Tendências para 2012

Preocupação ambiental ainda é e sempre será tendência

A sustentabilidade deixou de ser bandeira exclusiva dos ecologistas e chega à arquitetura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/11/2011 15:42 / atualizado em 21/11/2011 14:47 Joana Gontijo /Lugar Certo
Segundo a designer de interiores Ednei Aquino, é bom saber retirar de todas as tendências e inovações o que de fato serve - Eduardo Almeida/Ra Studio Segundo a designer de interiores Ednei Aquino, é bom saber retirar de todas as tendências e inovações o que de fato serve
A designer de interiores Ednei Aquino afirma que é impossível falar de tendências sem mencionar as questões relacionadas à preservação do meio ambiente. “Sabemos que todo esse cuidado com o nosso planeta não é mais uma bandeira exclusiva dos ecologistas. Dentro dessa perspectiva, é de nosso conhecimento que novos hábitos alimentares e de moradia, bem como estabelecimentos corporativos, terão leituras completamente diferentes em função da sustentabilidade do planeta frente ao uso inteligente dos recursos naturais disponíveis”, diz.

Para Ednei, as novas incorporações e edificações vêm se adaptando a esses conceitos, com o uso de telhados verdes (vegetação suspensa sobre a laje), prédios que giram para aproveitar melhor a posição do sol, minimizando o uso de sistemas que demandam alto consumo de energia. “Utilização correta da água , com reaproveitamento e captação de água da chuva. Os espaços verdes externos são cada vez maiores em detrimento do espaço interno das moradias. Hoje , fala-se em cinco megatendências: economia, sustentabilidade, diversidade, globalização e digitalização”.

Segundo a designer, é bom saber retirar de todas essas tendências e inovações o que de fato serve. Ela acredita que no quesito cores, a nova onda de tons puros fala mais à alma brasileira. “Já era tempo de sairmos de toda a neutralidade que vivemos nos últimos anos. Essa profusão de misturas que vemos nos ambientes tanto em relação às cores como ao estilo do mobiliário, também retrata mais o jeito brasileiro mestiço. É preciso autenticidade para adotarmos essas novas ideias com inteligência e sensibilidade suficientes para que a nossa vida seja mais confortável e que para tê-la não tenhamos que abrir mão do momento presente. Que essas inovações possam colocar em nossas mãos uma pequena porção de tempo que perdemos depois da revolução industrial. Que um dia possamos nos desvencilhar do engodo de que a tecnologia nos traria mais tempo, que resultou ironicamente no contrário. Se essas inovações não nos trazem em um pote o tempo, que nos traga mais conforto, dignidade, humanidade e qualidade de vida, talvez pelo simples fato de olharmos para uma parede colorida recheada de recordações”.

Tags: tendência

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2018
16 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura