Itália

Mostra de Design em Milão destaca os traços de Niemeyer, Lina Bo Bardi e Sergio Rodrigues

A Be Brasil, que aconteceu na semana passada, reuniu obras de 65 empresas - entre elas as mineiras Brasil Pitanga (de Simone Oliveira) e Alva Design (da artista Susana Bastos Alvarenga)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/04/2018 14:52 / atualizado em 26/04/2018 15:35 Estado de Minas

 

Rio Rocking Chair, do mestre modernista Oscar Niemeyer, participou da mostra italiana - Apex-Brasil/divulgação Rio Rocking Chair, do mestre modernista Oscar Niemeyer, participou da mostra italiana

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) organizou a mostra Be Brasil na Semana de Design de Milão, que começou no dia 16 e terminou no último domingo. Os participantes foram convidados a fazer uma viagem no tempo pelo design brasileiro, passando por mestres modernistas como Oscar Niemeyer, Lina Bo Bardi e Sergio Rodrigues, até os destaques contemporâneos de Gustavo Martini, Gisela Simas e Jader Almeida, entre outros talentos.


O espaço contemplou os segmentos de mobiliário, design de produto, objetos de decoração, iluminação e rochas ornamentais. Além disso, o local também abrigou outra mostra com destaques do Prêmio Casa Vogue e dos melhores revestimentos nacionais indicados a partir de seleção na Expo Revestir, principal evento do setor na América Latina realizado em março, em São Paulo.


A Apex-Brasil contou com a parceria do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóveis), do Sindicato da Indústria de Vidros e Cristais Planos e Ocos no Estado de São Paulo (Sindividro), da Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (Abirochas), da Associação Nacional de Fabricantes de Cerâmicas e de Revestimento (Anfacer), da Rio + Design e da designer Camila Fix, curadora de uma das mostras do espaço.

...

Um dos destaques da mostra Be Brasil foi uma cadeira gigante da Lattoog, a Poltrona Pantosh, instalada na Via Guglielmo Marconi, próxima ao famoso Duomo de Milão. Foi feita também uma intervenção urbana dos artistas Toz e Mateu Velasco, com curadoria da Galeria Movimento (integrante do Projeto Setorial Latitude, plataforma de galerias de arte brasileiras no exterior, desenvolvido pela Apex-Brasil em parceria com a Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT), na qual ambos realizam um trabalho com tintas em spray de maneira sustentável e respeitando os espaços urbanos, utilizando somente a superfície do cubo como tela. Outra surpresa preparada para os visitantes é a intervenção urbana em pontos de ônibus espalhados pela cidade.


“Buscamos a criação de uma experiência memorável, que seja atrativa por alguns atributos pelos quais o Brasil já é reconhecido, tais como a facilidade de customização de atendimento a demandas específicas, o interessante lifestyle, descontraído e jovial, sendo fundamental a demonstração de confiabilidade do país como parceiro de negócios”, destaca a diretora de Negócios da Agência, Márcia Nejaim.

MOSTRA BE BRASIL Ao entrar no espaço brasileiro, o visitante encontrou a exposição central sobre os Mestres modernos brasileiros, com criações de design de mobiliário desde os anos 1940. Constituída de forma “museológica” e neutra, com foco na qualidade das peças apresentadas, estão expostas peças de Jorge Zalszupin, Lina Bo Bardi, Oscar Niemeyer e Joaquim Tenreiro. Junto a essa exposição teve a mostra Sergio Rodrigues e a Itália – organizada em parceria pelo Instituto Sérgio Rodrigues, embaixada do Brasil em Roma e Lin Brasil –, que conta um pouco da relação do designer brasileiro com o país.


O espaço brasileiro também apresentou a exposição O contemporâneo e o experimental, composta por várias mostras: o entar do brasileiro, organizada pelo Projeto Raiz – iniciativa de incentivo à internacionalização de designers nacionais, promovida pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e pela Apex-Brasil – com a curadoria de Ethel Leon.


Outra mostra que compõs a exposição foi a Mesa brasileira, que consistia na montagem de uma mesa cenográfica apresentando objetos de menor dimensão, com obras dos fabricantes St. James e do designer Leandro Garcia, entre outros destaques. Na composição do espaço, a mostra Luminárias,  destinado para fabricantes e designers brasileiros de luminárias que traz obras dos artistas Gisela Simas, Simone Oliveira, Geo Luz Cerâmica e Accord. Por fim, outro destaque foi a mostra Nossa casa, com curadoria de Camila Fix e Jorn Konijn, que apresenta uma visão do design brasileiro contemporâneo com ênfase na inovação, considerando aspectos locais e culturais como maneira de diferenciação. As peças são dos designers Gustavo Martini, Alva Design e Guto Requena, entre outros.

Tags: milão design niemeyer arte mobiliário cadeiras itália mostra

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura