Morar bem é...Sentir prazer de estar em casa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/05/2007 10:21
Gladyston Rodrigues/Produtora SE7
Gabriela Siqueira de Oliveira*

O lugar que escolhemos para morar tem de ser acolhedor. Não importa se a escolha recair sobre apartamento ou casa, e sim que o morador se sinta bem ao retornar ao lar, ou quando nele permanece diariamente. Importa que seja um ambiente agradável, no qual se possa desfrutar de momentos simples e bons no dia-a-dia familiar ou receber os amigos nas datas comemorativas.

Particularmente, considero fundamental ter sala ampla e adoravelmente confortável. O apartamento em que moramos, eu e minha pequena família, nos atende perfeitamente bem. Para meu filho Gabriel, de 4 anos, nosso apartamento oferece uma excelente área privativa, no qual ele encontra espaço para brincar e até mesmo andar de bicicleta. É lá também que eu e meu marido, Éder, nos reunimos para jogar baralho ou simplesmente apreciar um bom churrasco.

Nosso apartamento foi projetado e construído por nós. Somos engenheiros civis e, portanto, tivemos o privilégio de escolher, desde o projeto até a fase final da construção, tudo o que consideramos bom e apropriado ao nosso estilo de vida.

Aliás, conhecer bem as necessidades e as preferências dos futuros moradores é um item importantíssimo antes de se projetar ou escolher um imóvel. Ele vai determinar a divisão e a dimensão de ambientes. De quantos quartos vamos precisar? De que tamanhos? Cozinha grande ou pequena? Integrada ou fechada? Quantas vagas de garagem? São exemplos de perguntas cujas respostas devem estar claras tanto para os profissionais – arquitetos, engenheiros, decoradores, corretores etc. – envolvidos no processo, quanto para os futuros moradores, de forma que não haja decepção.

O acabamento também é uma característica importante. Tem de atender não só as preferências dos moradores, mas também os padrões de qualidade. Não é possível ainda esquecer a praticidade, pois a manutenção do imóvel deve demandar o mínimo possível de tempo e dinheiro. Por fim, a segurança. Sistemas de alarme e monitoramento, cercas eletrificadas, obviamente, que respeitem a legislação vigente, são imprescindíveis nos tempos atuais.

O engenheiro, especialista em projetar e executar tais obras, deve observar bem as distintas opiniões e se permitir ser diferente. Há no mundo uma diversidade de culturas, religiões e, principalmente, de valores. Por isso, o profissional da engenharia precisa estar aberto a essas diferenças e se submeter a um constante processo de atualização, para que possa oferecer ao mercado consumidor imóveis cada vez mais adequados e capazes de trazer conforto, prazer e felicidade aos moradores.

* Engenheira civil e engenheira de segurança do trabalho

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2015
04 de setembro de 2015

No Lugar Certo você encontra o que procura