Estado de Minas
  • RSS RSS
  • Você está em
  • (9) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Hotel de luxo será erguido em velha pedreira na China Empreendimento terá andares submersos, cascata artificial e parque temático

Joana Gontijo - Lugar Certo

Publicação: 25/05/2012 11:00 Atualização: 25/05/2012 11:24

 (Divulgação)

Um hotel que começa a ser construído na China tem potencial para agradar o mercado de alto luxo, oferecendo um projeto inovador e exclusivo. Com previsão para ser inaugurado entre o fim de 2014 e o início de 2015, o Intercontinental Shimao Hotel ocupará a área de uma pedreira abandonada no distrito de Songjiang, em Xangai. O resort segue uma proposta única no mundo.


Como se fizesse parte das paredes, o hotel descerá pela pedreira em 19 andares e 380 acomodações e, do alto, cairá uma cascata de 100 metros de altura, ao lado de jardins suspensos, terraços e um lago. A concepção é do escritório Atkins Design Studio e a água tem papel predominante no conceito da obra. Alguns dos níveis da construção estarão submersos, como quartos e um restaurante, além de um aquário a 10 metros de profundidade.

Desde março deste ano, operários trabalham na construção do resort no interior de um poço profundo. As instalações do empreendimento cinco estrelas terão estrutura para esportes radicais e centro de visitantes. Seguindo os preceitos da sustentabilidade, o design inclui coberturas verdes e aproveitamento de calor geotérmico para geração de eletricidade e aquecimento. Um átrio com iluminação natural estará incorporado à face da rocha existente.

Ao redor do hotel, será feito um parque temático de 428 mil metros quadrados, na área da montanha Tianmashan, com local para salto de bungee jumping e escalada. Os investimentos para construção do Intercontinental Shimao Hotel ficarão em torno dos US$ 555 milhões, ou seja, mais de R$ 1 bilhão. A diária na suíte padrão deve custar U$ 320 (cerca de R$ 640).

Esta matéria tem: (9) comentários

Autor: Fabio Bethonico
Uma ótima iniciativa, já que essas pedreiras desativadas geralmente se transformam em grande passivos ambientais. | Denuncie |

Autor: Campos Campos
Precisamos é de emprego pra pagar nossas contas, dar educação pros nossos filhos ja q o estado nao ajuda! Se vai ficar um buraco no chao n importa! Depois ele enche de planta e agua ou entao fazemos isso ai! Ambientalista só enche o saco! O povo quer emprego e progresso! | Denuncie |

Autor: hugo alessi
Excelente iniciativa. Poderiamos fazerr o mesmo aqui com os cemitérios deixados pelas mineradoras. | Denuncie |

Autor: André Rocha
Acertou também Marcos, devendo acrescentar que depois de pronto, como em todo lugar no mundo terá que haver puts para atender aos hospedes e incrementar o investimento ambiental. | Denuncie |

Autor: Marcos Nunes
Acertou Thiago, o ambientalismo não é apenas um movimento político, mas uma necessidade para a vida coletiva. Sabe que a construção pós-moderna, como é o caso, tem muitas concepções ambientais e humanísticas, dependendo dos inputs e outputs, essa construção poderá ser ambientalmente correta. | Denuncie |

Autor: Anderson Lima
Enquanto isso no Brazil... O povo paga mais de R$ 120 mil em apartamento de dois quartos da MRV... | Denuncie |

Autor: tom car
Pela manchete no site do EM pensei que fosse na prado lopes | Denuncie |

Autor: Prime Time 85
Os ambientalisPTas só comentam quando lhes convém. Se fizessem esse hotel aqui no bundil, essa raça escrota iria sair gritando pelas ruas contra a construção, pois nunca teriam a chance de visitar. | Denuncie |

Autor: Thiago Maia
É hora dos comentários, ambientalistas!!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »