Comentários
600

Aquário expande a função decorativa e vira geladeira viva em plena sala de estar

Tanques reproduzem o ecossistema de rios e adornam o lar oferecendo peixes e vegetais frescos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 31/07/2013 10:58 / atualizado em 31/07/2013 12:37 Joana Gontijo /Lugar Certo
Mathieu Lehanneur/Divulgação

Este não é um aquário comum. Está mais para uma geladeira viva. Criado por designers franceses, o Local River funciona  como um ecossistema faça-você-mesmo que recria, no meio da sala de estar, um pequeno rio que fornece peixes, verduras e legumes  frescos. Os tanques desenvolvidos em Paris não são meramente decorativos, apesar de também desempenharem este papel, mas permitem que os moradores criem animais e plantas aquáticas que podem servir até para o consumo próprio.

O mecanismo foi planejado para que as plantas dentro dos tanques se alimentem dos resíduos produzidos pelos peixes que,  por sua vez, conseguem água filtrada para sobreviver, sem precisar de muita limpeza ou interferências constantes do proprietário.


O sistema também tem sido apelidado de "geladeira-aquário", já que os usuários podem ter o peixe como alimento: eles  acompanham o crescimento e reprodução dos animais dentro do Local River antes de matá-los e comê-los. Enguias são outra espécie que pode ser criada neste aquário.

A concepção é dos designers Mathieu Lehanneur e Anthony van den Bossche, especializados em desenho industrial e  arquitetura de interiores, com trabalho focado na criação de projetos em que os ambientes permitam a mistura e a interação  entre as pessoas e os sistemas de vida ali presentes.

Mathieu Lehanneur/Divulgação
O Local River é baseado no princípio da aquaponia - um sistema de produção sustentável de alimentos, que combina aquicultura (cultivo de espécies como caracóis, peixes e camarões) com hidroponia (desenvolvimento de plantas que vivem na água).

Os vegetais obtêm os nutrientes gerados pelas excreções dos peixes que são ricas em nitrogênio. Assim, removem esses resíduos da água e funcionam como um filtro natural para purificá-la. Isso mantém um equilíbrio natural para o ecossistema,  fazendo com que os animais possam viver tranquilamente como se estivessem em seu habitat normal. A mesma técnica  pioneira de aquaponia já é atualmente usada em larga escala entre piscicultores em fazendas de criação, especialmente no Extremo Oriente.

O Local River substitui os aquários decorativos por outros igualmente decorativos, mas também funcionais, disse em  entrevista a um jornal britânico Mathieu, um dos autores do projeto. "Neste cenário, peixes e verduras podem coabitar  durante um curto período de tempo, em uma unidade de armazenamento em casa, antes de serem consumidos por seus guardiões, os jogadores-finais em um ciclo de troca dentro de um ecossistema controlado."

O resultado é uma variedade de fontes de alimentos completamente frescos e que não foram afetados pela produção do  consumo de massa. O Local River pode ser em dois tamanhos diferentes. O modelo grande é de 162 x 73 x 100  cm e custa £ 10.600 (mais de R$36.700). Os pequenos custam £ 6.750 (quase R$ 23.400) e compreendem 73 x 45 x 91 cm.
Mathieu Lehanneur/Divulgação

Tags: plantas

Últimas Notícias

ver todas
13 de dezembro de 2016
23 de fevereiro de 2016

No Lugar Certo você encontra o que procura