Móveis inteligentes são opção para aproveitar melhor o espaço, mesmo em imóveis amplos

Com apartamentos compactos, tendência do mercado é apostar em soluções criativas para otimizar qualquer ambiente da casa. Mas modelos retráteis, dobráveis, de empilhar ou de encaixe também ajudam a compor com eficiência locais maiores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/08/2013 14:11 / atualizado em 19/08/2013 15:15 Lilian Monteiro /Estado de Minas
Neste projeto de Flávia Freitas na Lider Interiores, os móveis retráteis ajudam a melhorar a distribuição da sala de 20 metros quadrados - Jomar Bragança/Divulgação Neste projeto de Flávia Freitas na Lider Interiores, os móveis retráteis ajudam a melhorar a distribuição da sala de 20 metros quadrados

Como o metro quadrado de construção encareceu, os apartamentos estão cada vez menores. Consequentemente, os móveis diminuíram de tamanho para seguir a tendência. Por isso, para que sua casa tenha objetos com design bacana, sem abrir mão do conforto e da beleza, a saída é investir em peças sob medida ou escolher aquelas que se adaptam ao espaço disponível. Em função dessa redução de tamanho dos imóveis, modelos retráteis, dobráveis, próprios para serem empilhados e que se encaixam fazem sucesso no mercado.

Arquitetos e decoradores estão atentos à demanda para otimizar e aproveitar os espaços internos disponíveis com ideias práticas e funcionais. A especialista em projetos e diretora do escritório Izabel Souki Engenharia e Projetos, Izabel Souki, enfatiza que o ponto de partida é o leiaute. “Dependemos dele para fazer os projetos complementares. Com o projeto adequado é possível ganhar espaço e pensar alternativas específicas para cada ambiente.” Só assim é seguro trabalhar o design, usar o vão da escada de maneira prática e integrada, seja para uma adega ou uma estante, se optar pela instalação da porta de correr no lugar de paredes para integrar o ambiente ou mesmo escolher uma mesa que muda de tamanho ou sofá com mais de uma função.


Para quem pensa que essas opções são só para quem lida com a falta de espaço, Izabel Souki lembra que as pessoas hoje buscam funcionalidade. “Você pode ter uma sala ampla, com um sofá enorme e quando decidir receber um grupo, com a peça sendo retrátil, você ganha uma área para livre circulação.” Mas a especialista enfatiza que, além do móvel sob medida e retrátil, outra saída é aproveitar o espaço vertical, ou seja, as paredes. “A ideia é verticalizar o móvel e criar armários suspensos.” Ela explica que, dependendo do ambiente, é possível criar nichos legais para colocar de tudo. “A solução só não é adeqiada ao quarto de crianças, por causa da altura.”
Mesa gourmet que pode ser aumentada ou diminuída conforme a ocasião é uma tendência nos novos projetos  - Eletro Nobre/Divulgação Mesa gourmet que pode ser aumentada ou diminuída conforme a ocasião é uma tendência nos novos projetos

Angela Saraiva, arquiteta e gerente da Lider Ponteio, reforça que os retráteis são fundamentais para que as pessoas tenham num mesmo espaço um sofá de extremo conforto na hora de assistir TV e que ao mesmo tempo atenda as visitas. “O sofá retrátil é importante para quem tem sala de estar e TV juntas, assim aproveita-se mais o espaço com uma peça que pode ser usada de duas maneiras.”

Criar projetos para metragens menores é instigante. A arquiteta Luciana Adami, da Decora Lider, fez um living do sommelier num espaço de 70 metros quadrados composto por sala de jantar, home integrado com estar e adega. Para aproveitar o espaço, o home recebeu um confortável e versátil sofá retrátil e a adega teve uma estante projetada. Já Flávia Freitas montou uma sala de leitura em 20 metros quadrados mesclando texturas diferentes, peças exclusivas, lareira, jardineira e poltrona, tudo bem distribuído, sem desperdiçar espaço.
O escritório Izabel Souki utiliza TV retrátil e móveis sob medida para compor a decoração - Izabel Souki Engenharia e Projetos/Divulgação O escritório Izabel Souki utiliza TV retrátil e móveis sob medida para compor a decoração

PRATICIDADE

Na área de serviço, é possível aproveitar totalmente o espaço com móveis sob medida - Izabel Souki Engenharia e Projetos/Divulgação Na área de serviço, é possível aproveitar totalmente o espaço com móveis sob medida
A decoradora e diretora executiva da loja Eletro Nobre, Cida Ferreira, explica que é um desafio montar e organizar o espaço de um imóvel com medidas reduzidas. “A demanda só cresce e, por isso, investimos nos móveis inteligentes. Passamos a oferecer opções práticas e versáteis para clientes que não abrem mão da beleza, praticidade e, nesse caso, amplitude.”

Cida enfatiza que sala de jantar, cozinha e home são os ambientes mais complicados quanto ao aproveitamento de espaço. Os móveis principais, sofá e mesa, ocupam quase toda a área. “Por isso, a solução são as peças extensivas e multifuncionais. Temos uma mesa gourmet que fechada mede 2m e aberta 2,80m. Um hack de 3,60m aberto e 2,40m fechado. Uma mesa que varia de 1,20m a 2m com tampo de vidro, cromada ou de madeira. Isso significa que a mesa passa a ser de oito lugares. Ou então uma peça que é aparador fechado e aberto vira uma mesa quadrada. Ou mesmo cadeiras empilháveis, fáceis de guardar. Todas essas opções são charmosas, decorativas, que atendem o público moderno e tradicional.” O porém é que, por ser peças elaboradas e com valor agregado, são mais caras. Vale pesquisar e, pelo benefício, empregar valor maior.
Para aproveitar o espaço neste ambiente de Luciana Adami na Decora Lider, o home recebeu um confortável e versátil sofá retrátil e a adega teve uma estante projetada - Jomar Bragança/Divulgação Para aproveitar o espaço neste ambiente de Luciana Adami na Decora Lider, o home recebeu um confortável e versátil sofá retrátil e a adega teve uma estante projetada

O melhor exemplo de como há opções bacanas, prontas para resolver qualquer situação complicada, é o sofá três em um. “Ele é sofá retrátil, chaise e cama de casal”, investimento que Cida considera perfeito para quem procura eficiência utilitária. “Outra vantagem desses móveis é que eles atendem não só quem tem problema de espaço, mas é ideal para quem, numa possível mudança, possa ir para uma casa mais ampla. Não terá que investir em outro móvel.”

Tags: imóveis

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
19 de junho de 2018
18 de junho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura