Drywall - Paredes modernas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/04/2009 16:13
Sistema que usa placas à base de gesso, conhecido como drywall, traz novidades para purificar o ar em ambientes fechados - Placo do Brasil/Divulgação Sistema que usa placas à base de gesso, conhecido como drywall, traz novidades para purificar o ar em ambientes fechados
A execução de paredes, forros e revestimentos extrapolou o catálogo tradicional de materiais e ganha, a cada temporada, novas possibilidades. As paredes de drywall (sistema à base de gesso) são mais econômicas, oferecem flexibilidade no layout, conforto térmico e acústico, permitem a instalação mais rápida e geram menos entulho que o método convencional.

A Placo do Brasil ampliou o portfólio de produtos com as peças de drywall perfuradas e o rigitone air, sistema para utilização em paredes e forros fixos que reduz odores indesejáveis. O produto funciona por meio de uma combinação de componentes ativos de minerais naturais que diminui, de forma duradoura e eficiente, as substâncias que poluem os ambientes internos. O uso das placas é indicado para locais fechados, nos quais nem sempre o ar tem a qualidade ideal ou é suficientemente renovado, como hotéis, restaurantes, escolas e escritórios.

As placas rigitone air têm dois padrões de perfuração (12mm e 20mm) e recebem a proteção de um feltro especial e discreto, o que aumenta a absorção acústica. As peças são resistentes a impactos, o que permite uma longa durabilidade, segundo o fabricante. Para aplicação adequada, é necessário o uso de massa especial.

ASCENSÃO

Nos EUA, o drywall é usado em 95% das construções. No Brasil, o produto começa a conquistar lugar de destaque no setor de construção. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Chapas para Drywall, o mercado neste segmento registrou crescimento de 24,2% em 2008. Para este ano, apesar da crise financeira mundial, a expectativa é de que o mercado de sistemas usados na parte interna em construções residenciais ou comerciais cresça ainda mais.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2015
04 de setembro de 2015