Abertas a mudanças

Construtoras precisam estar atentas às principais tendências e tecnologias do mercado

É necessário acompanhar as constantes renovações no setor. Temas afins foram abordados em simpósio promovido pelo Sebrae e Abrasip

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/09/2018 14:00 / atualizado em 23/09/2018 17:36 José Alberto Rodrigues* /Estado de Minas
"O conhecimento das novas tecnologias impacta na melhora da qualidade dos projetos, trazendo benefícios para as obras, tornando uma construção mais regular, mais sustentável e com vida útil mais duradoura" - Cláudio Mafra, sócio-diretor da Mafra Arquitetura

Infiltrações, trincas e quedas de revestimento são problemas comuns em edificações. Para evitá-los, os cuidados devem começar durante o projeto da obra e se estender até depois da entrega do imóvel. Pensando nisso, a tecnologia entra em campo para tentar solucionar problemas que acabam sendo recorrentes na estrutura. O mercado está em constante renovação e para que as empresas se destaquem é preciso estar atento às principais tendências e tecnologias que movimentam o mercado.

“Assim como no corpo humano, os prédios sofrem alterações estruturais, bioquímicas e funcionais em sua estrutura e sistemas, apresentando patologias. A terminologia é a mesma, é quando o sistema não está funcionando direito, já que, em alguns casos, certas doenças podem colocar em risco toda a estrutura, se não forem cuidadas de forma correta”, afirma Carla de Paula Amaral Macedo, vice-presidente de comunicação da Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais de Minas Gerais (Abrasip-MG), que promoveu na última quinta-feira, em parceria com o Sebrae-MG, na capital, o 15º Seminário de Atualização Tecnológica em Sistemais Prediais (SAT), com o tema “Patologias da construção civil e tendências de mercado”.

A construção civil é uma atividade que gera, cada vez mais, enorme volume de dados e envolve profissionais de diferentes áreas para a consolidação de um projeto. Para que um empreendimento se conclua de maneira eficaz, é preciso promover uma comunicação ágil e inteligente, com a troca e o compartilhamento de dados, evitando falhas e patologias na estrutura. A tecnologia na construção civil cresce à medida que as empresas reconhecem a necessidade de maior produtividade e inovação no longo prazo. A indústria da construção brasileira vem transformando seus parâmetros de qualidade com a introdução das tecnologias na concepção das obras.

Essa decisão de investir em novas tecnologias vem da redução do custo operacional da empresa e a despesa associada à aquisição da tecnologia, junto aos impactos positivos na qualidade da obra ou serviço.“O conhecimento das novas tecnologias impacta na melhora da qualidade dos projetos, trazendo benefícios para as obras, tornando uma construção mais regular, mais sustentável e com vida útil mais duradoura. A Mafra Arquitetura tem grande interesse em aperfeiçoar os processos de projeto, incluindo sustentabilidade que visem reduzir patologias nas obras”, ressalta Cláudio Mafra, sócio-diretor da Mafra Arquitetura e membro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais.

Novas tecnologias na construção civil estão mudando a forma como a indústria da construção racionaliza e constrói. Um desses desenvolvimentos é a construção de modelos de informação, ou BIM. Ele representa redução de custos na obra, transparência no planejamento e precisão nos custos e cronogramas, por isso, proporciona maior eficiência e confiabilidade. “Com ele, é possível antever problemas que só poderiam ser percebidos nos canteiros de obras, minimizando patologias. Além de identificar os problemas ainda na fase de projeto, ou seja, antes da execução da obra, um dos maiores benefícios obtidos com a tecnologia”, destaca Carla de Paula.

A vice-presidente também destaca o uso de drones, principalmente em casos em que o terreno ou a altura dificultam o acesso. “O drone pode fazer fotografias ou escaneamento do nível de possíveis problemas. Há ainda a possibilidade de fazer fotos térmicas de determinados lugares, verificando patologias sem colocar em risco a vida de pessoas”, afirma.

STARTUPS

A aplicação do projeto e de soluções mais eficientes é sempre um desafio. Porém, com as inovações da construção civil, houve otimização em diversos processos, e que impactam diretamente na eficiência da mão de obra e na economia de materiais. Dessa otimização surgem cada vez mais empresas com novas ideias, que somam com o conceito do setor civil. As startups vêm proporcionando saltos de inovação nas organizações: desenvolvimento da digitalização, desenvolvimento de novos processo e produtos e, principalmente, influenciando a cultura da inovação das indústrias. “Essas empresas vêm ajudando na tomada de decisões, vão cuidar de temas ligados direto ao setor e facilitar na compreensão de como o mercado se comporta”, comenta Cláudio Mafra.

Para Carla de Paula, na tentativa de buscar cada vez mais uma efetividade e diminuição de falhas, as empresas que desejam ganhar espaço no mercado precisam considerar seriamente essa possibilidade. “É uma mudança de processos. Hoje, temos que aprender muito como lidar com essas convergências de digitais e tendências tecnológicas que apresentam uma efetividade e ideias muito interessantes para o setor da construção. O uso de tecnologias na construção é um caminho sem volta. As empresas devem estar abertas para essas mudanças”, ressalta.

FUTURO

Para Cláudio Mafra, as construtoras devem cada vez mais construir obras com projeto funcional, mas adaptável às mudanças futuras de um edifício. “Os edifícios precisam ter vida longa e, portanto, devem ser adaptáveis, ter flexibilidade para sofrer metamorfoses. As inovações duram com o tempo e um prédio deve ser projetado para absorver essas transformações. Com a preocupação de reduzir impactos negativos diante de uma futura reforma, melhorando a qualidade de vida”, avalia.

* Estagiário sob a supervisão da subeditora Elizabeth Colares
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de dezembro de 2018
13 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura