Programe-se!

Evento em BH reúne arte, artesanato, decoração, moda e gastronomia

Quermesse da Mary, coordenada pela designer Mary Arantes, apresenta ao público produtos para todos os gostos e bolsos. Nestes sábado e domingo, ela abre as portas do antigo showroom com opções cheias de estilo e história, ótimas ideias para presentear no fim de ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 09/11/2018 17:35 / atualizado em 09/11/2018 18:42 Joana Gontijo /Lugar Certo
Divulgação

A menina que corria descalça, brincava de bonecas e não imaginava como seria morar em uma cidade grande, desde cedo vivia curiosa e atenta. A percepção da produção popular, do artesanato e da cultura indígena, esteve sempre intensa em seu imaginário. Do pai alfaiate, ela lembra da convivência com os tecidos, a costura, o bordado, a linha e a agulha. Não sabia, mas era essa experiência que lhe daria uma profissão, depois que chegou a Belo Horizonte aos 12 anos, saída do Vale do Jequitinhonha. Passadas décadas, o trabalho com design virou sobrenome e o percurso na moda mostra uma carreira com caminhos diversificados, em um rico passeio pelo que essa área possibilita por diferentes vertentes. Afinal, o jeito de se vestir foi o que primeiro lhe pareceu uma maneira de se destacar dos demais, criando um estilo peculiar.

"O começo no interior marcou a minha história. Tudo o que eu sei e o que eu faço aprendi lá. Vim de um lugar extremamente pobre, não tinha livros para ler, mas tinha personagens extremamente ricos à minha volta, como a mulher que trabalhava o barro, o homem que preparava a festa de São João. Tinha ainda as feiras populares, os burrinhos, as frutas. Tudo isso virou a minha cartela de cor, as minhas referências", rememora Mary Arantes, a designer de roupas e bijuterias à frente da marca Mary Design. Com mais de três décadas de atuação no setor, ela já se tornou um dos maiores nomes da moda em Minas Gerais, no Brasil, e com reconhecimento também no exterior.

Divulgação

Neste fim de semana, Mary abre a portas de seu antigo showroom na capital mineira e convida a todos para a 9ª edição da Quermesse, uma reunião de 47 expositores, dentre eles 32 estreantes no evento, que apresentarão elementos de moda, design, decoração, gastronomia, arte e artesanato e paisagismo. Estão na lista talentos de diferentes gerações, novos e veteranos. Mary conta que, desta vez, o desafio da curadoria se tornou ainda maior. "A agenda de feiras em BH está cada vez mais intensa. Gosto de ir em cada uma delas, para conhecer os trabalhos e seus produtores pessoalmente", diz a designer que, além dos talentos mineiros, traz produtores de outros estados. "Acompanho à distância projetos similares à Quermesse e resolvi ir ver de perto. Fiz viagens de prospecção para descobertas de novos trabalhos, para continuar trazendo para a nossa seleção cada vez mais novidades."

Alçados a posto de protagonismo na Quermesse, estão os produtos em upcycling, ou seja, a transformação do que poderia parecer inútil em peças de design, trabalhas com olhar poético e técnica apurada. Em destaque, também a harmonia entre processos tradicionais e traços contemporâneos, fonte de inspiração para os produtores. Na véspera do evento, Mary convoca o público para conferir as composições escolhidas criteriosamente para abrilhantar a quermesse, já mirando as comemorações de fim de ano. A ideia é ser um programa para toda a família, e o espaço também é aberto para os bichinhos de estimação.

Divulgação

Com atividades extras, como oficinas e ações solidárias, além de espaço gastronômico, estão entre as opções da quermesse: necessaires, bolsas, porta moedas e outros objetos com estampas únicas, criadas a partir do reaproveitamento de materiais de descarte de fábricas de bolsas e sapatos; móveis, luminárias e acessórios fabricados a partir de madeiras de shapes de skates quebrados; jóias e bijuterias; acessórios para o público masculino e feminino reaproveitando materiais diversos como couro, tecidos e madeiras; quadros feitos de tacos de peroba reutilizados, desenhados a partir da técnica da marchetaria, com motivos que sugerem objetos e brinquedos; tapeçaria geométrica e colorida; bolsas em cestaria customizadas com costuras e bordados, 100% manuais; móveis e objetos autorais; cerâmica em diferentes aplicações, tanto utilitárias quanto na expressão da moda; peças para jardins; bolsas em tramas de contas, pingentes de corações anatômicos, entre outros.

Divulgação

No Quintal da Quermesse, um espaço de convivência, trocas e conversa, ao sabor de cervejas artesanais, petiscos e sorvetes. Na onda da solidariedade, o evento recebe ainda o projeto Bag do Bem. A iniciativa reúne cerca de 30 colaboradores voluntários, entre designers, fotógrafos e ajudantes, no desenvolvimento de ecobags cuja renda é toda voltada para beneficiar ações e instituições sociais. Na programação, o lançamento da 4ª edição das ecobags, ilustrada pelo azulejista Alexandre Mancini. Além da bag, também estarão à venda duas bags de edição especial: a Bag + Grão de Afeto, que beneficiará o asilo da cidade de Patrocínio e a Bag Coletivo Abana o Rabo, que destinará a renda para os cuidados de cães e gatos resgatados em Belo Horizonte.

Divulgação

A busca por expositores em outras cidades inaugurou novas possibilidades para o evento. Duas participantes aproveitam a visita à cidade e realizam oficinas. Nessa quinta-feira, a artista paulista Ivone Rigobello realizou a oficina Processos Criativos com Carimbos - grafismos indígenas. Na próxima terça-feira é a vez da artista argentina Juliana Bollini, residente em São Paulo, com o workshop Flores da Imaginação, em que apresenta a técnica que desenvolveu de esculturas em papel. 

Dentista por formação, Mary costuma dizer que ninguém compra um produto, mas um contexto, uma emoção. "Quem o veste incorpora isso. E eu achava que já tinha gente demais fazendo o igual. Então, procurei o caminho mais difícil, o feito à mão, o complicado. Resolvi trabalhar temas nacionais, levantar bandeiras e questões que precisam ser revistas. A intenção é valorizar os que fazem arte e artesanato. Se não houver incentivo, as pessoas não buscam aprender. Quando você investe naquilo, acaba proliferando", afirma.

Depois que terminou as atividades da loja e da marca Mary Design como era antes, o trabalho continua infinito. Após o encerramento, Mary tem se dedicado à quermesse e a outros projetos especiais, como consultorias e desenvolvimento de bijuterias exclusivas para lojas, noivas e casamentos. O espaço que abrigava a loja, projetado pelo arquiteto Pedro Lázaro, agora recebe o nome de F/25, e é sede para um coworking voltado para o mercado criativo, o estúdio da dupla de fotógrafos Juliano Arantes e Leca Novo, além de receber projetos culturais como eventos corporativos, feiras, palestras e workshops.

Divulgação

A artista desenvolveu durante 14 anos o Bazarte, em parceria com o amigo Paulo Rossi, um bazar beneficente que ajudava instituições como a Apae, o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus, a Fundação Terra Arcoverde, a Fundamigo, e em paralelo foi curadora do Minas Trend Preview e integrante do Sebrae. "Tinha todo um embasamento técnico para fazer melhorar a qualidade do artesanato. Viajei pelo Brasil, inclusive à Amazônia, onde aprendi novas técnicas, e incorporava minhas vivências nas peças", conta Mary. "Então, adquiri uma bagagem que direciona meu olhar - não é simplesmente trazer o artesão, mas fazer com que ele se projete no mundo, seja valorizado. Quem gosta desse trabalho muitas vezes demoraria anos para ter contato com esse tipo de obras. Assim, funciono como uma facilitadora".

Mary Arantes diz que encara a moda como uma forma de ter autoestima, e não se enquadra em padrões. "É como seu eu fosse contra uma corrente, que acha que moda é glamour, passarela, ser magra. Eu gosto mais da moda comportamento, que tem um pouco de dor, muito trabalho, não é só beleza, é emoção, é memória. Quando entrei nesse mundo, pus na cabeça que a Mary Design é uma coisa e a Mary Arantes é outra. Existe uma faixa no chão. Quando eu a atravesso, vou lá, experimento e volto para trás da faixa, que me coloca no lugar. Sou igual e vou morrer igual a todo mundo", finaliza.

Participam do evento:

De Minas Gerais (Belo Horizonte, Brumadinho, Juiz de Fora, São João Del Rey):

82 Atelier Botânico @82atelierbotanico
Anamariamariana @anamariamarianadesign
Ateliê Café à Dois @ateliecafeadois
Ateliê MaCraft @ateliemacraft
Atelier Mínima @minimaacessorios
Bag do Bem @bagdobem
Benedikt Wiertz @benediktwiertz
Bubud @bubud_br
Carla Medina @cm_arquitetura_design
Cerveja Artéza @cervejaarteza
Comunidade das Castanhas @comunidadedacastanha
Daniel Herthel @herthel
Dom Linguiçaria Artesanal @linguicasdom
Estúdio Veste @estudioveste
Gissa Bicalho @gissabicalhobrand
Híbrida @hibridabrasil
Humma Deli @humma_deli
Júlia Bianchi @juliazava
Júlia Fontes @julia_fontes
Juliana Bollini @julianabollini
Kok Nature @kok_nature
Léa Cerâmica @leaceramica
Marcelo Bittencourt @marcelobittencourtb
Mira Flor @miraflor.eco
NotEqual @notequal
Ori @use.ori
Paraíso Verde @paraisoverdepaisagismo
Pasta Rossi @pasta_rossi
Queijenharia @queijenharia
Regina Misk @reginamisk
Renan Florindo @renanflorindo
Rosa Tolentino @rosatolenttino
Saboaria Doce Banho @saboariadocebanho
Samaúma Marcenaria @samauma.marcenaria
Santo Chá @santochabh
Suka Braga @sukabraga
Tapeto @tapetoatelier
Wendell Leal @wendellsouzaleal

De São Paulo:

Collab L2 @collabl2
House of Freyja @houseoffreyja
Ivone Rigobelo @ivonerigobello
Juliana Bollini @julianabollini
Manitú @manitu.estudio
Tengo Um Corazón @tengouncorazon

Do Rio de Janeiro:

Andreia Brasis @andreiabrasis
Brígida @brigidaacessorios
Kátia Giambroni @katiagiambroni
Marisa M Portela @marisamportelajoias
O belo no papel @obelonopapel

SERVIÇO
Quermesse da Mary
10 e 11 de novembro de 2018
Sábado, das 10h às 20h
Domingo, das 10h às 17h
Local: F/25 - Rua Ivaí, número 25 - Serra, esquina com Rua do Ouro - Belo Horizonte
Entrada gratuita, evento petfriendly
Contato: 
Instagram: @quermessedamary
Facebook: /quermessedamary
Mary Arantes mary@marydesign.com.br ou quermessedamary@gmail.com
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
11 de dezembro de 2018
10 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura