Arquitetos criam estádio de futebol que cabe no quintal

Com capacidade para um grupo seleto de 100 pessoas, estrutura quer atingir o mercado dos milionários, e amantes do esporte

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 17/01/2014 11:46 Joana Gontijo /Lugar Certo
O estádio em miniatura tem capacidade para um público selecionado de 100 pessoas - Populous/Divulgação O estádio em miniatura tem capacidade para um público selecionado de 100 pessoas
O universo dos milionários engloba luxos que muitas vezes parecem mesmo algo extremamente distante para as pessoas comuns. O mercado voltado para os consumidores com altíssimo poder aquisitivo apresenta, nos mais diversos segmentos, lançamentos que fazem o dinheiro parecer uma real porta de entrada para um mundo incrível e exclusivo, para a maioria ordinária um sinal de ostentação. Um escritório de arquitetura americano acaba de criar um produto que se encaixa bem neste cenário e, por tanto que pareça um sonho, é uma ideia legal: um estádio de futebol que cabe no quintal – da mansão, claro.

A concepção é dos profissionais da Populous, autores da obra do Estádio Olímpico dos Jogos de Londres em 2012, em trabalho conjunto com a magazine Robb Report. O projeto contempla telões de LED que têm a função de reproduzir a experiência de um estádio de verdade, incluindo ainda cabines para transmissões e detalhes de puro requinte. A estrutura é capaz de acomodar 100 espectadores. “Não estamos criando um estádio para 3 mil, 4 mil ou 5 mil pessoas. Este é um ambiente premium personalizado para um número seleto de pessoas”, salienta Ryan Sickman, engenheiro da Populous.

A chance de ter um conceito tão grandioso, mas para ser construído em escala menor, permitiu aos arquitetos, habituados a alçar grandes vôos, apostar em algumas inovações. Um exemplo são as luzes especiais englobadas no aparato dos telões, que conseguem projetar o campo de qualquer famoso estádio do planeta, sem contar a possibilidade de simular diferentes modalidades esportivas.

Com o simples toque de um botão, o gramado de futebol está pronto para se tornar um reduto do beisebol, com direito a referência aos escudos dos times principais e decoração de acordo com o tema. A tecnologia também promete imitar o som do estádio, se for o desejo do ricaço que comprar o projeto. Vento, chuva e neve especialmente produzidas prometem deixar esta vivência ainda mais próxima da realidade.
Tecnologia permite mudar instantaneamente de um tipo de campo de jogo para outro - Populous/Divulgação Tecnologia permite mudar instantaneamente de um tipo de campo de jogo para outro
O estádio em miniatura custa, incialmente, US$ 30 milhões, mas se o afortunado cliente quiser, é possível adicionar vestiários, academia e ambulatório. “Uma coisa que pensamos é conectar os telões LED com as transmissões da TV, assim o cliente pode, além de jogar qualquer esporte com seus amigos, acompanhar os principais jogos que quiser em telas enormes. Isso é muito legal”, acrescenta Sickman.

E o que dirá aos amigos o feliz proprietário? Certamente aquela pelada de fim de semana será um convite muito mais atrativo, com melhores opções até para aqueles que sempre ficam na reserva – dá para arriscar como narrador!

Tags: tecnologia

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura