À espera de sinais positivos

Empresários do segmento de imóveis comerciais aguardam possível aquecimento da economia para investir em lançamentos

Votação da reforma da Previdência pode interferir nesse processo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/07/2019 07:00 Elian Guimarães /Estado de Minas
Ligeiro aquecimento na locação foi observado nos últimos dois meses - Cristina Horta/EM/D.A Press Ligeiro aquecimento na locação foi observado nos últimos dois meses

Praticamente paralisado nos últimos anos, o mercado de locação e vendas de imóveis comerciais em Belo Horizonte aguarda sinais positivos da economia para voltar a crescer. A grande oferta vem desestimulando o setor de construção a investir em lançamentos. As exceções se dão àqueles destinados a público bem específico, como, por exemplo, consultórios médicos e próximos a hospitais.

Um ligeiro aquecimento na locação foi observado nos últimos dois meses, reconhece a vice-presidente das administradoras de imóveis da Câmara Mineira Imobiliária (CMI/Secovi), Flávia Vieira. “Acredito que os empresários estão aproveitando o momento em que os preços estão baixos, uma oportunidade.” Flávia afirma que, “se aprovada a reforma da Previdência, haverá aquecimento da economia e, consequentemente, elevação de preços. Percebendo isso, os empresários estão se antecipando”, acredita. De acordo com números divulgados pela CMI/Secovi, até o fim de maio deste ano foram comercializados, na capital mineira, 38 unidades comerciais, sem qualquer lançamento.

De acordo com Renato Michel, vice-presidente da área imobiliária do Sinduscon-MG, o mercado de comerciais é mais restrito. “Houve muita oferta há alguns anos, por volta de 2009 e 2010, com vários lançamentos simultâneos”, o que provocou desaquecimento com a chegada de crise econômica. Segundo o vice-presidente, trata-se de um mercado muito atuante em locação, sendo que grande parte de quem compra imóveis comerciais não é para o próprio uso, mas como fonte de renda. Uma vez desaquecido o mercado, o aluguel, as vendas e novos lançamentos ficaram paralisados. Investir em salas ou vãos que ficarão parados é prejuízo, já que o dinheiro não está entrando e o proprietário tem que arcar com gastos de manutenção, como condomínios e outras despesas.

NICHOS

Michel calcula que há pelo menos dois anos não existem lançamentos na cidade e não vê perspectivas de isso ocorrer a curto prazo. “A não ser em nichos específicos, como o Medplex, voltado para o segmento médico, que obteve sucesso por essa razão. Mas comerciais com salas ou andares corridos ainda têm grande oferta e as construtoras estão receosas em lançar novos.”

Esses lançamentos ocorrem geralmente na área central, dentro da Avenida do Contorno. Segundo Renato Michel, empresas com muitos funcionários que dependem de transporte público optam pela região central e economizam custos com vale-transporte. “As de call center, por exemplo, estão quase todas próximas a estações de transportes públicos”, exemplifica. Já os coeficientes de imóveis comerciais fora da Contorno são mais baixos que os residenciais. “Veja a Savassi por exemplo, atravessou a Contorno para os bairros São Pedro ou Santo Antônio, os coeficientes de construções comerciais são bem menores, desestimulando esse tipo de lançamentos nesses locais”.

Estoque por faixa de valor:

» Padrão econômico (até R$ 6 mil o metro quadrado/m²): 2 unidades
» Padrão standard (de R$ 6.001 até R$ 8 mil/m²): 35 unidades
» Padrão médio (de R$ 8.001 até R$ 10 mil/m²): 136 unidades
» Padrão alto (de R$ 10.001 até R$ 12 mil/m²): 93 unidades
» Padrão alto + (acima de R$ 12 mil/m²): 35 unidades

Dicas para alugar imóvel comercial

1. Saiba o que a sua empresa precisa para filtrar a busca O primeiro passo é saber quais são as necessidades operacionais da sua empresa, incluindo detalhes como estoque, demandas de clientes, número de funcionários, tipo de produtos ou serviços prestados, entre outros. Dessa forma, você pode procurar apenas aquelas propriedades que atendem às demandas, refinando consideravelmente a busca e tornando o processo muito mais rápido e simples. Vale lembrar também que o valor que você vai pagar no aluguel impactará consideravelmente os preços que você praticará no seu empreendimento. Portanto, você deve dar muita atenção também a esse aspecto. Observe, ainda, se além da capacidade de alojar o seu negócio, os serviços básicos são oferecidos com qualidade no bairro: luz, água, telefone, esgoto e internet. Se você ficar sem um deles de repente, os prejuízos poderão ser enormes.

2. Considere a localização O local é um item ainda mais importante para imóveis comerciais do que em propriedades residenciais. Afinal, o espaço físico precisa ficar acessível para os clientes, fornecedores e até para os funcionários. Antes de fazer uma proposta, verifique se o acesso é fácil: estações de metrô ou trem no bairro ajudam bastante, bem como pontos de ônibus. Vagas disponíveis ao longo da via ou um estacionamento próximo também são boa pedida para quem quer receber os consumidores com mais facilidade. É bom também que a rua seja larga e comporte veículos maiores, especialmente se contar com uma área exclusiva para carga e descarga para as mercadorias.

3.
Conheça os preços dos imóveis na região Não dá para decidir pelo imóvel ideal sem saber qual é o preço médio praticado na região em que ele está inserido. Então, antes de considerar uma proposta, procure saber qual é o valor cobrado pelo metro quadrado naquele bairro e nas ruas adjacentes, para imóveis comerciais com metragem e estilo parecidos com o que você deseja.

4. Verifique o estado do imóvel Caso o local já tenha sido alugado antes, é preciso atentar-se em como está o imóvel. Os locatários anteriores e seus funcionários podem não ter tido o mesmo cuidado e carinho com a estrutura que o proprietário teria, por exemplo. As partes hidráulicas e elétricas são campeãs em problemas. Verifique atentamente se o encanamento está em bom estado e se não existem vazamentos, infiltrações ou pontos de umidade e mofo. Propriedades mais antigas costumam ter canos ultrapassados, que podem estar deteriorados. Quanto à questão elétrica, o quadro de energia precisa comportar todos os seus equipamentos e é preciso que o número de tomadas seja suficiente para as necessidades de funcionamento do seu negócio. Com essas informações em mente, é possível escolher o imóvel com estrutura ideal para você.

Fonte: Vitório Real, do Blog Vida Real
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
14 de outubro de 2019
11 de outubro de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura