Jardim do outono

Como cuidar das flores e plantas no outono

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/05/2016 11:24 / atualizado em 20/05/2016 12:31 Lilian Monteiro /Estado de Minas

Por que não falar das flores? Não é só a primavera que tem seu encantamento, o outono está aí e a natureza presenteia todos com sua beleza. A paisagista Erly Hooper, com trajetória de 40 anos mergulhada no universo das plantas, explica que, com a queda das temperaturas, ainda que com dias ensolarados, “algumas plantas têm o auge da sua beleza nas estações mais frias do ano. No outono, elas já começaram a ensaiar para que no inverno estejam floridas. Algumas que combinam com esse clima são as camélias, eufóbias, azaleias e buganvílias, porque florescem nesta estação”.

Os jardins podem ficar floridos em todas as estações do ano, desde que sejam bem cuidados  - Daniel Mansur/Studio Pixel Os jardins podem ficar floridos em todas as estações do ano, desde que sejam bem cuidados
Em quatro décadas de carreira, Erly conta que foi uma longa estrada com muitos desafios e momentos difíceis. Porém, a colheita foi de muito bons resultados. “O paisagismo é uma profissão multidisciplinar. São necessários conhecimentos técnicos e estéticos. Ter vocação, aptidão e talento é importante para um bom profissional.” Ela enfatiza que a função do paisagista é colocar arte principalmente nas áreas externas, mas pode trabalhar nas internas com vasos e jardins verticais. “É um trabalho de arte, paciência e dedicação. E o resultado traz muita satisfação. Depois do preparo do terreno e do plantio, o jardim precisa de cuidado e manutenção, esperam-se meses ou até anos para se chegar ao resultado desejado.”

Não é para qualquer um comemorar 40 anos de profissão. Erly lembra que foram muitas oportunidades. “Sou muito agradecida a todos os meus clientes pelas oportunidades de realizar minha atividade com grande prazer, atividade que amo tanto.” Além do seu trabalho e portfólio, ela assumiu o papel de ensinar, passar seu conhecimento. “Durante esses 40 anos, vários profissionais exerceram suas atividades sob a minha orientação e tiveram oportunidades de crescer profissionalmente. Formei vários que nunca tinham trabalhado na área”, conta.

O antúrio impressiona pela beleza e por seu formato exótico - Daniel Mansur/Studio Pixel O antúrio impressiona pela beleza e por seu formato exótico
Com tanta experiência, Erly é daquelas pessoas que se emocionam e conversam com as plantas. Cuidadosa, não se imagina longe delas. Por isso, é generosa ao indicar qual espécie todos devem ter por perto neste outono. “Na área interna, recomendo as orquídeas, antúrios de todas as cores e também o espatifilo. As folhagens também são boas opções, como as asplênio, jiboia, peperômias e filodendros. Já nas áreas externas, as plantas de maior porte, como as quaresmeiras e paineiras; as trepadeiras, como clerodendo, jasmim-dos-poetas; e os arbustos, como a azaleia, são escolhas perfeitas.”

COLORIDA Erly ensina que não é só na primavera que temos a chance de ter a casa florida e colorida. “O jardim pode ficar florido tanto no outono quanto no inverno. As azaleias, camélias, buganvílias e eritrinas vão ficar lindas e cheias de flores no inverno.” A paisagista lembra que em cada estação as plantas se comportam de uma maneira e cada espécie tem sua necessidade, mais água, menos água, mais sol ou apenas sombra. No outono, ela destaca, com os dias mais curtos, as plantas começam a entrar no período de descanso vegetativo. Esse ciclo da vida é muito bonito, as espécies caducas perdem as folhas para renovar na primavera. Nessa estação, as plantas necessitam menos de água e espécies com flores exigem um pouco mais.

O ideal é dar preferência às espécies perenes, que permanecem vivas independentemente da estação - Daniel Mansur/Studio Pixel O ideal é dar preferência às espécies perenes, que permanecem vivas independentemente da estação
A paisagista reforça que o descanso vegetativo começa no outono e termina no final do inverno. “As plantas crescem pouco neste período do ano. Com o tempo mais seco, os jardins ficam um pouco tristes. O ideal é deixar a adubação para o final do inverno, para que as plantas aproveitem os nutrientes na primavera.” Erly diz que não há um tipo de adubo e cuidado com a terra para cada estação. O adubo é o mesmo. O único cuidado é deixar a adubação para o final do inverno, explica.

E você que está em dúvida se precisa mudar todo o jardim com a troca da estação, Erly Hooper assegura que não. Pode ficar tranquilo. Não é para fazer um projeto a cada temporada. “Pela praticidade e viabilidade econômica nos jardins, damos preferência às plantas perenes, que permanecem vivas independentemente da estação.”

 

Tags: plantas do outono cuidado plantas outono decoração casa plantas outono

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
08 de julho de 2019
02 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura