Saiba como escolher o piso

Orientação profissional antes de comprar o acabamento é fundamental para que o morador não tenha limitações no planejamento da decoração, devido às características dos produtos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/10/2010 11:05 Júnia Leticia /Estado de Minas
A consultora Adilma Quaresma gosta de dizer aos clientes que o acabamento é a A consultora Adilma Quaresma gosta de dizer aos clientes que o acabamento é a "roupa" do imóvel e, por isso, requer cuidados
Acompanhe também o Lugar Certo pelo Twitter

10 de outubro de 2010 - Com experiência de 25 anos no ramo de acabamentos, Adilma Quaresma conta que se surpreende com as novidades que não param de chegar ao mercado.“Participo de feiras e estive, inclusive, na última Revestir Internacional. Quando penso que já vi tudo, lá vem um fabricante com uma novidade no segmento.” Ela observa que, atualmente, com a preocupação com o meio ambiente, as atenções estão voltadas para os materiais reaproveitáveis, como madeira de demolição. “Além disso, há uma grande diversidade de acabamentos imitando os produtos naturais, como bambu, madeira e pedra.”

Comagrande variedade de materiais, nãoédifíciloconsumidor sentirse perdido. Por isso, aliando sua experiência à necessidade domercado, Adilma Quaresma resolveu investir na consultoria, que é dada gratuitamente. “Fui gerente de empresas que trabalham com bons materiais, e, mesmo assim, o cliente voltava à loja insatisfeito. Todas as vezes que eu fazia uma pesquisa, verificava que havia sido mau uso do material”, conta.

Umadas vantagens da consultoria époder teragarantia deumaorientação técnica e estética durante todo o período de instalação do acabamento, além de evitar o desperdício dematerial. “Costumo dizer queoacabamento é a roupa da obra, porém, com um agravante: ela vai demorar um bom tempo para ser trocada, ainda que mudem as estações do ano. Então, o ideal é que a casa ou apartamento vista algo que esteja harmonizado com todas as estações”, comenta.

Para assegurar a escolha correta, o primeiro passo da consultoria é uma visita técnica ao imóvel.Apartir daí, o interessado vai atéoescritório, onde o acabamento é especificado. “Caso ele adquira o material, oferecemos as perspectivas dos ambientes e toda a consultoria técnica sem custo, até o momentoemque todoomaterial adquirido esteja devidamente instalado pelo pedreiro”, explica Adilma.

COLORIDO
Mas, para não errar em um projeto como esse,o diretor da Só Piso, Luciano Ferreira, diz queadica é usar e abusar das cores no piso e aliviar o impacto delas com detalhes mais suaves nas demais peças de decoração. “É importante ressaltar que, neste tipo de escolha, o piso tem que ser aquele que mais realça o ambiente e respeitar esta autonomia nos detalhes”, aconselha.

Caso isso não seja feito, o resultado do trabalho fica comprometido. Pôr um piso colorido e cores fortes nos móveis, paredes, quadros e adornos compromete a harmonia do ambiente. “O que vai ocorrer será um amontoado de informação que deixará o ambiente carregado e cansativo”, observa Luciano.

Cuidado cominfiltrações
Além de atenção na hora de compor o ambiente, é preciso cuidado para instalar o revestimento. Antes de começar a fazer o trabalho, é necessário observar se não há infiltração ascendente no piso que receberá a instalação, como adverte Luciano Ferreira. “Isso compromete a instalação de qualquer revestimento”, afirma.

Ele chama a atenção, ainda, para a definição da escolha do rodapé que dará acabamento ao piso, pois ele deve ser instalado juntamente com o revestimento. “Por fim, diferentemente dos pisos frios, como cerâmica, mármore e granito, o piso vinílico, de borracha ou carpete devem ser a última etapa da obra, pois o trabalho conjunto com outro profissional, seja pintor, marceneiro ou serralheiro, pode sujar ou danificar o piso, se ele já estiver instalado”, esclarece Luciano.

Com relação ao custo da instalação de um piso, os preços são variados, assim como a disponibilidade de materiais no mercado. “Amão de bra para a instalação de um piso vinílico ou carpete varia de R$ 2,50 a R$ 15 o metro quadrado, dependendo do projeto”, exemplifica o diretor da Só Piso.

CONFIRA ALGUNS TIPOS DE PISOS DISPONÍVEIS NO MERCADO
VINÍLICO – De fácil limpeza, térmico e antialérgico, é recomendado para hospitais, escolas e escritórios.

GRANITO E MÁRMORE – Considerados revestimentos nobres. O granito tem como principal característica a alta resistência à abrasão e ao grande volume de tráfego. Muito usado em áreas sociais, cozinhas, escadas, fachadas e locais públicos. Os mámores são mais aplicados em salas de jantar e banheiros.

CARPETES – Aparecem em placas e podem ser removidos e lavados. A novidade são os fabricados com fios sintéticos, que recebem tratamento antibactericida, além de serem antialérgicos e protegidos contra fogo. Ideais para escritórios e home-theater.

MELAMÍNICO – Tem superfície lisa e não porosa, que não permite a proliferação de fungos e bactérias, além de ser imune a cupins. Pode ser aplicado diretamente sobre o piso ou em pisos elevados, sendo assim uma solução prática, econômica e eficiente no caso de uma reforma.

LINÓLEO – Revestimento de piso para alto tráfego, com alta durabilidade e grande facilidade de manutenção e limpeza. É especialmente indicado para escolas infantis e berçários. A sua durabilidade assegura que as superfícies e as cores se mantenham fortes e firmes, enquanto a flexibilidade possibilita liberdade de criação dos ambientes.

LAMINADO – Temalta resistência ao desgaste, não mancha, não descolore e apresenta várias opções de textura e acabamento.

BORRACHA– Isolantes elétricos, térmicos, acústicos, antiderrapanteseantibactericida. Os pisos de borracha não propagam chamas, são resistentes ao impacto, higiênicos e ideais para lugares de alto trânsito.

LAMINADO DE MADEIRA–De fácil manutenção, é ideal para salas e dormitórios e é encontrado em várias padronagens. Prático, pode ser instalado direto no contrapiso ou, no caso de reforma, por cima da cerâmica.

PORCELANATO
– Tipo de cerâmica fabricada com tecnologia avançada, como se fosse uma pedra artificial, com nível praticamente zero de absorção de água. Portanto, não mancha nem cria mofo como as pedras naturais, que precisam de ser resinadas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
25 de maio de 2018
21 de maio de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura