É hora de se reinventar

Mercado imobiliário tende a se transformar para se manter ativo

As mudanças no segmento refletem no comportamento de quem quer comprar imóvel para morar ou como investimento. Empresa segue antenada a essas transformações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Beto Novaes/EM/D.A Press

Em meio às mudanças decorrentes das crises econômicas e das projeções macroeconômicas, como a redução das taxas de juros e a queda da inflação, o mercado imobiliário tende a se transformar como forma de se manter ativo. Neste cenário de instabilidade e diante de uma sociedade que muda com os avanços tecnológicos, o setor sofre impactos diretos e indiretos.

De acordo com Rui Gondim, sócio-diretor da Vivar Imóveis, como qualquer setor produtivo, o mercado sofre porém se beneficia com as mudanças, quer por via normal ou por via da crise. “A empresa que não acompanhar a evolução do mercado em que está inserida, morre. Então, sempre estamos e estaremos atentos às mudanças de comportamento de quem quer comprar, alugar e vender um imóvel. O mercado é um corpo vivo em constante mudança”, pontua.

Essa transformação de mercado acaba refletindo no perfil de um novo consumidor, mais consciente e precavido. “O mercado vem mudando bastante, mas isso sempre foi assim. A forma como nosso cliente busca e compra seu imóvel já não é mais como antes. Hoje, nosso cliente tem uma jornada de compra mais consciente, faz muitas pesquisas e coleta o máximo de informações sobre o imóvel antes de fechar um negócio. O ir e vir, o deslocamento e o tempo são variáveis muito caras para todos”, ressalta o diretor da Vivar Imóveis.

A mais recente mudança no mercado foi a redução das taxas de juros do crédito imobiliário e o aumento do percentual do valor do imóvel usado financiado pela Caixa Econômica Federal. A medida foi considerada positiva pelo setor imobiliário. As taxas mínimas passaram de 10,25% ao ano para 9%, no caso de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 11,25% ao ano para 10% ao ano para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). Além de voltar a financiar até 70% do imóvel usado. “Extremamente interessante para quem quer investir ou comprar. Toda vez que os juros caem, o mercado imobiliário se beneficia de forma geral com novos lançamentos e a especulação financeira fica prejudicada.”

Com as transformações trazidas pelo marketing digital e a popularização do acesso à internet, as imobiliárias e corretores começaram a se preocupar cada vez mais em atrair e facilitar o acesso às novas tendências. “Estamos atento às mudanças de mercado e ao comportamento do consumidor. Percebemos que o mercado está mais digital e começamos a reforçar nossa presença nesse meio de forma mais contundente e expressiva”, salienta Rui Gondim.

As eleições em 2018 também são fator de preocupação para o mercado. Para Gondim, todo ano eletivo, especialmente no período eleitoral, é sempre conturbado para todos os mercados, já que a instabilidade política provoca insegurança do investidor. “Por outro lado, essa mesma instabilidade política causa uma turbulência maior na área financeira, o que favorece a decisão para um investimento mais seguro no setor imobiliário.”

INVESTIMENTO

"A empresa que não acompanhar a evolução do mercado em que está inserida, morre. Então, sempre estamos e estaremos atentos às mudanças de comportamento de quem comprar, alugar e vender um imóvel. O mercado é um corpo vivo em constante mudança" - Rui Gondim, sócio-diretor da Vivar Imóveis
“Nunca vi, em todos esses anos de atuação neste mercado, ninguém perder dinheiro com o investimento imobiliário, porque ao comprar um imóvel a pessoa tem condição de gerar receita com locação ou como moradia. Nessa equação, quando fizermos a conta desse retorno financeiro, devemos levar em consideração que o período que residimos e usufruimos dele tem que contabilizar como despesa que teríamos com a nossa própria locação”, esclarece Rui Gondim.

O setor gera um impacto socioeconômico muito positivo, já que tem uma cadeia produtiva grande, e acaba reverberando na criação de novos empregos e renda para a população. De acordo com o diretor da Vivar Imóveis, a perspectiva para este ano é que o mercado volte a receber novos investimentos “e que tenhamos uma maior representatividade no Congresso Nacional, a fim de fazê-lo funcionar melhor e mais condizente com a sua importância no cenário produtivo”. Rui Gondim ainda ressalta que, com a redução das taxas de juros, vários investidores estão migrando novamente para o mercado imobiliário, aquecendo o volume de vendas.

CRESCIMENTO

A Vivar Imóveis participou da gestão administrativa, financeira, comercial e de marketing de vários shopping centers, como o Minas Shopping, Big Shopping, GV Shopping, Minas Casa e Via Shopping Barreiro, e também atuou na gestão condominial do LifeCenter que abrange o hospital, flat, lojas, salas e andares comerciais. Rui Gondim conta que a empresa mantém o foco na comercialização e locação de imóveis, principalmente na Região Centro-Sul, e venda de área para incorporação e construção de prédios no Vale do Sereno, em Nova Lima. “Nos 17 anos de atuação da Vivar, apresentamos um crescimento expressivo na área de nossa atuação da Região Centro-Sul. Não existe tanta procura como antes, mas nossa conversão em vendas é alta. O consumidor ao nos procurar já tem quase a certeza qual imóvel é o ideal”, ressalta.

“O mercado sempre está em crescimento vegetativo, dependendo do período de análise. O setor construtivo tem um ciclo econômico e financeiro longo. Um projeto para sair do papel até tornar-se realidade com a entrega do produto ao consumidor final demanda muito trabalho e tempo. Se buscarmos os dados de 2014 para hoje, observamos um decréscimo. Entretanto, se buscarmos outros períodos para analisar, vimos um constante crescimento”, finaliza o diretor.

* Estagiário sob a supervisão da editora Teresa Caram

RAIO-X

Nome da Empresa: Vivar Imóveis Ltda.
Sócio-diretor: Rui Gondim
Endereço: Alameda Oscar Niemeyer, 901 - Bairro Vila Da Serra, Nova Lima, Minas Gerais
Site: http://www.vivarimoveis.com.br 
Tempo de mercado: 17 anos
Número de funcionários: 15
Carteira de clientes: Incorporadoras, construtoras, lançamentos e clientes avulsos
Perfil de Locação: Comercialização e locação de imóveis residenciais e comerciais de médio e alto padrão
Nicho: Região Centro-sul
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
16 de agosto de 2018
14 de agosto de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura