Detalhes que fazem diferença

Ajuda de profissionais qualificados e de confiança garante identificação de problemas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/11/2009 12:54 Júnia Leticia /Estado de Minas
A arquiteta Juliana Cardoso Cordeiro diz que até a incidência do sol sobre os imóveis deve ser observada pelo comprador - Gladyston Rodrigues/Ao Cubo Filmes A arquiteta Juliana Cardoso Cordeiro diz que até a incidência do sol sobre os imóveis deve ser observada pelo comprador
Na hora de comprar um imóvel, todos os detalhes devem ser atentamente observados. As janelas têm de ter peitoril - peça colocada embaixo da estrutura e que serve de apoio para se debruçar - com caimento para fora, a fim de evitar infiltração de água da chuva, que pode passar pelas frestas do caixilho, armação, geralmente de metal, madeira ou PVC, com rebaixamento no qual se encaixam os vidros ou outro material translúcido. Se eles não forem bem colocados e vedados, além dos problemas de infiltração e umidade, podem-se ter outros problemas, como o surgimento de fungos, conforme destaca a arquiteta e mestre em engenharia civil Juliana Cardoso Cordeiro. "Já em relação aos peitoris, deve-se ter a preocupação com certa inclinação e um detalhe tipo pingadeira para que ele não derrame água sobre a fachada, evitando infiltrações e manchas".

Para evitar infiltrações, o caixilho deve ser calafetado com um selante, de acordo com Eliene Ventura, coordenadora técnica da Vedacit/Otto Baumgart Eliene Ventura. "Se a calafetação falhar, pode infiltrar água e danificar a pintura da parede. O próprio comprador pode verificar se está tudo correto ou contar com o apoio do pedreiro. Também é importante verificar se não há trincas", aconselha.

O engenheiro civil e coordenador do curso de especialização em construção civil da Escola de Engenharia da UFMG, Dalmo Figueiredo, conta que a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estabelece padrões para as esquadrias. "Elas podem ser de madeira, alumínio ou aço e sua montagem tem de ser feita por empresa idônea e especializada, com acompanhamento de profissional habilitado. Os problemas que são acarretados por falhas na vedação das esquadrias podem tornar a utilização da edificação um trauma", adverte.

Uma maneira de avaliar a vedação das esquadrias é simular uma "chuva de vento", lançando-se água sob pressão, com uma mangueira, durante tempo considerável nos paramentos externos das esquadrias, como ensina Dalmo Figueiredo. "Além desses aspectos, devem ser observadas a facilidade de abertura, fechamento e limpeza das esquadrias".

VENTILAÇÃO

Além de acumular infiltração, as janelas podem contribuir para ter o problema em outras partes da casa. Par que isso não ocorra, o professor Dalmo Figueiredo diz que elas devem ter uma área de abertura compatível com o cômodo. "As posturas municipais exigem uma área mínima para ventilação e iluminação - 1/6 ou 1/8 da área do cômodo, dependendo de sua utilização. A falta de ventilação poderá acarretar excesso de umidade e proliferação de fungos no ambiente", acrescenta.

Conforme Juliana Cardoso Cordeiro, cada ambiente deve ser observado com todas as portas e janelas abertas, durante os três turnos: manhã, tarde e noite. "Também deve-se verificar onde e quando o sol incide e a posição dos móveis, principalmente os fixos. O ideal é que a ventilação seja cruzada, ou seja, que uma abertura seja oposta à outra, para que o vento possa circular melhor", esclarece.

TIJOLOS

Outro aspecto que merece destaque ao se fazer uma inspeção no imóvel antes da compra se refere ao uso de tijolos ou blocos na construção de forma aparente em áreas externas, a chamada alvenaria em tijolo aparente. A arquiteta Juliana Cordeiro explica que esse tipo de construção não leva nenhum acabamento sem ser o próprio tijolo. "A não ser um verniz, caso o cliente queira", completa. Por ser aparente e não ter nenhum outro tipo de material por cima, o que deve ser observado é o alinhamento dos tijolos, o prumo, as juntas, enfim, se esteticamente esta alvenaria se apresenta de uma forma adequada, fala Juliana Cordeiro. "Se ela estiver com uma aparência esbranquiçada, envernizar resolve um pouco. Se não estiver alinhada a alvenaria, ou fora de prumo ou demais problemas, não há muito que fazer. O jeito é demolir".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
20 de outubro de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura