Fotografias na decoração

Porta-retratos e quadros com fotografias da família imprimem personalidade ao lar

Peças rendem a sensação de aconchego e boas conversas para recordar as histórias emolduradas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/12/2011 07:00 / atualizado em 16/12/2011 11:34 Joana Gontijo /Lugar Certo
Eduardo Almeida/RA Studio

Não se sabe ao certo quando eles surgiram ou quem os inventou, mas os porta-retratos são encontrados em praticamente todas as casas. É raro adentrar em uma residência e não os ver logo na sala, recepcionando os visitantes, contanto a história da família, revelando os traços de cada pessoa que ali habita. Pode-se dizer que o porta-retrato é muito mais que um mero item decorativo. É parte essencial de um lar, pois o personaliza de forma única, diferenciando-o de qualquer outro. Se a mesma moldura deste acessório pode ser encontrada em vários locais, o mesmo não acontece com a foto nele colocada. Por isso, esse objeto se torna único, individual.

Veja mais fotos de porta-retratos

Além de decorar, fotografias e imagens tornam os ambientes mais íntimos, imprimem a personalidade dos moradores e cumprem funções importantes como homenagear pessoas, materializar momentos marcantes, e até situar o convidado sobre seus anfitriões, pontuam as designers de interiores Fabiana Visacro e Laura Santos, da VS Design. Para cada uma dessas possibilidades, existe uma composição harmônica que pode se dar em uma série de formas, explicam. “As imagens podem estar isoladas ou em conjunto, terem tamanhos variados retratando pessoas ou lugares, alternando cores e contrastes. Elas podem aparecer dentro de porta-retratos, fixadas sobre fundos tonalizados de forma sofisticada ou casual, adornando nichos, e até coladas sobre caixinhas organizadoras”.

As designers de interiores Laura Santos e Fabiana Visacro dizem que imagens podem estar isoladas ou em conjunto
 - Eduardo Almeida/RA Studio As designers de interiores Laura Santos e Fabiana Visacro dizem que imagens podem estar isoladas ou em conjunto
O tradicional porta-retrato, ainda tão presente, tem dividido espaço com modelos mais ousados, autênticos e descontraídos, e aquele velho hábito de pendurar fotos na parede também continua valendo, continuam as designers. “Decorar árvores de Natal com fotos da família também tem um grande efeito. Misturar fotos antigas com peças de decoração mais atuais é um ótimo recurso para criar a sensação de lembranças e histórias vivas para o morador”.

Apesar de comum, algumas pessoas não consideram tão simples a tarefa de escolher os modelos e as imagens de um porta-retrato, ponderam Fabiana e Laura. É preciso considerar o ambiente como um todo para que haja harmonia. “O posicionamento de cada um deles também requer cuidado. Para locais onde predomina a decoração contemporânea, os mais indicados são os de vidro, acrílico, couro, aço escovado ou polido. O modelo que combina várias fotos numa única estrutura também é interessante. Para quem aposta no estilo rústico, os itens mais robustos com moldura de madeira ou ferro ajudam a compor o ambiente. Para enfatizar e realçar os momentos especiais ou pessoas importantes, vale lançar mão de peças mais limpas e com menos informações”.

Quando bem explorado, o acessório atrai olhares e pode até render uma boa prosa sobre lembranças e, logo, momentos agradáveis. Além disso, ele confere aconchego ao lar. De acordo com a designer de interiores Iara Santos, não existem regras para lançar mão do objeto, mas é preciso ter bom senso. “Pode-se usar os porta-retratos com moldura e design diferentes, desde que haja harmonia. Os mais simples são indicados, assim a foto fica em primeiro plano e rouba os olhares”, ensina a profissional.

Garantir a harmonia entre os diferentes tamanhos é a dica da designer de interiores Iara Santos
 - Eduardo Almeida/RA Studio
Garantir a harmonia entre os diferentes tamanhos é a dica da designer de interiores Iara Santos
Iara também chama a atenção para a escolha das fotos colocadas nesse acessório. “As fotos devem ser interessantes e verdadeiras. Colocar fotos que marquem várias fases de uma pessoa é uma ótima opção, pois mostra a evolução dela ao longo da vida. Além de causar aquela sensação boa de saudade e trazer à tona lembranças esquecidas de momentos felizes. As fotos podem ser coloridas ou em preto e branco, isso vai depender da decoração do espaço”, destaca a designer. Como é um adorno de preço acessível, Iara lembra que o porta-retrato pode ser trocado quando necessário para se tornar sempre contemporâneo.

Para a arquiteta Marina Dubal, porta-retratos são memórias de uma vida e fazem parte da identidade de uma pessoa, por isso é importante inclui-los na decoração, já que podem ser usados de diversas maneiras. “Na forma mais tradicional e antiga, as peças são apoiadas sobre móveis como bancadas, aparadores e balcões. Quando for expor mais de um porta-retrato lado a lado, é interessante que as molduras sejam de tamanhos diversos e modelos diferentes entre si, porém com algo em comum, como entalhes dourados, ou o próprio material, como madeira ou metal, por exemplo”.

Como todo item decorativo, a quantidade exposta em cada local deve ser proporcional à sua dimensão e função, demonstra Marina. Ambientes sociais e mais amplos (como sala de estar e sala de TV) podem receber mais itens, de acordo com a proposta da decoração. “Já em quartos, corredores e espaços menores, o ideal é pontuar alguns porta-retratos estratégicos ou, quando for necessário expor uma maior quantidade de fotos, colocá-los em quadros na parede, evitando o acúmulo de objetos em espaços restritos. Até na cozinha podemos usá-los hoje em dia, já que temos interessantes soluções, como o ímã, que podem personalizar a geladeira, por exemplo”.

Acessórios que não pode faltar

A arquiteta Sandra Diniz prefere usar os modelos mais tradicionais, feitos em vidro, madeira e resinas
 - Eduardo Almeida/RA Studio A arquiteta Sandra Diniz prefere usar os modelos mais tradicionais, feitos em vidro, madeira e resinas
Como mostra a arquiteta Sandra Diniz, existe hoje a possibilidade de usar o porta-retrato digital, mas ela prefere os tradicionais, que podem ser feitos todo em vidro, em osso, madrepérola, material reciclado, pedraria e madeira, nos mais diversos acabamentos, como couro, prata, inox, lacas e resinas, dentre outros. “As cores podem ser as mais diversas, desde o vidro translúcido, passando pelos béges, marrons, preto, prata, ou tons mais vivos, como verde e azul”.

Retratando os momentos mais marcantes, como casamentos, viagens, aniversários, entes queridos, as imagens expostas em um porta-retrato são impregnadas de histórias e carregam saudade, diz Sandra. “Nossos melhores momentos, ou até mesmo nossas melhores lembranças, nossos grandes amores, encontram-se vivos neles. Como não gostar de lembrar um momento feliz? Como não sentir carinho ao lembrar de um ente amado? As fotografias tornam o ambiente pessoal e único”.

Para as designers de interiores Klazina Norden e Ana Karina Chaves, fotos de família devem ficar em destaque - Eduardo Almeida/RA Studio Para as designers de interiores Klazina Norden e Ana Karina Chaves, fotos de família devem ficar em destaque
Para as designers de interiores Klazina Norden e Ana Karina Chaves, da AK Interiores, o porta-retrato é um acessório que há muito tempo personaliza a decoração, e existe uma infinidades de molduras que possibilita a escolha de acordo com ao estilo do ambiente, agregando beleza. “Há várias formas de porta-retratos, desde os álbuns e modelos de parede até os painéis de fotos, os objetos com motivos infantis, giratórios, redondos, ou usados em tampas de caixas e chaveiros”.

Com fotos de família, os porta-retratos ganham mais destaque, quando colocados em lugares especiais, acrescentam Klazina e Ana Karina. “Além disso, trabalham também a compreensão de diversos conceitos, como a noção de família e de tempo, do passar das gerações. É muito difícil entrar em uma casa onde não há a utilização do recurso”, completam.

Tags: decoração,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Jorge - 19 de Dezembro às 08:47
Acho muito bom que estes tradicionais objetos de decoração estejam presentes nas listas destes competentes e atualizados profissionais. É um sinal de que eles não perderam o glamour.

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura