Versatilidade

Móveis multiuso dão vida longa e praticidade ao quarto infantil

A qualidade é indispensável para que o ambiente do bebê seja confortável tanto para ele quanto para a mãe

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/12/2017 15:58 / atualizado em 29/12/2017 16:32 Agência Estado /AE
Leandro Couri/EM/D.A Press

Quando os pais descobrem o início da gravidez, já começam a planejar vários detalhes que precisam mudar e cuidar para a chegada do tão esperado bebê, e o seu quarto infantil é um desses detalhes. O quarto do bebê precisa ser bem planejado e isso demanda tempo, dinheiro e muitas vezes até mesmo a ajuda de um profissional como arquiteto ou design de interiores para ajudar no projeto do quarto novo. Por isso, é indispensável fazer o uso de objetos que sejam duráveis e também multiuso no quarto do bebê. Assim, os gastos serão menores e os pais poderão investir em outra coisa que seja mais importante para o pequeno.

Como ter um quarto de bebê que seja durável?

Toda criança, durante pelo menos os três anos de idade, precisa de uma cômoda e um berço no seu quarto. Logo depois dessa idade, esses móveis podem ser substituídos por um guarda-roupa e uma minicama. Quando o projeto do quarto do bebê está sendo feito, e não precisa ser um projeto arquitetônico em si, mas o projeto na mente dos pais, é importante pensar na praticidade e também na economia que pode ser feita a longo prazo. Por exemplo, citamos que até os três anos toda criança precisa de uma cômoda e um berço em seu quarto. Mas já pensou em trocar essa cômoda por um guarda roupa que não seja tão infantil e também não seja tão adulto? Uma economia já pode ser feita quando acontece essa escolha.

Hoje em dia, os quartos dos bebês estão menos tradicionais e estão fugindo daqueles móveis com "cara de bebê" e cores como rosa e azul que deixam o ambiente ainda mais infantil. Em várias lojas de bebê é possível encontrar móveis para quarto infantil em tons e formas diferentes desses tradicionais, como por exemplo aqueles com porta de correr em tom de madeira. Móveis como esse podem ser usados até a criança estar adolescente. Se preferir fazer um guarda roupa planejado é melhor ainda, principalmente se o quarto for pequeno. 

Outra estratégia muito boa para economizar é comprar berços que viram camas. Existem modelos de berços que "crescem junto" com o bebê. Alguns são bem pequenos como uma bola para que a mãe coloque em seu quarto quando o bebê ainda for recém-nascido, depois ele aumenta mais um pouco quando o bebê vai para o seu quartinho e fica do tamanho normal de um berço. Quando o bebê está grandinho, ele vira uma cama e depois até uma cadeira. Claro que berços como esse vem várias peças, mas é só os pais arrumarem um cantinho na cassa para guardar essas peças avulsas e irem utilizando quando for necessário. Perceba que são móveis que podem ser reaproveitados de uma forma muito fácil e duram durante anos e anos acompanhando o crescimento da criança.

Invista em qualidade no quarto do bebê

O assunto principal aqui é em relação à economia e durabilidade dos móveis do quarto do bebê, por isso, não tente economizar comprando móveis mais baratos. Pois, podem ser móveis que não irão durar e logo você terá que comprar outro. A qualidade é indispensável para que o quarto do bebê seja confortável tanto para ele quanto para a mãe e claro, é indispensável para que ele acompanhe a criança durante anos, o que é um excelente benefício. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de setembro de 2018
11 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura