Pais apostam na decoração montessoriana para estimular o desenvolvimento do bebê

O objetivo do quarto montessoriano é promover a autonomia dos pequenos, para que a criança cresça com mais independência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/11/2014 10:00 / atualizado em 07/11/2014 11:44 Hellen Leite /Correio Braziliense
Reprodução/Pinterest
Acessibilidade, independência e autonomia é a principal filosofia do método montessori, que defende que tudo esteja ao alcance e no campo de visão da criança. Criada no início do século 20, por Maria Montessori, a primeira mulher da Itália diplomada em medicina, a técnica enfatiza a importância de criar um ambiente adequado para o desenvolvimento dos bebês, capaz de permitir a livre expressão de suas capacidades.

Desta forma, Montessori acreditava que o quarto não deve ser para crianças, mas das crianças. “Quando pensamos em uma decoração montessoriana, temos que ter em mente que a proposta é fazer um quarto pensando no bebê, e não para uso de adultos”, explica a decoradora Julianna Batello.

Quando a webdesigner Bruna Filippozzi e o namorado Rafael Bennemann, de Porto Alegre, descobriram que estavam prestes a ter um bebê em casa, eles transformaram o home office em um quarto infantil inspirado no método montessori. Apenas com a ajuda de um audiobook e de pesquisas na Internet, Bruna e Rafael colocaram a mão na massa para organizar o lugar que receberia o pequeno Inácio, hoje com nove meses. “Eu pesquiso bastante em sites internacionais e importei coisas que achei legal. Desenhei o móvel da parede da janela e pedi para um amigo da família, que projeta mobiliário, fazer e montar aqui em casa”, conta Bruna.
Inácio dorme a noite toda no quarto desde os dois meses de idade - Bruna Filippozzi/bruberries.com Inácio dorme a noite toda no quarto desde os dois meses de idade
O quarto tem poucos elementos, apenas um móvel na parede da janela, uma cômoda e um colchão no chão. Bruna explica que o colchão foi posicionado em um ângulo estratégico que permite que o bebê, mesmo deitado, enxergue a rua pela janela e veja quem passa pelo espaço da porta. “Deixamos o restante do quarto totalmente livre para ele, colocamos piso laminado para que fosse higiênico, fácil de limpar e confortável, usamos muitas almofadas e colchas, tapete de yoga, tapete de EVA e cobertas”, mostra Bruna.
Bruna Filippozzi/bruberries.com
Para montar um quarto com a técnica montessoriana, é essencial que os brinquedos fiquem ao alcance da criança, organizados em prateleiras baixas. É recomendável evitar acumular muitos brinquedos ou guardá-los em grandes caixas. “O ideal é que os brinquedos sejam poucos e fiquem à vista, para que a criança possa escolher com qual brincar. Eles podem ser trocados, deixando-se de três a seis opções de cada vez”, ensina Juliana Batello.

Dicas para montar um quarto montessoriano:

- O berço deve ser substituído por um colchão no chão ou por uma cama baixa;

- Espelho, bem fixo na parede, baixo, para que a criança possa se enxergar;

- Os brinquedos devem ficar sempre a mão, em uma altura que a criança consiga pegar com facilidade;

- Espaço livre para que possa brincar;

- Quadros, fotos da família, desenhos, adesivos de parede, devem ser instalados ao nível dos olhos do bebê;

- Barras na parede, para ajudar na hora que a criança começar a andar sozinha.
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

Tags: crianças

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marcos - 10 de Novembro às 09:29
Bolhaimobiliaria.

Últimas Notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura