ITEM OBRIGATÓRIO

Espaço gourmet ocupa área cada vez maior nos empreendimentos

Item de lazer vem equipado e garante conforto e privacidade para os moradores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/04/2014 13:43 / atualizado em 19/04/2014 14:29 Celina Aquino /Estado de Minas
Leandro Couri/EM/D.A PRESS
A área do apartamento não comporta todos os convidados, mas o evento não será grande a ponto de ocupar o salão de festas. O espaço gourmet chega para acabar com o dilema de quem quer receber os amigos em um ambiente mais aconchegante. Item de lazer cada vez mais encontrado nos lançamentos imobiliários mineiros, o lugar voltado para pequenos encontros também leva vantagem por ser entregue com mobiliário e equipamentos de cozinha que garantem conforto para todo o condomínio.

O espaço gourmet está presente na maioria dos empreendimentos da Construtora Lider, focada em médio e alto padrão. O tipo de projeto, informa a arquiteta Clarissa Campos, depende da área disponível. Há casos em que são oferecidos apenas ambientes com churrasqueira. Quando a área de lazer pode ser maior, os moradores têm a opção de utilizar outro espaço gourmet, mais voltado para gastronomia, com fogão, coifa, forno e balcão. A capacidade costuma ser para 20 convidados. “Para mais que isso, tem o salão de festas. Com menos gente, a pessoa faz o evento dentro de casa”, pondera a coordenadora de projetos. A construtura cobra uma taxa dos compradores para entregar o ambiente mobiliado e decorado.

Clarissa reforça que o espaço gourmet não substitui o salão de festas. Em alguns empreendimentos, inclusive, os ambientes são integrados. “O salão de festas é usado para eventos maiores, em que a pessoa vai contratar um bufê, para não ter trabalho. O espaço gourmet é mais intimista, como se fosse uma extensão da casa, e a cozinha não fica escondida”, compara. O item hoje é considerado um atrativo para todos os perfis de cliente; tanto que acaba sendo o mais usado na área de lazer.

NOVO CONCEITO
Há tempos o espaço gourmet deixou de se concentrar em empreendimentos de luxo para ser inserido em diferentes tipos de construção. O diretor comercial da MRV Engenharia, Rodrigo Resende, construtora especializada em residenciais populares, destaca que o item veio para satisfazer o desejo de muitos compradores e hoje é praticamente obrigatório. “Todo brasileiro gosta de ter um espaço para fazer comemorações”, diz. O espaço gourmet, portanto, é um dos ambientes priorizados nos projetos de lazer da empresa, que sempre tenta encontrar um “cantinho” para ele. Resende comenta que o nome pode até dar uma ideia de glamour, mas basicamente reúne churrasqueira e bancada em área coberta.

De acordo com o presidente da Rede Netimóveis BH, José de Filippo, o espaço gourmet chegou a Minas junto com as construturas de fora, que trouxeram um novo conceito, de condomínio resort, privilegiando mais a área de lazer, e o mineiro logo gostou da ideia. O especialista percebe maior oferta em regiões onde há maior disponibilidade de grandes terrenos, como Nova Lima. “O espaço gourmet vem atender a uma demanda que é consequência da mudança de hábito. Principalmente nos últimos tempos, com a Lei Seca, as pessoas preferem receber os amigos em casa. Sem falar que hoje em dia cozinhar é quase uma terapia. Não tem sexo nem idade para entrar em aulas de culinária, virou fenômeno cultural”, analisa.

Na visão de Filippo, o item de lazer é um diferencial e pode ser um dos responsáveis pela valorização do bem. “Não necessariamente o imóvel vai ficar mais caro com o espaço gourmet, mas um empreendimento que não tem esse tipo de benfeitoria é que tem que custar um pouco mais barato.”

Pensando em agradar o filho, que é promotor de eventos e gosta de reunir os amigos, a funcionária pública Andréa Simões escolheu morar em um prédio com área de lazer grande. O condomínio em Nova Lima tem quadra, piscina, sauna e salão de festas, mas o campeão de uso é o espaço gourmet, com churrasqueira, fogão e forno de pizza. “Pelo fato de já vir equipado, não preciso usar meu apartamento, tenho mais privacidade e não incomodo tanto os vizinhos”, destaca. Andréa já perdeu a conta, de quantas vezes usou o espaço que considera mais descontraído e agradável.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
17 de junho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura