Estilos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/08/2009 18:10
SXC.hu/Banco de Imagens
"Quais as diferenças entre os estilos atemporal, contemporâneo, neoclássico e moderno?"

Julieta Brás - por e-mail

Os estilos arquitetônicos são, em nosso país, bastante misturados. Falando brevemente sobre esses estilos, começo pelo neoclássico. No século 19, a palavra neo designou uma visita a estilos passados, da antiguidade clássica, revividos muito em função de descobertas arqueológicas que entusiasmaram os artistas da época. Viviam também um momento de crise entre a história e o progresso tecnológico da revolução industrial. Então, os neo (gótico, clássico etc.) são estilos autênticos (pois não são da época ou do tempo histórico determinado) de historicismo do século 19. Influenciaram a arquitetura das cidades brasileiras do século 19 (Belo Horizonte foi uma delas).

O moderno, dentro das regras da estética do novo século 20, são todos aqueles estilos que trabalham com uma forma nova, diferente daquelas correntes abordadas pelos historicistas. Aí, art-noveau (Vítor Horta em Bruxelas e Palacette Penteado em São Paulo), art déco (Prefeitura de BH e Minas Tênis Clube), futurista (Hospital São Lucas), modernista (iniciados com o MEC Rio e Pampulha, seu expoente mineiro) são exemplos.

O atemporal podemos designar um estilo que não se encaixa em nada. Algo que não sai da moda, uma arquitetura que não passa.

Cláudia Pires - presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/MG)

Quer dicas de decoração ou reforma?
Este espaço é seu. Participe! Envie suas dúvidas para o e-mail imoveis.em@uai.com.br ou continue visitando o Lugar Certo!

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2015
04 de setembro de 2015

No Lugar Certo você encontra o que procura