Investimentos estão de volta

Empresa planeja investir R$ 50 bilhões na construção de imóveis econômicos até 2028

De olho na recuperação econômica do país, construtora aposta no setor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/12/2017 15:28 / atualizado em 27/12/2017 15:36 Augusto Pio /Estado de Minas
Beto Novaes/EM/D.A Press

Com a crise econômica brasileira apresentando sinais de abrandamento, o mercado imobiliário volta a se aquecer. De olho na recuperação do setor, a MRV Engenharia pretende investir cerca de R$ 50 bilhões na construção de imóveis econômicos em todo o país até 2028. Fundada há 40 anos, a empresa atua hoje em 148 cidades brasileiras, abrangendo 22 estados. Esse investimento, de acordo com a empresa, contribuirá, de forma significativa, para a redução do déficit habitacional, hoje em 7,7 milhões de moradias, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas (2017).

"Esse é um dos maiores investimentos privados que uma empresa realizará no país", garante Eduardo Fischer, copresidente da MRV Engenharia. “O anúncio mostra que a empresa está pronta para crescer ainda mais nos próximos anos e seguir focada na estratégia de oferecer produtos diferenciados e de qualidade para seus clientes.” Outra novidade anunciada é a volta da companhia ao Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Essa decisão, segundo Rafael Menin, também copresidente da empresa, é emfunção do aumento da confiança do consumidor na economia. "Do total de landbank da MRV Engenharia, sabemos que 10% a 30% já têm aderência ao SBPE, o que para a empresa é essencial no planejamento desses investimentos nos próximos anos", diz Rafael.

RENDA E EMPREGO

Segundo ele, com os novos investimentos, a MRV Engenharia, que hoje tem cerca de 16 mil colaboradores, aumentará em quase 50% o quadro de funcionários, gerando renda e emprego. Isso sem contar o aumento do número de trabalhadores também na cadeia produtiva da construção. “Pelos cálculos da empresa, serão aproximadamente 100 mil novos empregos indiretos no setor”, acredita Rafael.

Rafael Menin, copresidente da MRV Engenharia, destaca o efeito positivo em toda a cadeia produtiva - Gláucia Rodrigues/Divulgação Rafael Menin, copresidente da MRV Engenharia, destaca o efeito positivo em toda a cadeia produtiva
"Temos contribuído de forma expressiva na geração de novos postos de trabalho na indústria da construção. Mesmo em um momento de dificuldade para o nosso setor e para o país, acreditamos que com otimismo e, claro, investimentos bem pensados, podemos crescer e, com isso, ajudar a melhorar a vida de milhares de brasileiros", afirma Eduardo.

Para os empresários, a MRV Engenharia está demonstrando, por meio dos resultados, que ainda há muito espaço para crescer. Os números de outubro e novembro mostram novo recorde de vendas - 4.159 unidades comercializadas, aumento de 46% em relação ao mesmo período do ano passado. "Acreditamos que dezembro tem potencial para ser o melhor mês de vendas do ano. A união do setor é importante para que o Brasil volte a crescer, pois, quando a construção civil vai bem, o país também segue na mesma direção.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
20 de setembro de 2018
17 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura