Fique livre dos cupins

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/08/2011 18:40 Júnia Leticia /Estado de Minas
Eduardo Almeida/RA Studio
Se o problema é a infestação de pragas como cupins, as especialistas recomendam contratar ajuda profissional. Isso se for descoberta a infestação e a injeção de um produto não for possível. “Quando aparecem, eles se instalam no interior da madeira seca e uma das poucas maneiras de saber que está lá é pelo aparecimento de camada de pó de madeira (parecido com areia) no chão, embaixo do local da infestação”, explica Patrícia Guerra.

Iara Santos diz que a primeira providência a ser tomada contra a praga é remover a cobertura do assoalho e, então, aplicar um produto para combater o cupim. “Depois disso, para fechar os buraquinhos no piso, utilize uma massa de madeira. Em seguida, aplique o verniz”, conta.

Esse procedimento é uma sugestão para reverter o problema. Mas a arquiteta admite que é muito difícil recuperar o revestimento que tenha cupim. “Porque o veneno usado para matar a praga não consegue penetrar na casca do ovo do cupim, que é muito resistente. Nesses casos, acho melhor remover o piso”, diz Iara.

Ela lembra de uma tentativa válida: “Nesse caso, deve-se fazer a revitalização aplicando o sinteco”. De qualquer forma, a prevenção é imprescindível. Pisos novos devem ser protegidos com imunizantes, adquiridos nas lojas. Mas isso é um serviço que deve ser executado por uma empresa ou profissional, no caso, o sintequeiro, nome que faz referência a uma marca de verniz que se tornou muito popular.

CUIDADO Por tratar-se de um serviço com substâncias tóxicas, é vedado ao próprio morador do imóvel fazer o trabalho. Para fazer esse tipo de serviço é necessário uma empresa especializada. “As pessoas têm de ter a proteção adequada para fazer a revitalização do piso, já que o pó da madeira pode até ser prejudicial à saúde. O cheiro do sinteco também é algo ruim”, esclarece Iara Santos.


DICAS DE CONSERVAÇÃO

Móveis devem ser levantados e não arrastados. Deve-se colocar proteção nos pés dos móveis, como borracha, carpete e feltro, a fim de evitar marcas e arranhões.

Procure efetuar limpeza apenas com vassoura de pelos e pano levemente umedecido (cuidado com a quantidade de água).

Limpe manchas e gorduras apenas com água e sabão/detergente neutro o mais rápido possível depois de terem sido provocadas.

Líquidos derramados devem ser enxugados imediatamente.

Não use solventes orgânicos (querosene, aguarrás etc.).

Dependendo do tipo de piso, pode ser indicada ou não a utilização de ceras.

Não coloque vasos diretamente sobre o piso.

Não use tapete nos primeiros dias depois da instalação.

Coloque capacho nas entradas, a fim de evitar poeira, areia ou pedregulhos dos calçados.

Em caso de mudança, proteja o piso com tapetes ou papelão.

Tags:

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura