplo, eles podem ser limpos apenas com um pano úmido e um pouco de Cif. Com sua fórmula exclusiva, o produto elimina a gordura da superfície de maneira rápida e sem esforço.

Serviço:
São Paulo: Cemitério dos Azulejos - (11) 2296-0859
Curitiba: Cemitério dos Azulejos - (41) 3274-7473
Rio de Janeiro: Azulejos Antigos - (21) 2255-1195
Belo Horizonte: Relíquia Azulejos e Pisos - (31) 3412-8666
Florianópolis: Cemitério dos Azulejos - (48) 3247-0671
Salvador: Museu do Azulejo - (71) 3242-9300

(Fonte: Portal Vital/Unilever)

Tags: decoração

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de setembro de 2018
11 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura