Cores para 2012

Este é o ano das cores quentes na decoração

Tons fortes serão a tendência nas paredes dos lares brasileiros em 2012. As texturas e os efeitos completam as opções para quem pretende mudar a casa gastando menos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 09/01/2012 14:06 Júnia Leticia /Estado de Minas
A decoradora Maria Rosa Gomes cita o vermelho, em tons vivos ou ruborizados, como uma das apostas deste ano para dentro de casa - Eduardo Almeida/RA Studio A decoradora Maria Rosa Gomes cita o vermelho, em tons vivos ou ruborizados, como uma das apostas deste ano para dentro de casa

Para renovar o visual da casa com economia, nada melhor do que dar novas cores às paredes. A solução resulta em efeitos surpreendentes, mas é preciso saber como empregá-la nos ambientes. O ano novo traz o desejo de mudança e a forma mais prática de fazer isso é apostar nas tintas, em suas mais diversas nuanças e texturas. Segundo a arquiteta e urbanista Mara Starling, 2012 chega permitindo diversas possibilidades de usos no que se refere aos tons das cores para cada ambiente, como “realçar a profundidade ou o frescor de outro tom, contrastar com uma determinada cor vibrante ou não, ou seja, oferecer um novo panorama de descobertas”.

Para traduzir essa nova atmosfera, surgem cores que não são usadas frequentemente, mas que refletem o novo ano. “Como goiaba, azul-bebê e índigo, amarelo-cítrico, verdes aguados, corais avermelhados, rosa-nude e vermelho vívido, que refletem exatamente a sintonia do novo ano”, aponta Mara.

A decoradora Maria Rosa Gomes concorda com a tendência das cores vibrantes, e cita o vermelho, nos tons ruborizado e vivo, como uma forte aposta. “Essa tonalidade radiante é uma das que vão estar em evidência em 2012. As texturas são elegantes e sofisticadas, fazendo os efeitos de camurça, mármore, linho, bambu, entre outras”. Além dos tons de vermelho, a decoradora Renata Palhares diz que o verde-limão, os roxos e amarelos deverão ser muito usados. “Tendência que veio das passarelas e invade agora as paredes de nossas casas. Essa proposta (color block) veio para transformar os ambientes, trazendo mais alegria, vida e, por que não, harmonia aos ambientes.”

Entretanto, ela diz que cores fortes serão utilizadas, especialmente pelos mais jovens. “Mas os tons de concreto, camurça e palha sempre estarão pontuando a decoração de ambientes e serão usados, principalmente, pelos clientes mais tradicionais”, acrescenta.

Em contraponto com o que ficou em evidência em 2011, neste ano haverá a evolução da ideia de valorização da simplicidade e da pureza das coisas do cotidiano, que norteou a tendência anterior de cor. “Em 2012, a evolução desse tema aponta para uma busca de novas possibilidades, em que o pensamento vai além das soluções óbvias e simplistas”, explica Mara Starling.

"Cores aveludadas e brilhantes, que recebem o contraste de tons pastel etéreos e translúcidos, surgem como forte tendência" - Mara Starling, arquiteta e urbanista
ESTÍMULO

Além disso, a arquiteta diz que o reflexo do universo tecnológico virtual, que permite às pessoas estar em mundos ou realidades diferentes ao mesmo tempo, indica a necessidade do ser humano em estimular a mente com imagens ilusórias. “O surreal e os efeitos ópticos estão cada vez mais encantadores e presentes no cotidiano das pessoas. Dessa forma, cores aveludadas e brilhantes, que recebem o contraste de tons pastel etéreos e translúcidos, surgem como forte tendência.”

Já para Maria Rosa Gomes, essas apostas surgem do retorno às origens da humanidade. “As cores vermelha, amarela, verde, violeta, laranja, azuis e os tons neutros e frios nos remete às raízes da história humana, nos harmonizam com as cores da terra, raízes, ervas e frutas, trazem um toque de delicadeza.” Para chegar a essas tonalidades, há empresas que recorrerem a levantamentos de tendências feitos anualmente. Uma delas é a Suvinil, como conta a consultora de Cores e Tendências da empresa, Ana Kreutzer. “Essas pesquisas são feitas a partir de estudos comportamentais e estéticos, realizados dentro e fora do Brasil”. De acordo com ela, o resultado do estudo realizado em 2011 apontou 30 cores.

Tags: cores,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura