Decoração em preto ou cinza torna os espaços ousados e contemporâneos

Uso do preto e suas muitas gradações na composição da casa deve ser feito com parcimônia para deixar os ambientes sofisticados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/02/2014 09:00 / atualizado em 31/01/2014 14:44 Juliana Contaifer /Correio Braziliense
O cinza e o preto são cores fáceis de usar, uma vez que combinam com quase tudo e ainda destacam elementos de outras cores - Reprodução/Internet/glamoureglace.com O cinza e o preto são cores fáceis de usar, uma vez que combinam com quase tudo e ainda destacam elementos de outras cores
Ruy Teixeira/Divulgação
No mundo da moda, o preto já é consolidado. Chique, clássico, atemporal e elegante, a cor funciona para todas as idades. Já no design de ambientes, cores escuras são sinônimo de sofisticação, ousadia e contemporaneidade. Nas últimas mostras de decoração e coleções de móveis, o preto e o cinza têm chamado a atenção, tanto em detalhes quanto em destaque. Na nova linha da Ornare, por exemplo, ambos estão presentes em praticamente todos os cômodos.


“São tonalidades que estão se destacando cada vez mais, é só visitar qualquer loja de revestimentos para reparar que a maioria dos lançamentos vem nessas cores. O cinza é o novo bege e é responsável por dar um tom mais neutro, abrindo espaço para detalhes coloridos, enquanto o preto passa a ideia de inovação”, explica a arquiteta Palloma Meneghello. Visto por muito tempo como uma cor complicada para a decoração, o preto costuma ser mais bem aceito pelos jovens. “É difícil encontrar uma parede toda preta em um ambiente mais maduro. Nesse conceito, detalhes escuros funcionam melhor, dão um certo ar de sofisticação”, conta a arquiteta Natália Noleto.


Ruy Teixeira/Divulgação
Reprodução/Internet/acasaqueaminhavoqueria.com
Para ela, o cinza e o preto são cores fáceis de usar, uma vez que combinam com quase tudo e ainda destacam elementos de outras cores. “O preto fica bem moderno com inox e com tons de azul, vermelho e verde. Em banheiros, a cuba preta é chique e prática, já que esconde qualquer sujeirinha. É um matiz que costuma dar um ar masculinizado, mas que se sai bem em ambientes femininos se trabalhado com contrastes”, explica. Os projetos mais sóbrios podem contar com detalhes de preto nas almofadas, cúpulas de abajur, tapetes e enfeites, enquanto a dica para os moderninhos é apostar em paredes inteiras em preto e balancear com cores fortes, como amarelo e laranja.

Há uma certa apreensão em usar o preto em cômodos pequenos: o senso comum dita que cores escuras acabam diminuindo o ambiente. Segundo Natália, antes de usar grandes quantidades de preto, é importante reparar na quantidade de luz natural. “Espaços escuros com paredes escuras realmente tendem a parecer menores e podem dar a sensação de que o local é muito apertado. Nessas horas, vale optar por móveis e elementos decorativos mais discretos”, explica. Uma boa opção é usar o cinza. Palloma ensina que, para solucionar o problema e passar a impressão de espaço amplo, vale apostar nos espelhos.
Ruy Teixeira/Divulgação

Tags: cores

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura