Imóvel protegido

Segmento de seguros residenciais cresce 11% no país em 2017

Setor é motivado pela busca de segurança do patrimônio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 11/02/2018 13:11 Augusto Pio /Estado de Minas
Ilustração/EM/Lelis

Com o período do verão, as chuvas se tornam mais fortes e o perigo dos raios aumenta assustadoramente, causando danos elétricos e ocasionando a queima de bens como ar-condicionado, TV, geladeira e câmeras de segurança, entre outros aparelhos, além de destruir telhados. Para evitar prejuízos, muitas pessoas recorrem ao seguro do imóvel, modalidade que vem crescendo no país. Para se ter uma ideia, a Porto Seguro registrou aumento de 11% no segmento de seguros no ano passado se comparado a 2016.

Isso mostra que parte da população está mais consciente sobre a importância de fazer esse tipo de seguro, apesar de a quantidade de roubos ainda ser a maior preocupação dos proprietários de imóveis. Também é necessário o morador ficar atento a outros tipos de danos, como incêndio, explosão, fumaça, vendaval, danos elétricos, quebra de vidros e inclusive cobertura para subtração de bens, como TV, home-theater, eletrodomésticos, móveis, roupas, malas, artigos esportivos, entre outros. Geralmente, o seguro ainda dispõe de reparos emergenciais 24 horas por dia, sete dias por semana.

Por outro lado, neste período quente e chuvoso, muitas casas de campo e de praia acabam ficando fechadas e, quando os proprietários chegam ao local para descansar, deparam-se com problemas que poderiam ser evitados. Pensando em ajudar esses viajantes a aproveitar as férias e feriados prolongados com tranquilidade, Jarbas Medeiros, superintendente de Ramos Elementares da Porto Seguro, aponta alguns cuidados que devem ser tomados.

1) É preciso trancar a residência sempre que sair, ainda que por alguns instantes.

2) Verificar se o gás vazou durante o tempo em que a casa ficou vazia antes de ligar o fogão. Isso pode prevenir uma grande explosão.

3) Certificar-se de que a caixa d’água está limpa para evitar a proliferação de insetos, principalmente o Aedes aegypt. Seguradoras como a Porto Seguro oferecem o benefício de limpeza das caixas d'água a seus segurados, então, pode ser acionada nesses casos.

4) Lembrar sempre de tirar os equipamentos das tomadas, evitando assim a queima dos mesmos por quedas de raios ou curto-circuito.

De acordo com Jarbas, o seguro para esse segmento de imóvel é tão importante quanto para moradias fixas. “Entendemos que é um nicho promissor, que vem crescendo consideravelmente. Com a residência fechada, questões como fechadura emperrada, lâmpadas queimadas e roubos só são percebidas em último caso, pois muitos só se atentam em ter um seguro residencial quando algo realmente acontece”, alerta o executivo.

Tags: seguro residencial proteção imóveis

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
06 de dezembro de 2018
03 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura