Aprenda a conservar orquídeas por mais tempo

Cuidados com o tipo de vaso, adubo, quantidade de água e de luz pode fazer com que a florada anual dure mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Eduardo Almeida/RA Studio

Exóticas e belas, as orquídeas despertam o fascínio até dos mais desapegados às plantas. Originárias da América Central e América do Sul e pertencente à família Orchidaceae, as orquídeas possuem mais de 25 mil espécies, sem contar as híbridas, criadas em estufas, com flores das mais diferentes formas e cores.

Estas plantas parecem frágeis, mas não são. De acordo com o engenheiro agrônomo Alexandre Fabbri, trata-se de uma planta resistente e fácil de cuidar, graças aos cruzamentos realizados pelos produtores. No entanto, ele alerta: "Como são produzidas em estufas, a exposição direta ao Sol pode queimar as flores e amarelar as folhas, mas, com o tempo, elas se adaptam a essas condições".

Para quem já tem ou deseja ter orquídeas em casa, Fabbri dá algumas dicas de cuidados para deixá-las saudáveis e com flores por mais tempo:

- Mantê-las em local ventilado e bem iluminado;

- Regar uma vez por semana, mergulhando o vaso em um balde com água e deixar escorrer todo excesso;

- Uma vez por mês, colocar na terra uma colher de café de adubo orgânico (mistura de 50% de torta de mamona e 50% de farinha de osso).

- Replantá-las anualmente, substituindo o vaso por um tamanho maior e incorporando substrato próprio para orquídeas que são vendidos nos comércios especializados;

- Os vasos devem onde serão cultivadas devem ter de 15cm a 20cm de diâmetro de boca.

Tags: cuidados

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de dezembro de 2015
04 de setembro de 2015

No Lugar Certo você encontra o que procura