Livre para criar e colar

Uso de adesivos ganha cada vez mais espaço nos projetos de decoração

Fáceis de fixar e divertidos de ver, os desenhos ajudam a compor ambientes em casa e até no trabalho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/05/2013 07:00 / atualizado em 05/05/2013 08:44 Joana Gontijo /Lugar Certo , Thiago Ventura /Portal Uai
Versáteis, de fácil colocação e com valor acessível, adesivos invadem a decoração e se mostram cada vez mais como uma boa alternativa para compor e valorizar diversos tipos de ambientes. Na foto, produto da bemColar - bemColar/Divulgação Versáteis, de fácil colocação e com valor acessível, adesivos invadem a decoração e se mostram cada vez mais como uma boa alternativa para compor e valorizar diversos tipos de ambientes. Na foto, produto da bemColar

Parece pintura, mas não é. Poemas, notas musicais, pássaros, árvores, personagens, figuras geométricas, frases, silhuetas, fotografias, carros, bailarinas e muito mais. Aplicados na parede, vidros, espelhos, no piso, no teto, azulejos ou até em objetos, os adesivos decorativos saem do mundo da comunicação visual e chegam como forte tendência da decoração. Versáteis, de fácil colocação e com valor acessível, eles se mostram cada vez mais como uma boa alternativa para compor e valorizar diversos tipos de ambientes, dando um toque de beleza e modernidade. Depois do sucesso já consolidado na Europa e Estados Unidos, de poucos anos para cá a moda ganhou grande expressão no Brasil com a ampliação do mercado. Com design que vai do clássico ao mais diferente possível, o adesivo ocupa o lugar de quadros e enfeites, com infinitas possibilidades em formas, cores e tamanhos, e ganha novos adeptos a cada dia, principalmente entre aqueles que querem fugir da mesmice com praticidade.


Com possibilidade de compor qualquer tipo de ambiente, como salas, quartos, cozinhas, banheiros, entre outros, os adesivos podem entrar na decoração como um pequeno detalhe ou como a peça principal, afirmam as designers de interiores Isabella Aguiar e Jéssica Piroutek. “O adesivo pode se tornar tanto o protagonista de um ambiente como um complemento para destacar algum objeto. Quando ele está presente como elemento central, por si só leva uma atmosfera descontraída e dinâmica ao espaço. Um adesivo urbano atrás de um sofá na sala, por exemplo, atrai o olhar e faz com que o usuário o foque com maior frequência”. Já quando o adesivo é um complemento, continuam, valoriza o objeto de destaque, tornando-o único e especial. Para Isabella e Jéssica, basta ter criatividade para utilizar as opções certas que fornecerão a atmosfera desejada, seja de nostalgia, diversão ou apenas por afeição.

Os adesivos podem entrar na decoração como um pequeno detalhe ou como a peça principal, afirmam as designers de interiores Isabella Aguiar e Jéssica Piroutek - Eduardo Almeida/RA Studio Os adesivos podem entrar na decoração como um pequeno detalhe ou como a peça principal, afirmam as designers de interiores Isabella Aguiar e Jéssica Piroutek
As variações de temas, cores, formas e tamanhos são inúmeras, e as lojas especializadas na área, tanto físicas, mas principalmente as virtuais, oferecem uma enorme gama de opções quando o assunto é adesivo decorativo, frisam as profissionais. “Têm de todas as cores, tamanhos e temas - formas geométricas, cenas da natureza ou de espaços urbanos, frases e até de personagens famosos. É possível também criar um adesivo personalizado, facilitando mais ainda a criação”, exemplificam Isabella e Jéssica. Elas lembram ainda que umas das novidades, muito utilizada atualmente, são os espelhos de acrílico adesivados, que são bem variados e dão um toque de sofisticação à decoração.

Diferente de antigamente, está muito mais fácil encontrar adesivos para comprar, ressaltam as designers. Na maioria dos casos, eles são comercializados pela internet, mas também são encontrados em grandes lojas de material de construção e de decoração, sendo que hoje existem gráficas e quiosques de shopping especializados somente nesse ramo. “Os valores dependem de modelo, medida e qualidade do adesivo. Partindo-se de uma média de R$180, você consegue comprar adesivos suficientes para decorar e dar vida a um ambiente. É só ter paciência, pesquisar e encomendar.”

Na opinião de Isabella e Jéssica, os jovens casais formam o público que mais se identifica e procura os adesivos, atraídos pela facilidade e o custo acessível. Os adesivos infantis e para adolescentes também encantam cada vez mais os usuários, dizem. “Eles trazem seus ídolos, gostos e sonhos para a parede do quarto, assim como os temas para geladeiras e banheiros agregam um novo dinamismo na casa.” Com pequenos detalhes, é possível compor um ambiente simples e transformá-lo em qualquer estilo, salientam. Em um quarto de menina clássico, por exemplo, basta colocar um adesivo de cabeceira romântico atrás da cama, um espelho redondo adesivo em estilo provençal ao redor e, na mesa escrivaninha, adesivar a parede remetendo uma penteadeira clássica, orientam.Abusar de temas naturais como flores, galhos ou borboletas, ajuda a completar o espaço. “Já para modernizar um quarto através de adesivos, podemos utilizar desenhos como pixels grandes propositais, usar padrões geométricos em uma parede e remeter a figuras bem tecnológicas como ponto focal. É importante, também, escolher adesivos monocromáticos e mais abstratos.”
Reproduções de desenhos, frases e obras de arte garantem charme e leveza ao espaço, como nessa proposta das arquitetas Fabiana Quick e Marina Homem
 - Eduardo Almeida/RA Studio Reproduções de desenhos, frases e obras de arte garantem charme e leveza ao espaço, como nessa proposta das arquitetas Fabiana Quick e Marina Homem

De acordo com as arquitetas Fabiana Quick e Marina Homem, o adesivo decorativo leva personalização e identidade ao espaço, podendo ser aplicado em qualquer lugar, desde que seja compatível com o projeto e estilo do cliente que pode, além de optar por um formato pré determinado pelo fabricante, até mesmo criar seu próprio desenho. “Não é preciso muito investimento para deixar o ambiente agradável, exclusivo e também expressar a criatividade”, frisam. Como explicam, os adesivos também podem estar presentes em empresa e ambientes comerciais, sendo que agora o mercado já dispõe de produtos que podem atrair qualquer tipo de público, entre crianças, jovens e adultos. “Eles também podem desempenhar a função do papel de parede, mas de forma personalizada. Na nossa opinião, no entanto, só não é possível compatibilizar um projeto clássico com adesivos decorativos, por se tratar de uma ferramenta informal e despretensiosa, o que foge do estilo.”

Segundo a designer de interiores Luciana Sousa Lima, a escolha pelo adesivo e a decisão sobre onde ele será aplicado depende da necessidade, podendo inclusive voltar-se para a publicidade. “Em espaços comerciais, eles podem ser usados como faixas em vidro, ou para anunciar promoções de uma forma rápida e barata.” Para Luciana, o adesivo decorativo agrada a quem deseja ter um ambiente alegre e colorido sem, para isso, gastar muito. Em composições modernas, os adesivos podem brincar com o ambiente pelo grande despojamento, e chegam a ser muito sofisticados quando bem elaborados.

MENSAGEM

Allysson e Nathalia usaram adesivos para criar uma cabeceira para a cama - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Allysson e Nathalia usaram adesivos para criar uma cabeceira para a cama
Recém-casados, a administradora de empresas Nathália Barroso e o contador Allysson Resende buscavam uma decoração prática e sem grandes custos para o apartamento. Os jovens optaram por aplicar adesivos no quarto de casal e em outras partes do lar para personalizar o ambiente com a cara dos dois. Um conjunto de três adesivos em formato quadrado faz as vezes de cabeceira no quarto do casal. Em tons vermelhos, grafismos e uma contraforma de coração resultam na palavra amor, no quadro central. “O quarto já estava cheio apenas com a cama box, que é grande, e o guarda roupa. Sentimos falta de uma cabeceira e procuramos um amigo que trabalha com adesivagem. Pesquisamos algo que representasse o casal. E daí a ideia da 'quase-cabeceira' repleta de amor”, descreve Nathália, na época das fotos à espera de Alice, primeira filha do casal.

Preocupado em montar a casa para receber o bebê, o casal optou por criar a decoração por conta própria. A compra dos móveis e a disposição no ambiente ficou a cargo de Allysson, enquanto a futura mãe caprichou nos detalhes. A utilização de adesivos caiu como luva na proposta. A aplicação ficou por conta da empresa de adesivagem, onde acabaram por escolher outros desenhos para o apartamento. O corredor entre a sala e os quartos recebeu uma árvore em tom negro, com folhas e estrelas esvoaçantes. “Queríamos algo para dar mais vida ao espaço”, completa Nathália. Na cozinha, a geladeira também foi personalizada com uma simpática vaquinha. O bicho até ganhou apelido: “Mimosa”. “Todos nossos amigos e parentes gostaram do resultado. Deixamos o apartamento com o nosso gosto, nosso jeito. Já indicamos esta opção para muita gente”, comemora a administradora. De acordo com ela, o casal investiu cerca de R$ 200 nos adesivos e instalação.

Diversidade a baixo custo

Modelos infantis estão entre os mais vendidos pelas lojas especializadas - Eduardo Almeida/RA Studio Modelos infantis estão entre os mais vendidos pelas lojas especializadas
As combinações entre adesivos diferentes também é possível, afirmam Isabella Aguiar e Jéssica Piroutek, como temas esportivos, musicais e tecnológicos conjugados em um quarto masculino de adolescente, frases junto a imagens de café ou legumes em uma cozinha, ou flores e galhos mesclados a espelhos e molduras provençais em um quarto feminino. “Nessas misturas, é importante ter harmonia entre as cores, formas e tamanhos dos adesivos. Deve-se analisar sua localização no ambiente, sendo que esta forma de composição costuma acontecer com adesivos de temas próximos. É necessário sempre considerar a sobreposição de tons das paredes e móveis com os adesivos, assim como a própria forma de ambos”, assinalam.

Na capital mineira, existem diversas empresas especializadas na área. Sócios da BH Adesivos, Fabrício Vaz e Sônia Reis contam que perceberam esta tendência no mercado de decoração, e criaram, em 2011, o site focado em Belo Horizonte que comercializa vários tipos de adesivos decorativos. Eles contam que grande parte dos clientes é formada por mulheres entre 20 e 40 anos, incluindo também, além dos consumidores finais, a venda para empresas de pequeno e grande porte e alguns revendedores. “Trabalhamos com temas infantis ou teens, para cozinha, banheiro, frases, arabescos, faixas, modelos que remetem a esportes, música, natureza e foto adesivos. Todos os produtos podem ser personalizados com cores e tamanhos variados e, além do que há disponível no site, também produzimos sob encomenda.” Com preços a partir de R$ 19,90 até R$ 200, os produtos são adaptados para ambientes internos e externos, com tecnologias que permitem ao adesivo molhar, tomar sol e até ser lavado. “O cliente pode comprar pelo site, telefone, chat ou em nossa loja física em BH. Para nós, está tendência está ligada ao baixo custo e à facilidade em criar um ambiente personalizado de forma fácil”.

Após várias pesquisas de mercado, matéria prima, fornecedores e maquinário, os empreendedores Lucas Lacerda e Alice Gabrielli entenderam, há três anos, que os adesivos eram um produto novo, diferente, inovador e que estava em grande ascensão, e então criaram, em março de 2011, o portal online da bemColar. “Os adesivos são uma forma mais barata de decorar e estão sendo muito adotados por decoradores. Além disso, é um produto que pode ser aplicado pelo próprio cliente. Vimos nos adesivos decorativos, vendidos pela internet, um investimento baixo com retorno a curto prazo”, lembram. Lucas e Alice contam que o perfil dos consumidores é muito abrangente e variado. A maioria dos clientes são mulheres, recém casadas ou gestantes, pessoas físicas interessadas em decorar a casa ou reformar, mas eles também já venderam para decoradores, arquitetos, empresas e lojistas, além de hotéis, motéis, restaurantes e consultórios.

Os adesivos podem ser recortados, impressos, compostos em grandes painéis decorativos ou como espelhos. “Os mais vendidos são os adesivos florais (galhos, árvores e flores), infantis e frases. Você pode decorar todos os ambientes da casa. Temos modelos para a cozinha, banheiro, sala e quarto, mas eles podem ser aplicados em qualquer superfície lisa, limpa e sem mofo. Basta usar a imaginação e usar em móveis, por exemplo, em corredores, lavados e halls de entrada. O legal é essa versatilidade e praticidade, é chamar a atenção para um lugar que ninguém notava.” Na bemColar, os adesivos podem variar entre R$ 2,90 a R$ 200, e os espelhos decorativos entre R$ 23 e R$ 250.
Sócios da BH Adesivos, Fabrício Vaz e Sônia Reis contam que perceberam esta tendência no mercado de decoração, e criaram, em 2011, o site focado em Belo Horizonte - Eduardo Almeida/RA Studio Sócios da BH Adesivos, Fabrício Vaz e Sônia Reis contam que perceberam esta tendência no mercado de decoração, e criaram, em 2011, o site focado em Belo Horizonte

Para Hugo Quintela, proprietário da Adecolor Decoração, localizada no Ponteio Lar Shopping, a ideia de criar a loja de adesivos surgiu a partir da percepção desta tendência em feiras na Europa. As opções são inúmeras “É possível fazer fotos, desenhos, imitação de texturas como madeira, pedra, tecido, além de montagens dos mais diversos temas. Logomarcas e textos também são usados. O preço é cobrado por metro quadrado, sendo o valor mínimo R$30 e o máximo indefinido, dependendo do tamanho.” Para Hugo, a moda ganha expressão com a necessidade de ter uma decoração personalizada, que não é possível com papeis de parede. “Eles já têm os padrões estabelecidos e, quando o cliente não encontra aquilo que deseja, a opção é o adesivo, que pode ser feito com o desenho, modelo, cor e tamanho que preferir.”

INFLUÊNCIA FRANCESA
Para quebrar a monotonia do branco, a geladeira foi o primeiro eletrodoméstico a aderir a essa tendência - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Para quebrar a monotonia do branco, a geladeira foi o primeiro eletrodoméstico a aderir a essa tendência

As designers Isabella Aguiar e Jéssica Piroutek explicam que esta tendência teve início na França, se espalhou pela Europa e veio para o Brasil a todo vapor. Após ser pioneiro na área de comunicação visual, o adesivo alcançou a decoração e trouxe estilo aos ambientes, ressaltam. “O que mais agrada os consumidores é a praticidade de aquisição, o preço, a facilidade de instalação e a possibilidade do adesivo ser removido e trocado por outro a qualquer momento”.Em terras tupiniquins, o adesivo então vem ganhando cada vez mais força no cenário da decoração, complementam Fabiana Quick e Marina Homem. “Ele é uma releitura do já conhecido papel de parede que, por sua vez, também vem conquistando, novamente, destaque.”

Tags: decoração,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Leandro - 05 de Maio às 13:27
Existe também uma ótima empresa em BH que vende adesivos, é a Grudado (www.grudado.com.br). Adesivos de ótima qualidade... recomendo, comprei e adorei...

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura