Formato inédito

Casa Cor Minas une a exuberância da natureza ao conforto da modernidade

Mostra de arquitetura, decoração e paisagismo completa 20 anos no estado instalada em um imóvel em Macacos, na Grande BH. Pela primeira vez, evento ocupa um empreendimento padrão que funcionará como hotel; conheça alguns dos ambientes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/12/2014 08:00 / atualizado em 29/11/2014 18:24 Feminino&Masculino /Estado de Minas

Loft do Apaixonado por Música, de Ângela Roldão - Leandro Couri/EM/D.A Press
Loft do Apaixonado por Música, de Ângela Roldão
A 20ª edição da Casa Cor, aberta para visitação até 16 de dezembro, traz algumas peculiaridades. Pela primeira vez, a mostra ocupa um empreendimento em formato padrão: o Vila Gaya, da Construtora Ferreira Mirando, criado para funcionar como um apart-hotel com centro de serviços e facilidades, e instalado em meio a uma área de preservação ambiental de 70 mil metros quadrados a 12 quilômetros do BH Shopping. Pela característica das instalações - apartamentos de 1 e 2 quartos -, o trabalho dos mais de 60 profissionais envolvidos na concepção dos 50 ambientes fica ainda mais evidente para o público quanto à identificação de estilos e propostas.


Outra novidade é o cenário do evento, a Vila de São Sebastião das Águas Claras, lugarejo mais conhecido como Macacos (município de Nova Lima), em que a integração entre homem e natureza promete ser um atrativo à parte, principalmente para aqueles que já pensam em morar nos arredores da urbe e, com isso, ganhar em qualidade de vida. Na entrevista a seguir, os idealizadores Ernesto Lolato e João Grillo falam um pouco mais sobre a concepção do projeto, que apresenta não só o que há de tendência em decoração, inovação e funcionalidade em arquitetura e decoração, mas também promove novos estilos de morar. Logo depois, faça um tour pelos ambientes da mostra!

ENTREVISTA: Ernesto Lolato e João Grillo, idealizadores da Casa Cor Minas Gerais

Ernesto Lolato e João Grillo - Casa Cor/Divulgação Ernesto Lolato e João Grillo
Por que a escolha de Macacos para sediar a 20ª edição da Casa Cor?

Ernesto: Belo Horizonte tem parte da população com origem no interior. Muitos jovens se estabelecem na capital, mas não perdem a memória sentimental de suas raízes. Assim, fica evidente que os belo-horizontinos têm uma ligação com o verde, e a mata muito bem preservada de Macacos causa êxtase. O êxodo para os condomínios que proliferam nas regiões ao redor da metrópole também confirma o desejo de viver mais perto à natureza.

Nesse sentido, a mostra pretende focar em um lifestyle baseado em qualidade de vida?

Ernesto:
A Casa Cor tem como objetivo principal promover a qualidade de vida dos brasileiros. Não vejo como dissociar estilo e qualidade de vida, são conceitos interdependentes, que devem caminhar juntos.

Quais são os principais desafios de arquitetos e decoradores nesse novo contexto?

João: Macacos está localizado a 12 quilometros do BH Shopping, a mesma distância de condomínios onde já mora muita gente. Só que aqui é possível ter toda a tranquilidade, mas também os serviços de uma cidade do interior, com acesso a bares e restaurantes charmosos e, ao mesmo tempo, praticamente dentro da cidade. Aos profissionais cabe a tarefa de conseguir produzir um espaço com toda a tecnologia e conforto que os dias de hoje propiciam, com o despojamento característico de quem procura uma vida descomplicada.

O que esta edição traz de mais surpreendente em relação às demais?

João: É a primeira vez que vários espaços idênticos são utilizados por diferentes profissionais. É uma ótima oportunidade de o publico identificar o que é uma arquitetura de interiores e o que é uma decoração. É um belo comparativo dos mais diferentes estilos. Cada um poderá identificar com mais clareza de qual estilo realmente gosta.

Qual é o formato, exatamente?

João: O Vila Gaya oferece um apartamento pequeno, com serviços de hotelaria. Como é um hotel residência, pode também ser usado pelo proprietário somente nos dias que lhe interessar, deixando o tempo restante destinado à hotelaria. Até pelo tamanho, é uma opção para quem se propõe a levar uma vida descomplicada.

O que justifica a parceria?


João: A arquitetura hoje em dia tem pouquíssimas oportunidades de novidade. A Ferreira Miranda surgiu com um produto diferenciado e uma ideia na qual acreditamos muito, de uma ocupação com proposta mais suave e delicada em consonância com o meio ambiente. Então, para a Casa Cor essa é uma grande oportunidade, a de poder estar no Vila Gaya apresentando novos estilos de morar tanto em decoração e arquitetura de interior quanto no que tange ao empreendimento.

(Laura Valente)

CONHEÇA OS AMBIENTES E INSPIRE-SE!


Loft do Homem Moderno
Ana Claudia Navarro e Sylvia Navarro

Leandro Couri/EM/D.A Press
Cores sóbrias e uma parede de tijolos remetem aos lofts nova-iorquinos, mas com uma pitada de laranja. Criado para um homem maduro, tem espaço multifuncional, com bancada que começa na sala e contorna todo o quarto e serve como mesa e home-office. Os equipamentos de vídeo e som em alta definição ocupam local estratégico e uma divisória deixa o espaço ao mesmo tempo aberto e reservado.
___________________________________________________________________________________________________
Apartamento do Hóspede
Erika Viana
Leandro Couri/EM/D.A Press
Os contrates são o grande destaque do projeto: de texturas, cores, brilho e opaco, entre outros. Merece atenção ainda uma divisória de bolas, em madeira e laca fosca e brilhante. No banheiro, um revestimento normalmente utilizado em ambientes externos é aplicado nas paredes e contrasta com a louça branca. A vista e as obras de arte são aliadas para o descanso dos sentidos, um refúgio no mundo caótico.


            CLIQUE AQUI E VEJA OUTROS AMBIENTES DA MOSTRA NA CONTINUAÇÃO DESTA MATÉRIA

___________________________________________________________________________________________________
Estúdio Lumière
Flávia Zambelli

Leandro Couri/EM/D.A Press
Pensado para os apreciadores da sétima arte, integra a paisagem com o que há de mais moderno na tecnologia de exibição de filmes. O piso, revestido em bambu, é um dos destaques. Persianas entre-vidros foram instaladas para separar o banheiro do quarto. A cama do casal recebeu uma cabeceira em ráfia natural que contrasta com o metal do aço corten na lareira.
___________________________________________________________________________________________________
Quarto de Hotel
Junior Piacesi
Leandro Couri/EM/D.A Press
Baseado em simplicidade e bem-estar e alinhado ao novo conceito de ressignificação do luxo, o projeto clean objetiva valorizar os pequenos prazeres e a exploração de experiências sensoriais. No mini SPA, um convite ao relaxamento. Detalhes são as lâmpadas fluorescentes que formam um desenho inusitado no teto e nas paredes, além de lareira estrategicamente posicionada ao lado do futon.
___________________________________________________________________________________________________
Estar Galeria
Willemberg Lobato

Leandro Couri/EM/D.A Press
A arte e a natureza inspiraram o ambiente projetado para atender os apreciadores de todas as formas de arte: da contemporânea à arte popular brasileira. Chão de cimento, uma cabeça do artista pernambucano Nicola, poltrona de madeira do artista Hugo França, biombo em granito polido. Há, ainda, um aparador com design assinado pela artista mineira Izabela Vechi.
___________________________________________________________________________________________________
Espaço da criança
Ana Paula Carneiro

Sidney Lopes/EM/D.A Press
Inspirado em contos de fadas e clássicos da literatura infantojuvenil, o espaço traz o lúdico em cada cantinho. O berço entalhado artesanalmente, a poltrona de amamentação e o sofá-cama receberam detalhes em folha de prata. Em síntese, o  design em linhas limpas e elegantes revela um projeto majestoso, porém viável e usável.
___________________________________________________________________________________________________
Apartamento 22
Angélica Araújo

Leandro Couri/EM/D.A Press
A concepção do espaço objetiva aliar natureza e as facilidades e modernidades da cidade grande. Com isso, as cores, os pisos (tábua corrida em couro) e os revestimentos têm aspecto e/ou texturas que remetem a elementos naturais. Já o toque de cor fica por conta do azul, inspirado na Igreja de São Sebastião, no Centro de Macacos. Conta, ainda, com projetos de automação e iluminação diferenciados.
___________________________________________________________________________________________________
Apartamento do jovem (Refúgio na Mata)
Maria Gabriela Nogueira

Sidney Lopes/EM/D.A Press
A paisagem inspirou o projeto, também integrado à natureza, inclusive por um jardim instalado no banheiro, que pode ser visto através de vidro incolor, que divide o quarto da sala. Luminárias em corda, revestimento de pastilhas recicláveis feitas em garrafas PET e a lareira em mármore imperial marrom são destaques. Um cantinho em homenagem a Sérgio Rodrigues traz mobília assinada pelo designer.
___________________________________________________________________________________________________
Game Gallery
Luis Fábio Rezende
Leandro Couri/EM/D.A Press
Também com a proposta de acolher o hóspede, é um espaço de descontração total. Os móveis italianos, vindos diretamente de Milão para a Casa Cor, harmonizam perfeitamente com as mesas de sinuca e pôquer personalizadas para a mostra. As paredes foram rebocadas em concreto e vigas metálicas aparentes recebem obras de arte.
___________________________________________________________________________________________________
Estúdio do Solteiro
Cícera Gontijo

Leandro Couri/EM/D.A Press
O bangalô de 55m² foi concebido para um jovem solteiro que irá usufruir do espaço nos fins de semana. Traz solução que integra a cozinha ao ambiente por meio do uso de portas que podem, quando abertas, tornar o ambiente gourmet e, quando fechadas, em lounge. O carpaccio di pietra é o elemento marcante. Também a iluminação e o uso de estruturas metálicas oxidadas são destaques.
___________________________________________________________________________________________________
Home in blue
Manuela Lolato e Paula Salum
Leandro Couri/EM/D.A Press
Traz como conceito a valorização da história, em uma “crítica” à sociedade que tem o costume de priorizar as inovações tecnológicas, edifícios e decoração contemporâneos, mas ignora elementos e edifícios importantes que exibiriam as várias fases e momentos das cidades. Assim, traz a mistura do antigo com o novo de forma harmônica, sem prejuízo para a contemporaneidade do ambiente.
___________________________________________________________________________________________________
Fire Place
Luis Fábio Rezende
Sidney Lopes/EM/D.A Press
Projetado com a ideia de “o hóspede se sentir em casa”, é um espaço de convivência em tons neutros, adornado com obras de arte e livros sobre uma estante. O grande destaque, como o nome do ambiente sugere, é uma lareira suspensa em tom de dourado.
___________________________________________________________________________________________________
Loft 78
Rodrigo Aguiar

Sidney Lopes/EM/D.A Press
Novas tecnologias, designers renomados, a natureza e o conceito high-low (caro e barato) foram explorados. A porta de entrada é de metal, em aço escovado, os acabamentos propositalmente deixados visíveis para contrastar com os móveis contemporâneos que levam a assinatura de designers renomados e internacionais. Elementos vintage completam o décor com adornos escolhidos a dedo pelo profissional.
___________________________________________________________________________________________________
Apartamento do Executivo
David Guerra
Leandro Couri/EM/D.A Press
Exemplo da “arquitetura do afeto” praticada pelo profissional, o leiaute parte da fluidez com espaços que se integram permitindo flexibilidade, amplitude e circulação por todo o apartamento. Paredes de alvenaria e portas foram substituídas por vidros e aumentam a funcionalidade. Outra inovação é a parede de tressê. Os móveis são despojados, alguns assinados por Sérgio Rodrigues.
___________________________________________________________________________________________________
Loft do Pianista
Flávia Soares

Leandro Couri/EM/D.A Press
Uma homenagem ao pai da profissional, o espaço é voltado para o descanso, contemplação, receber a família e amigos e, claro, compor. Conta com sala integrada à varanda gourmet, que à noite pode ser revertida em confortável suíte. Há, ainda, revestimento em concreto, bancada de quartzo e mosaico em pedra natural. Fernando Vignoli assina uma obra disposta em local privilegiado do ambiente.

Tags: mostra

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura