Mercado imobiliário se recupera com a volta dos investidores

Empresa que atua na área vê com bons olhos o cenário atual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/04/2018 13:15 / atualizado em 29/04/2018 16:14 José Alberto Rodrigues* /Estado de Minas

"A expectativa de uma recuperação neste ano é melhor se compararmos a 2017. As vendas superaram os lançamentos, caindo o estoque de imóveis. Esse panorama amplia a possibilidade de novos investimentos. Com os aspectos favoráveis, as condições se tornam mais favoráveis para a compra de imóveis como moradia ou investimento" Fernando Antunes, diretor da Lopes Consultoria de Imóveis

“O mercado está num período de transição e estão aparecendo muitas oportunidades no setor imobiliário. Os investidores e compradores estavam com medo de arriscar a entrar no mercado imobiliário devido à situação econômica do país. Porém, com a taxa Selic baixa e a redução dos juros de financiamento da Caixa Econômica Federal, as prestações e as condições vão se tornar mais acessíveis. Temos aí uma oportunidade de compra que há alguns anos não existia”, avalia Fernando Antunes, diretor da Lopes Consultoria de Imóveis.


O mercado imobiliário é um dos setores que enfrentaram alguns problemas por causa da atual situação econômica do país. Porém, esse cenário começa a mudar gradativamente, e há alguns motivos para acreditar numa recuperação. O Banco Central reduziu a taxa de juros Selic para 6,5%, a Caixa também anunciou, depois da redução da Selic, diminuição nos juros dos financiamentos de imóveis, a inflação está controlada em 2,8% ao ano, o PIB tende a crescer 2%. Esses fatores devem contribuir na recuperação do mercado imobiliário.


Segundo Antunes, essas medidas impactarão o mercado imobiliário positivamente. “Antigamente, o nosso sonho era que a taxa Selic caísse para apenas um dígito, hoje ela se encontra nos 6%. É muito positivo para o setor. Os bancos, menos burocráticos, começam a acreditar na economia. Quanto mais baixos os juros, melhor para o mercado”, comenta.
As vendas de imóveis residenciais novos superaram os lançamentos em Belo Horizonte, reforçando a percepção de que estamos com um estoque muito baixo. E isso pode ser um atrativo para que os investidores imobiliários voltem ao mercado para lançar mais empreendimentos. “A expectativa de uma recuperação neste ano é melhor se compararmos a 2017. As vendas superaram os lançamentos, caindo o estoque de imóveis. Esse panorama amplia a possibilidade de novos investimentos. Com os aspectos favoráveis, as condições de tornam mais favoráveis para a compra de imóveis como moradia ou investimento”, analisa Antunes.

MERCADO MINEIRO
O diretor da Lopes Consultoria conta que o setor imobiliário na capital mineira cresce proporcionalmente à sua população. “O mercado de Belo Horizonte é do tamanho da cidade, não é grande como São Paulo, mas acompanha o volume de pessoas”, explica.


Antunes ressalta que de, maneira geral,  o mercado mineiro acompanha a média nacional, com seus altos e baixos. Porém, esses momentos de crise estão demorando a passar, se comparados a períodos anteriores, mas pondera: “Já enfrentamos vários problemas no mercado imobiliário e na economia. Apesar do longo período de estagnação, está começando a entrar no eixo de recuperação. Estávamos em uma economia de números negativos, agora inverteu e a expectativa é de melhorar cada vez mais. Com isso, novas oportunidades podem surgir em Minas.”


Fernando Antunes conta que o mercado imobiliário é um bom negócio, principalmente para quem soube aproveitar. “Quem investiu em imóvel há 10 anos sempre vai ganhar dinheiro. Uma das grandes vantagens de trabalhar com imóveis é o tempo, pois esse segmento é lucrativo a médio e longo prazos pela possibilidade de valorização. Os imóveis podem ser usados para locação, e, dependendo da valorização do bem, o valor do aluguel pode ser uma boa retaguarda”, conta.
De acordo com  Antunes, a locação é um segmento forte dentro do mercado imobiliário, e quando opta por locar um imóvel é preciso estar ao atento aos detalhes, principalmente em relação ao preço. “É preciso encontrar uma imobiliária de confiança, e que transmita credibilidade e transparência. Quando você escolhe uma imobiliária e trabalha com ela, é mais fácil que encontre a melhor opção, com o preço mais justo. Essa parceria é fundamental, pois, com essas conversas, os corretores vão entender o que realmente o cliente quer comprar, do jeito que ele quiser”, ressalta.


Contar com a consultoria de um profissional preparado para atuar no mercado imobiliário também é fundamental para encontrar o melhor negócio que se enquadre no perfil do morador. Um grande aliado na escolha do melhor imóvel é a internet. “Ela veio para ficar. Você vai pesquisando imóveis similares por meio dos filtros existentes no site e é mais uma ferramenta  para encontrar o imóvel ideal.”

EXPECTATIVAS Com 33 anos de mercado imobiliário, o paraense Fernando Antunes conta que a empresa está superando os números negativos, apesar do mercado ainda tímido. “De maneira geral, estamos trabalhando mais, para ganhar menos. Mesmo assim, estamos nos superando. Há uma melhora significativa em relação ao ano passado. A recuperação é gradativa, mas está chegando. E a expectativa é de melhorar ainda mais, com esse trabalho árduo e os avanços econômicos”, avalia.

Tags: mercado imobiliário investidores redução de juros

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
14 de agosto de 2018
13 de agosto de 2018