Forte tonalidade escarlate marca presença na decoração de interiores

Como regra, a cor exige atitude, mas é possível usá-la em abordagens mais delicadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 23/11/2013 14:00 / atualizado em 22/11/2013 16:34 Maria Júlia Lledó /Correio Braziliense
Sala de chá e jogos: projeto de Elaine Fontenele, Júnior Lima e Juliana Souza para a mostra Morar Mais por Menos 2013 
 - Haruo Mikami/Divulgação Sala de chá e jogos: projeto de Elaine Fontenele, Júnior Lima e Juliana Souza para a mostra Morar Mais por Menos 2013

Levante a mão quem nunca teve medo de pintar uma parede ou comprar um móvel da cor vermelha. Forte, a tonalidade marca presença e pode, sim, pesar aos olhos do dono da casa e dos convidados. Contudo, um toque ali e outro acolá fazem a diferença. “Essa é uma cor da qual gosto e uso muito pouco porque, num primeiro momento, pode parecer agressiva, mas, se usada com parcimônia, ela acalenta”, observa a designer de interiores Silvana Fontoura, que adotou o vermelho na poltrona e em detalhes da roupa de cama em uma suíte do bebê.

A arquiteta Elaine Fontenele, em parceria com o designer de interiores Júnior Lima e a arquiteta Juliana Souza, também investiu no tom para ter um contraste com outros objetos de uma sala de chá e de jogos. “Primeiro, pensamos em deixar a parede na cor branca, só que queríamos que o ambiente chamasse a atenção e que a parede destacasse o pendente preto. Já que essa cor é um pouco ‘complicada’, é bom que ela esteja em uma parede de menor proporção. Assim, ela pode passar a ideia de aconchego”, detalha. No fim das contas, para não errar, basta equilíbrio e, claro, uma dose de ousadia, a fim de não avermelhar demais a decoração nem se limitar a deixar suas paredes em brancas nuvens.
Ricardo Bufolin/Divulgação

Feito doce
A fabricante de tintas Suvil aposta no tom Maçã do Amor na paleta de 2014
kikareichert.com.br/Reprodução da Internet

Quarto do menino
Referência garimpada pela blogueira Kika Reichert no www.kikareichert.com.br/inspirations, página na qual ela compartilha inspirações desde 2007
decor8blog.com/Reprodução da Internet

Sala vermelha
Dica da jornalista e decoradora americana Holly Becker, autora do blog http://decor8blog.com, especializado em design de interiores
Haruo Mikami/Divulgação

Suíte do bebê
Projeto de Silvana Fontoura para a Mostra Morar Mais por Menos. “Quis ousar no quarto do bebê e passar para o cliente a mensagem de que é possível usar o vermelho nesse ambiente, de forma sutil”, explica a arquiteta.

Mostra Morar Mais Por Menos Brasília - O chique que cabe no bolso
Até 15 de dezembro
Terça a sexta-feira, das 16h às 22h; sábado, domingo e feriado das 12h às 22h
Local: QI 19, Chácara 2, Lago Sul
Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)

Tags: cor

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura