DMAIS Design

Modernos eternos: o casamento perfeito do melhor do passado com o melhor do presente

É o que poderá ser visto até o dia 2 de julho, nos 20 ambientes de decoração vintage e contemporânea da feira que integra o Circuito DMAIS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/06/2017 15:15 / atualizado em 21/06/2017 15:51 Estado de Minas

Evento terá lugar em espaço inusitado, o Clube dos Caçadores, no Mangabeiras - Modernos Eternos BH/Divulgação Evento terá lugar em espaço inusitado, o Clube dos Caçadores, no Mangabeiras

 

A segunda Modernos Eternos BH vai integrar o Circuito DMAIS, e segue até 2 de julho. A expectativa da organizadora da feira na capital, Josette Davis, é que se repita o sucesso da primeira edição, realizada entre 27/9 e 16/10 do ano passado no Solar Pentagna Guimarães. Você poderá ver e comprar artigos de decoração vintage e contemporânea nos 20 ambientes assinados por renomados profissionais, no antigo Clube dos Caçadores, no Mangabeiras. 

Modernos Eternos BH/Divulgação
Sustentável em todos os sentidos, inclusive no dispensar reformas e construções e privilegiar as produções, traduzindo-se em venda imediata de todos os seus móveis, objetos e arte desde sua abertura. “Na realidade, nosso conceito vai muito além: o objetivo é criar uma experiência única, em que o visitante se sinta passeando por uma galeria de arte, uma exposição contemporânea com suas 'instalações', ou mesmo um museu todo ambientado, tamanha é a quantidade de conteúdo que se tem para ver, sentir, apreciar e aprender”, diz Josette.

Segundo ela, a segunda Modernos Eternos BH guarda surpresas, a começar pelo local de realização, o Mangabeiras, “onde nunca houve qualquer outro evento de decoração, design e arte, com a participação dos melhores antiquários, galerias e lojas de mobiliário contemporâneo assinado. Josette cita como uma das surpresas as peças que famílias tradicionais mineiras cederam de seu acervo pessoal para a feira. Outro atrativo será um ato simbólico e repleto de significados históricos e folclóricos para Belo Horizonte e Minas Gerais. No sábado, dia de São João, às 18h, será hasteado o mastro com a bandeira de São João – feito por artesãs do interior do estado, com resíduos e retalhos de confecções mineiras –, ao som de dois violeiros. A feira foi criada em 2014 em São Paulo – onde já teve três edições –, pela designer de interiores e sua diretora-geral Maria di Pace, e pelo jornalista e seu curador Sergio Zobaran.

HISTÓRIAS

Modernos Eternos BH/Divulgação
 O Modernos Eternos BH 2017 incorporou toda a mineiridade possível neste ano do aniversário de 120 anos da cidade. “Valorizando, compartilhando, reconhecendo e homenageando. Essas são as ferramentas que o Modernos Eternos BH entende como catalisador de identidade cultural”, diz Josette. Entre as referências, ela cita os mais de 60 artistas, que fizeram homenagens à capital ontem, anunciando a abertura do evento hoje. “O que é Moderno Eterno em Belo Horizonte? Essa intervenção coletiva e gigantesca denominada BHOOM respondeu a essa pergunta pelas mãos de mais de 60 artistas plásticos, grafiteiros e designers, nos tapumes da Praça Sebastião Paes de Almeida, em frente ao imóvel do Modernos Eternos.” As obras, vendidas a preço simbólico, destinam parte da renda para o programa Adote o Verde da Prefeitura, na adoção da praça, para o Museu Mineiro e para o artista.

Acervos do Museu Mineiro também estarão dentro do Modernos. A mostra vai apresentar peças selecionadas pelos profissionais que assinam os 19 ambientes da exposição. “A ideia é levar o Museu Mineiro cada vez mais para perto das pessoas, é o mineiro se apropriando do seu patrimônio material e imaterial", diz Josette Davis. Para Andrea Matos, à frente da Superintendência de Museus e Artes Visuais, e gestora de sete museus estaduais, “essa parceria pressupõe o empréstimo de obras que nunca saíram do Museu Mineiro, com todas as despesas de embalagem, transporte, seguro e pequenas restaurações das peças que forem selecionadas por conta dos profissionais que as escolherem”.

 

Modernos Eternos BH/Divulgação
 

Tags: modernoseternos decoração vintage retrô decor contemporâneo

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2017
13 de dezembro de 2017

No Lugar Certo você encontra o que procura