Arquitetos criam capela formada por escadas em espiral no Japão

Aproveitando a vista panorâmica sobre a baía do Japão, os arquitetos abusaram do romantismo e criaram um prédio que encarna arquitetonicamente o ato do casamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 11/02/2015 11:55 / atualizado em 11/02/2015 11:55 Redação Lugar Certo DF /Correio Braziliense
Resort em Hiroshima investiu na arquitetura conceitual para encantar noivas  - NAP Architets/Divulgação Resort em Hiroshima investiu na arquitetura conceitual para encantar noivas
Além de confortável, prático e com boa localização, um espaço para casamento precisa ser bonito. Locais com projetos arquitetônicos renomados têm ganhado o gosto de noivos modernos e antenados com as novidades. Nesse caso, a própria arquitetura se torna um artigo de decoração, surpreendendo os convidados pelo design diferenciado.

VEJA AS FOTOS DA CAPELA!


Em Hiroshima, no Japão, um resort investiu na arquitetura de uma capela localizada a meio caminho de uma colina com uma vista panorâmica sobre a baía do Japão. Aproveitando a vista privilegiada, a NAP Architets, empresa contratada para realizar o projeto, abusou da criatividade e do romantismo e pensou em um prédio que, arquitetonicamente, encarna o ato do casamento.



Duas escadas são a base conceitual do projeto. Sozinhas, elas seriam instáveis numa direção horizontal e estariam sujeitas a vibração na vertical, mas quando entrelaçadas, em formato espiral, uma apoia a outra, produzindo uma estrutura auto-suportante. "Assim como duas vidas passam por voltas e mais voltas antes de unirem-se em uma só, as duas espirais se conectam perfeitamente no topo a 15.4m, para formar uma única fita", descrevem os idealizadores do projeto.

No interior da capela, o altar fica diante de uma árvore símbolo e os 80 lugares estão voltados para o mar, através da árvore. O exterior da capela é revestido com painéis verticais de madeira, pintados de branco e liga de zinco, um material resistente aos danos causados pela brisa do mar e flexível o suficiente para ser aplicado à curvatura.

 Koji Fujii / Nacasa & Partners Inc
 Koji Fujii / Nacasa & Partners Inc
 Koji Fujii / Nacasa & Partners Inc
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura