Integração com o meio

Cabine transparente abre a visão para horizonte impressionante na Nova Zelândia

Construção é rodeada pela natureza, que adentra a estrutura por generosas superfícies envidraçadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 23/08/2018 15:15 / atualizado em 23/08/2018 15:39 Joana Gontijo /Lugar Certo
PurePods/Divulgação

Olhar aberto para o céu. Alma agraciada pela natureza. Corpo e mente unidos em puro bem-estar. Que tal passar momentos de prazer rodeado por uma paisagem exuberante, apreciando as estrelas ou aproveitando a graça dos dias ensolarados, com conforto completo? Localizadas perto da maior cidade da Ilha Sul, na Nova Zelândia, Christchurch, as pequenas cabines denominadas PurePods lançam mão de generosas aberturas transparentes para se integrar inteiramente ao meio e oferecer aos hóspedes uma experiência única.

PurePods/Divulgação

PurePods/Divulgação

As estruturas são basicamente construídas com muito vidro, abrindo o panorama para um visual impressionante. Nos mínimos detalhes, tudo se desvela. O usuário pode admirar o horizonte estrelado até a flora nativa que aparece no solo sob a cabine. E nada de internet. A ideia é mesmo ouvir o canto dos pássaros, desfrutar do entardecer e renovar as energias, em instantes de íntima reconexão.


Mesmo não acessada à rede, a cabine dispõe de energia. Movida pela luz do Sol, o banho quente é assegurado. Diferente das dificuldades de um acampamento tradicional, a concepção da obra é justamente ofertar comodidade máxima. A integração entre glamour e campismo, inclusive, é um tipo de vivência que tem crescido pelo planeta, chamada glamping.

"Você está seguro, seco e quente, você tem um vaso sanitário, um chuveiro maravilhoso e uma cozinha, enquanto está totalmente cercado pelo melhor da Nova Zelândia", divulga a empresa PurePod, que procura, como o norte do trabalho, investir em técnicas de construção menos invasivas.

PurePods/Divulgação

Outro preceito sustentável é a reutilização da água pluvial para regar as plantas, além de limpadores ecológicos usados na higienização de resíduos. E nada de frio. Nas horas de baixas temperaturas, os usuários têm à disposição um aquecedor a partir de biocombustível. O chão de vidro, propriamente dito, imbute um sistema de aquecimento patenteado. Cada cabine serve bem para até duas pessoas. Elas podem ser encontradas em seis locais distintos ao percorrer da ilha. Em todas, uma beleza de tirar o fôlego.

PurePods/Divulgação
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura