Estilo e conforto

Casa em estilo contemporâneo evoca natureza em Tiradentes

Projeto do arquiteto Gustavo Penna faz releitura das linhas da Serra de São José, em residência com vista privilegiada da sala ao banheiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/03/2013 13:00 / atualizado em 15/03/2013 12:55 Thiago Ventura /Portal Uai
Jomar Bragança/Divulgação


A cidade de Tiradentes, no Campo das Vertentes de Minas Gerais é conhecida por seu belo Centro Histórico preservado com construções do século XVII, no estilo colonial. Além do casario, é circundada pela bela Serra de São José, com diversos atrativos naturais.

Clique aqui e veja mais fotos da casa!

Nesse ambiente tão conhecido no circuito turístico mineiro, uma residência chama atenção pelo contraste das tri-centenárias construções coloniais. A "Casa Tiradentes" surge no alto de um monte, com design contemporâneo e uso de concreto que vidro.

Jomar Bragança/Divulgação


Com uma área de 300 m², a casa é composta por enorme pavilhão envidraçado, com vista privilegiada para a natureza. A construção foi concluída em 2007, com projeto assinado pelo arquiteto Gustavo Penna e equipe.

A casa foi construída sobre um platô, que preservou espaço para um ipê, árvore nativa da região, com uma mesa ao ar livre.

Jomar Bragança/Divulgação


Em qualquer ponto da casa é possível uma bela vista dos arredores do imóvel, da sala à cozinha, passando pelo quarto e, inclusive, no banheiro do casal. Esse ambiente é contemplado com um ofurô de madeira, numa total experiência de relaxamento com vista para a Serra.

Jomar Bragança/Divulgação


"Os ambientes se voltam para o verde e para a luz: a Serra de São José, a mata, os vales, o norte e o sul. No interior, ficam a música, a boa mesa e o acolhimento, distribuídos em espaços claros, sem rupturas", diz o site oficial do arquiteto.

Clique aqui e veja mais fotos da casa!

O telhado possui um desenho que relembra os contornos da Serra de São José. Na decoração, peças históricas, imagens de santos e o acabamento em madeira no teto, remetem de volta ao contexto histórico de Tiradentes.

Jomar Bragança/Divulgação


Jomar Bragança/Divulgação
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marcus - 16de Março às 07:53
Não combina Tiradentes com este estilo.Derruba e constrõe no estilo barroco.

Últimas Notícias

ver todas
22 de setembro de 2018
18 de setembro de 2018