Ambientes masculinos

Colorir não é fantasiar na decoração para homens

Para satisfazer essas necessidades do universo masculino, é preciso escolher peças com cuidado, estudando criteriosamente a paleta de cores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/12/2011 12:48 Júnia Leticia /Estado de Minas
Para os arquitetos Celeno Ivanovo e Luiz Henrique Ribeiro, as cores tornam os espaços mais agradáveis - Eduardo de Almeida/RA Studio Para os arquitetos Celeno Ivanovo e Luiz Henrique Ribeiro, as cores tornam os espaços mais agradáveis
Para satisfazer essas necessidades do universo masculino, é preciso escolher peças com cuidado, estudando criteriosamente a paleta de cores. “Não vamos confundir o uso de cores com enfeitar a casa para uma festa a fantasia. E se o pensamento inicial é pelas cores básicas, puras, como azul, amarelo, vermelho, não podemos nos esquecer de que um projeto realmente profissional transita também por cores sofisticadas, como cobalto, nude, fendi, berinjela e cobre”, diz o arquiteto Celeno Ivanovo.

Flávia Soares reitera a necessidade de conhecer o estilo de vida do homem para atendê-lo da forma mais adequada. Principalmente, no caso daqueles que não sabem bem o que desejam. “Pessoas agitadas precisam da cor azul, que tranquiliza. Já as com certa tendência à depressão, o azul é péssimo”, exemplifica a arquiteta. Apesar de essa recomendação servir tanto para mulheres quanto para homens, há diferenças entre eles na hora de empregar as cores. A eles interessa o conceito geral do projeto, que precisam entender bem, como verifica o arquiteto Luiz Henrique. “Se a proposta é um sofá estampado e colorido, use sem medo, desde que haja um contexto que justifique a utilização, nunca porque é uma tendência. Eles aceitam propostas mais ousadas e coloridas, desde que elas partam de uma base sólida e justificável.”

A designer de interiores Fabiana Visacro diz que o conceito de um projeto muda quando a mulher entra em cena. “As prioridades são outras e a cor, frequentemente, aparece como protagonista no projeto. A mulher ousa mais na paleta de cores, alternando listras, estampas florais ou geométricas”, indica. Laura Santos acrescenta que elas permitem que a variedade e intensidade de cor falem por si só no projeto de seus ambientes. “Já o homem carrega mais mistério em suas escolhas. Mescla a neutralidade e a sobriedade com as cores que surgem, na maioria das vezes, em tons mais fortes. Dessa forma, seus traços mais marcantes ficam impressos nos projetos e espelham sua personalidade.”

DETALHES

Para Sandra Diniz, as mulheres geralmente são mais detalhistas na concepção do espaço, que passa pela escolha do mobiliário, cortinas e persianas, até adornos, tapetes e almofadas. “Assim, tendem a usar uma gama maior de cores, estampas e adamascados. A cor escolhida pelos homens, normalmente, são mais definidas, marcantes, com azul-escuro, cinza ou verde.”

Por isso, para atendê-los, Flávia Soares utiliza como critério o princípio das três cores primárias: azul, vermelho e amarelo. A arquiteta diz que nunca projeta ambientes em que mais de 1/3 deles tenham uma dessas cores. “Levo em consideração que as cores se complementam e se completam. A cor, quando é usada em exagero nos ambiente, pode causar impacto na vida do usuário do ambiente”, justifica a profissional, que diz que o projeto pode ser realizado a partir de R$ 900.

DICAS ÚTEIS

Confira o que dá certo e o que  fica ruim na elaboração de projeto para homens

» CERTO
- Balancear as cores para que um ambiente não fique com muita intensidade de uma mesma cor.

- Observar as cores dos acabamentos. Onde há piso de madeira (dependendo do tom), ela pode ser considerada como vermelho, o que pode tornar pesado o uso da cor vermelha nesse ambiente.

- Ter uma base em tons neutros ou pastéis. Se a proposta for mais ousada, colorir algumas peças de destaque, como um tapete ou um sofá. Caso seja mais tímida, pontuar com obras de artes, objetos ou alguma peça menor, que pode ser uma poltrona.

» RUIM
- Mistura de cores indiscriminadamente em tons diferentes.

- Ambientes que não se identifiquem com o morador, onde ele não conseguirá ficar à vontade.

- As combinações amarelo e azul, verde e azul ou verde e amarelo são lindas, mas um sofá verde-bandeira com tapete amarelo-ouro e poltronas azul-céu é erro certo.

Tags: cores

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura