Quarto de hóspede

Reserve um espaço para o hóspede dentro de casa

Montar quarto para receber visitas não exige muito dinheiro, mas bastante dedicação para que o local seja agradável e acolhedor. Saiba quais são os elementos essenciais para criar um ambiente ideal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/04/2012 07:00 / atualizado em 20/04/2012 11:24 Joana Gontijo /Lugar Certo
Eduardo Almeida/RA Studio

Receber o convidado com carinho e reservar um espaço onde ele possa ficar à vontade é a melhor maneira de fazê-lo se sentir em casa. Quando há na residência um ambiente ainda por ser aproveitado, ele pode ser transformado no quarto de hóspedes, local que pede um projeto específico e que deve estar sempre pronto e organizado. Podem surgir dúvidas quanto a quantidade de móveis necessários para compô-lo, sua disposição, ou em relação aos objetos necessários para que as visitas tenham uma boa estadia. Por isso, profissionais da área ensinam como decorar este quarto para dar as boas vindas aos amigos e familiares de maneira eficiente e calorosa.

A arquiteta Patrícia Bomfá diz que em imóveis menores, o projeto pode integrar outras propostas dentro do lar e permanecer funcional - Patrícia Bomfá/Divulgação A arquiteta Patrícia Bomfá diz que em imóveis menores, o projeto pode integrar outras propostas dentro do lar e permanecer funcional
De acordo com a arquiteta Patrícia Bomfá, tudo irá depender da área disponível na casa. Como as visitas não são presença constante, o quarto de hóspedes pode ser integrado a outras propostas, mas, em imóveis mais amplos, ele ganha mais privacidade e pode receber um tratamento mais adequado para sua função. “O ambiente pode ser pensado de diferentes maneiras conforme a rotina dos moradores. Ou seja, primeiramente deve-se observar qual é o padrão de visita que se tem o hábito de receber, se são solteiros, casais, idosos ou crianças. A decoração irá seguir a cara do dono, mas a ideia de um quarto de hotel é uma boa pedida: algo sóbrio, neutro, aconchegante e com toques pessoais do proprietário, o que agrega personalidade”, diz.

Dentre os elementos que integram o quarto de hóspedes, a cama se destaca (podem ser duas de solteiro, uma de casal, ou uma bicama), e junto a ela deve-se ter apoios laterais, sejam pequenas cômodas, criados ou bancos de apoio, continua Patrícia. “Nada cheio de gavetas e nichos, para não acontecer de ficarem coisas esquecidas pelos hóspedes por conta de guardarem em lugares escondidos. Outra coisa importante a pensar é uma bancada onde a mala possa ser colocada e aberta com facilidade. Espaço para cabideiro é essencial, assim como uma pequena prateleira para sapateira”.

Para a arquiteta, outro item que não pode faltar é um bom e amplo espelho com iluminação específica. Outro detalhe é uma cortina ou persiana com blackout, pois nunca se sabe o gosto de quem vai dormir ali, se é averso ou não a luz. “Diria que esses são os elementos básicos, mas se a intenção é um ambiente mais incrementado, pode-se incluir um painel para TV, onde ainda pode ser integrada uma bancada com uma cadeira que irá servir para abrir um laptop, fazer uma maquiagem ou mesmo dispor produtos de uso pessoal”.

Uso de cores suaves e claras, sem muitas estampas, é a sugestão de escolha da designer de interiores Lídia Sucasas - Eduardo Almeida/RA Studio Uso de cores suaves e claras, sem muitas estampas, é a sugestão de escolha da designer de interiores Lídia Sucasas
Na opinião da designer de interiores Lídia Sucasas, a decoração do quarto de hóspedes deve seguir o estilo da casa, podendo ser concebida de forma ousada, uma vez que esse espaço será frequentado poucas vezes, e não ocorre o risco de ficar cansativo. “A base da decoração pode ser clássica, com cores suaves e claras, nada muito forte ou estampado. Desta forma, se cria um ambiente agradável para a maioria das pessoas. Já o mobiliário não precisa ser luxuoso, ele deve ser prático e versátil para atender as necessidades básicas do hóspede. Os adornos devem se resumir em quadros, vasos com flores, espelho, persiana ou cortina, tapete e abajur. Já as roupas de cama , banho, travesseiros, almofadas e o colchão farão toda a diferença”.

PRESENTES

Para que o visitante se sinta ainda melhor, o anfitrião pode adicionar alguns mimos ao espaço, como um kit higiênico, um vaso com flores naturais ou um pote de bombons, para fazer um agrado sutil e delicado, orienta Lídia. “Organização, limpeza e alguns detalhes são essenciais para deixar o quarto sempre pronto. Aromatizar o ambiente, deixar sobre o criado-mudo um
Separar itens de higiene no quarto ajuda as visitas a se sentirem mais à vontade - Eduardo Almeida/RA Studio Separar itens de higiene no quarto ajuda as visitas a se sentirem mais à vontade
arranjo de flores, jarra com água, chocolates e balas, oferecer roupas de cama e banho impecáveis, acessórios de higiene específicos individuais, ter espaço definido para as roupas e os pertences, uma TV, alguns livros e revistas. Tudo isso demonstra carinho e atenção”. Para a designer, a atmosfera desse quarto deve mostrar o estilo dos moradores e deixar o hóspede tão à vontade que ele se sinta em sua própria casa. “Hoje, as pessoas querem privacidade e conforto, tanto para serem recebidas, como para receber. Ter um quarto de hóspede facilita esse breve período de convivência”.

Na percepção da designer de interiores Renata Afonso, normalmente as famílias que optam por reservar um espaço como o quarto de hóspede têm prazer e satisfação em receber. Para ela, um ambiente harmonioso exige a correta combinação de cores, iluminação e mobiliário, e o melhor seria pensar o projeto com apoio profissional. “Em muitas situações, observamos o uso de móveis que perderam a sua utilização principal que, sem destino, acabam virando elementos excessivos. Harmonizar peças ou conceitos diversos é muito difícil”, afirma.

Uma parte da família

"Sempre coloque algo que os hóspedes apreciam e que fazem parte de sua rotina" - Renata Afonso, designer de interiores
Esse cômodo deve ser tratado da mesma forma que os demais da casa, fazendo com que o ambiente respire e transmita aos convidados a energia da família. “Sempre coloque algo que os hóspedes apreciam e que fazem parte de sua rotina. Isso diminuirá a ansiedade, dará segurança e transmitirá a impressão que eles estão em sua própria residência. Se desejar algo mais impactante, pode se pensar em uma lembrança de boas vindas personalizada”, diz a designer de interiores Renata Afonso.

De acordo com as sócias da Simples Arquitetura, Natália Botelho e Paola Corteletti, o quarto de hóspedes costuma ser multiuso, pois não é com grande frequência que as pessoas recebem visitas. Ele pode ter função também de escritório ou sala de TV, por exemplo, e por isso é necessário que este espaço seja flexível. Nestes casos, a utilização de um sofá-cama pode ser uma boa alternativa. “É preciso ter cuidado para deixar o ambiente aconchegante e ao mesmo tempo organizado. É bom utilizar elementos que dêem essa sensação, tais como cores, texturas, iluminação. O uso da madeira ajuda bastante”, contam.

Para que o local esteja sempre pronto para as visitas, torna-se indispensável o cuidado do anfitrião, mas além disso, na opinião das arquitetas, o projeto deve apresentar soluções práticas com estética muito bem trabalhada para que o hóspede
Planejar espaço para guardar malas é fundamental para facilitar a rotina durante a estadia - Eduardo Almeida/RA Studio Planejar espaço para guardar malas é fundamental para facilitar a rotina durante a estadia
possa se organizar e se instalar no ambiente. “Para a maioria dos apartamentos e casas que projetamos, sejam eles grandes ou pequenos, o cliente sempre pede um quarto de visitas, de forma que o visitante possa ter um espaço reservado para si e se sinta à vontade, sem atrapalhar o ritmo da rotina do morador”.

A preocupação em receber bem, sem que para isso seja necessário mudar as pessoas de lugar, leva as famílias a se preocuparem em planejar este ambiente que está presente em todos os tipos de residência, na opinião da designer de interiores Denise Vilela. “A atmosfera deste espaço deve ser receptiva e agradável, com bastante luz e ventilações naturais. A decoração deve ser pensada de modo a proporcionar um clima acolhedor para o hóspede e ao mesmo tempo ser funcional”, completa.

Tags: decoração,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Edmar - 23 de Abril às 08:34
lindo, simples e objetivo, perfeito

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura