Bom senso

Aprenda a evitar os três erros mais comuns na decoração

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Projeto do arquiteto Dante Lapertosa - Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press Projeto do arquiteto Dante Lapertosa

Usar o bom senso é extremamente essencial no momento de decorar os ambientes da casa. Mesmo que você queira incluir na decoração objetos pessoais, é preciso avaliar se eles vão ficar esteticamente agradáveis e se serão funcionais. Além desse cuidado, é preciso ficar atento a três erros comuns que as pessoas cometem no momento de decorar os ambientes. Confira quais são eles e aprenda como evitá-los:

As proporções adequadas

Quando pensamos na decoração de qualquer ambiente da casa, um dos critérios mais importantes é olhar para o seu tamanho. Isso influencia diretamente nas escolhas. Tanto em espaços pequenos como nos grandes, é preciso tomar decisões corretas. Escolher móveis muito pequenos pode deixar o espaço vazio demais. Tire as medidas dos ambientes e adquira peças proporcionais ao tamanho do lugar. Seguir o bom senso nesta hora é super necessário: se o lugar é pequeno, prefira móveis menores e funcionais para ter a sensação de mais espaço, se o lugar for grande você pode distribuir melhor móveis e objetos para não ficar vazio e ainda adquirir uma identidade única.

Iluminação certa

O tipo de iluminação escolhido para a decoração de cada espaço terá repercussões diretas nas sensações que ele gera. Por isso, tente utilizar as diversas opções de iluminação para tirar proveito do espaço. No momento de planejar a iluminação mais adequada para a sua casa, é preciso levar em conta a necessidade de vários tipos de iluminação, que deverão desempenhar cada uma a sua função. Entre os principais tipos de iluminação estão: luz natural, luz elétrica, luz ambiente, luz de destaque e luz para tarefas.

No entanto, na questão iluminação, não é somente o uso de luzes e lâmpadas que influenciam no projeto. As cores das paredes também interferem muito em cada cômodo da casa. Cores mais claras dão maior sensação de iluminação e transmitem mais calma no ambiente, enquanto as mais escuras, além de deixarem o ambiente mais escuro, também fazem com que o cômodo pareça muito menor.

Custo X Qualidade

Com a atual crise econômica e limitações de orçamento, nos vemos comprando coisas em promoções ou de menor qualidade devido ao baixo preço. Porém nem tudo que é barato é bom. Para decorar ambientes é preciso ter paciência, pois não é uma tarefa fácil. No entanto, na hora de escolher os objetos de decoração, leve em conta que é um investimento. É melhor colocar elementos que tenham qualidade do que outros que mesmo sendo mais baratos podem quebrar mais fácil.

Nunca ouviu dizer "o que é barato sai caro"? Isto também se aplica na decoração! É certo que pode conseguir bons negócios, mas no caso de elementos decorativos que vão ser bastante usados (como é o caso de um sofá ou de uma cama), é aconselhável poupar um pouco de dinheiro para conseguir adquirir um de melhor qualidade.

Tags: decoração,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura