Herança persa

Dossel garante clima de romance, funcionalidade, luxo e bem-estar a qualquer quarto

Elemento era restrito aos nobres dos séculos passados até cair no gosto popular, e hoje reaparece com tudo na decoração

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/06/2015 11:35 / atualizado em 14/06/2015 11:43 Lilian Monteiro /Estado de Minas
Projeto da decoradora Maria Cristina Bahia, da loja Villa Maria: além de charmoso, dossel imprime sofisticação ao quarto  - Juliana Buli/Divulgação Projeto da decoradora Maria Cristina Bahia, da loja Villa Maria: além de charmoso, dossel imprime sofisticação ao quarto
Foi na Idade Média que as camas começaram a ser colocadas em aposentos mais privados, como nos quartos. Os europeus, devido ao inverno rigoroso do velho continente, adotaram uma proteção que os persas já haviam desenvolvido anteriormente: o dossel, uma espécie de cortina apoiada por colunas de madeiras que todos conhecem dos filmes de reis e rainhas.

Hoje, o dossel aparece repaginado. Além do lado funcional – garante sono tranquilo e à prova de insetos –, ele assume papel de destaque na decoração. Armação com cortina ou véu que fica sobre a cama, ele é garantia de luxo ao ambiente. A designer de interiores Iara Santos recomenda equilíbrio no seu uso e destaca que ele é sinônimo de quarto romântico e acolhedor.

Como é uma peça de grande destaque, Iara enfatiza que é uma decisão bem particular, que precisa ser bem pensada pelo cliente. Ela explica que, apesar de aparecer mais em quartos infantis, principalmente dos bebês, com berços adornados e lindos, o dossel se encaixa muito bem num ambiente adulto. “Tem casal que adora e cria um clima todo especial.” Mas a designer lembra que o ideal é um quarto maior para que o dossel apareça e não fique cheio e pesado no ambiente.

Projeto da designer de interiores Iara Santos: ideal é usar o dossel em um quarto maior para que ele apareça e não pese o ambiente - Osvaldo Castro/Divulgação Projeto da designer de interiores Iara Santos: ideal é usar o dossel em um quarto maior para que ele apareça e não pese o ambiente
Iara destaca que dossel é a estrutura da cama, diferente “daquele que desce do teto, que na verdade é um cortinado”. Aliás, ela alerta para escolher tecidos bem leves, um crepe suave, voil, já que a ideia é que fique harmonioso e, se for o caso, “invista em hologramas ou numa renda maravilhosa, como a richelieu, que fica um luxo”.

O dossel, com tanta história, reaparece na decoração de casas contemporâneas como uma solução prática e estética. Além de impedir os mosquitos (nada mais prudente em época de epidemia de dengue), ele contribui com um sono tranquilo e é um acessório que deixa o quarto mais imponente e bonito.

CONDOMÍNIO

A decoradora Maria Cristina Bahia, uma das sócias da loja Villa Maria, especializada em dormitórios, diz que a procura aumentou, principalmente, por quem vive nos condomínios em torno de Belo Horizonte. “Além da proteção dos insetos, protege da ventilação, as janelas podem ficar abertas, além de ser charmoso e dá sofisticação para o quarto. Nada como investir num acessório que é prático, funcional e, ao mesmo tempo, garante beleza.”

Para Maria Cristina, há vários versões de dossel. “Ele pode ser de madeira, ferro e até de uma resina de qualidade, resistente. Tudo dependerá da construção.” Ela conta que na Villa Maria é possível “encomendar um dossel tornando a peça exclusiva para o quarto”.

Maria Cristina lembra que o dossel para as camas cria a sensação de que o quarto é mais alto. No entanto, é necessário ter cuidado ao especificá-lo. “É preciso considerar o espaço e o tipo de decoração. Em ambientes pequenos não fica legal, é ideal para espaços maiores. O cortinado tem de ser leve, pode ser em tule ou seda, e em cores neutras, claras, como branco ou bege.”

Loft projetado por Denise Barretto para a Casa Cor São Paulo não teria o mesmo resultado na harmonia sem o bonito dossel - Reprodução/Internet/Katia Kuwabara/UOL Loft projetado por Denise Barretto para a Casa Cor São Paulo não teria o mesmo resultado na harmonia sem o bonito dossel
Há quem aceite a ideia “de três tipos” de dossel: os de fixação na parede, no teto e aqueles que já vêm com a própria cama, o clássico e tradicional. O importante é escolher o modelo que se adeque ao seu bolso e ao estilo do quarto. Outro cuidado importante para se levar em conta é que o de fixação limita a forma de decorar, já que não permite tantas mudanças no estilo depois. Diferente da cama com dossel, que é bem prática porque pode ser trocada de lugar e não precisa de uma instalação elaborada. E não se esqueça que, para manter o dossel limpo, o tecido tem de ser lavado com regularidade. De preferência semanalmente. Já as bordas que o sustentam o mais indicado é limpar com pano úmido uma vez por mês.

Não esqueça que a armação já cria toda uma cena e chama a atenção. Por isso, os complementos da decoração precisam ser equilibrados para o quarto não ficar carregado. Caso contrário, o ambiente deixará de ser confortável para perturbar seu sono.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura